Uma camisa, três looks

 

Seguindo a série de posts em que mostro como podemos aproveitar todo o potencial do nosso armário, a peça da berlinda dessa vez é uma camisa de botões. Sim, essas camisas que compramos pra poder trabalhar e contribuir para nossas imagens profissionais, mas que ficam subaproveitadas em nossos armários, como se só rendessem pra labuta. Né bem assim não!

Dependendo do contexto, podemos variar acessórios para nos ajudarem nessa missão de fazer a boa e velha

 

 

 

camisa de guerra render mais do que decretaram pra ela. Por isso, criei três opções de looks para diferentes ocasiões usando a mesma peça: um pro trabalho, outro pra passeio/evento menos formal e o último para lazer ou faculdade.

Look trabalho

A camisa que eu escolhi foi essa, estampada (ló-gi-co, a intenção aqui não é mostrar o óbvio, haha), mas com uma estampa mais delicada, de poucas cores, quase gráfica. Para dar um ar mais formal sem ser careta, apostei em truques de estilo: abotoei até o pescoço e prendi só a ponta da frente pra dentro da calça, pra dar uma sensação de perna mais alongada.

camisa-1-hojevouassimoff

A calça resinada ajuda a criar mais uma textura e deixa o formal com um pé no despojado – não é só porque estou de camisa, que a calça precisa ser social. Mas reparem que a calça tem uma cor mais escura, pra justamente não ficar largadona demais.

A outra importância precisa ser nos acessórios, mais estruturados e elegantes, para elevar a produção a outro patamar.

camisa-3-hojevouassimoff

Camisa Leeloo OFF – acho que paguei cento e poucos
Brincos Luiza Dias 111 – mais uma vez esqueci o valor exato, mas acho que foram 108,00
Calça C&A – 59,90
Espadrille Felipa no enjoei – 120,00
Bolsa Adô Atelier no enjoei – 180,00

Look mais tranquilo

Essa opção já é mais despojada um pouco, por conta do short. E mesmo assim, ele tem um corte mais alfaiataria-fofo. Poderia, portanto, ser um look para ambientes menos formais, mais criativos, mas sem deixar de estar adequada.

O oxford entra pra garantir essa proposta e não deixar o conjunto açucarado demais, assim como o colarzão poderoso de resina, que ainda garantiu aquele colorido necessário em meio a tanta cor neutra.

camisa-4-hojevouassimoff

Short Karamello que troquei de um vale que ganhei da loja
Oxford Via Mia e bolsa Adô Atelier
Colar Luiza Dias 111 – custou um pouco caro, mas é LINDO

Look rolêzinho

E aí que temos o pulo do gato: não precisamos usar a camisa daquele mesmo jeitão e nem pra mesma ocasião sempre. Para trazer a ideia de casualidade, deixei ela aberta e dei um nó de cada lado, para ficar mais curtinha. Como mudou o tema, os complementos acompanham a proposta, com macaquinho jeans, acessórios coloridos e têniszinho. Sai a camisa formalzona, entra a camisa que vai do escritório à praia – e por que não?

camisa-5-hojevouassimoff

camisa-6-hojevouassimoff

Macaquinho Karamello que ganhei da marca
Lenço que veio numa revista
Colar Luiza Dias 111 e tênis da lojinha do bairro – 79,00
Bolsa Adô Atelier – 270,00

fotos: Denise Ricardo

E agora todos reunidinhos para vocês compararem! Bora começar a testar mais possibilidades com suas camisas? 🙂

Ultimate Responsive Image Slider Plugin Powered By Weblizar
Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Um pulinho em Praga

Se eu tenho um defeito nessa vida, o maior é certamente não pensar em mim.

Desde nova entendi que meu sustento e necessidades seriam supridos trabalhando. Quando planejei uma guinada e minha mudança de área profissional, arregacei as mangas com toda a força do mundo para que tudo que eu queria se realizasse.

2016 foi o ano da colheita. Trabalhei em projetos maravilhosos, desde desenvolvimento de uniformes para um supermercado carioca a palestras em eventos de moda. Foi recompensador, mas a intensidade com que abracei e priorizei tudo, me levaram a um siricutico de cansaço, hahaha! Não pode, Ana Carolina, não dá pra ser assim, haha!

Para planejar o futuro, é necessário olhar pra trás e observar cada passo do trajeto. Que a alma também pede alento. Que não dá pra ser tudo assim, tão vigoroso.

E para esse momento necessário de encontro comigo mesma, comunico que hoje farei uma viagem que eu ansiava há anos: vou conhecer Praga!

cropped-praga-b399a1

Os avós do meu marido vieram da antiga Tchecoslováquia para fugir da II Guerra Mundial – a avó dele, na verdade, é de Viena, na Áustria, onde passaremos um dia. Achei inspirador visitarmos a terra deles, além de ouvir de tantos amigos das belezas de Praga na agora República Tcheca.

Vai ser importante para descansar, me reconectar e me inspirar. Novos ares, outra paisagem!

Depositem aqui todas as dicas, inclusive gastronômicas e cervejeiras, de Praga, Pilsen e Viena!

Dia 12 estou de volta, mas continuem por aqui que o blog não parará e vou postar certamente no instagram e stories, hehe!  E é claro que vai render posts mais inspiradores no meu retorno. 🙂 Vem, Praguinha, vem!

Beijos e mais beijos

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Bazares de final de ano

Nessa época costumam pipocar bazares de marcas já visando escoar o estoque do ano e garantir algumas vendas. Vou divulgar aqui e nas redes sociais as que eu souber, mas se você avistar alguma na sua cidade, manda pra cá! Pode ser através do inbox do facebook ou do instagram, ou ainda pelo email contato@hojevouassimoff.com.br 🙂

O primeiro é o já tradicional bazar anual da estilista Andrea Marques, aqui no Rio de Janeiro. Já fui em dois bazares dela e os preços ainda são um pouco mais salgadinhos, por isso nesse vale a pena pensar em itens que você vá usar muito, como calças, blazers e camisas. Ano passado as calças custavam em média 140, 190 reais e já comprei um macacão por 250 reais (meu preferido da vida!).

O caimento e qualidade são excelentes, são itens atemporais e com tecidos naturais. Vale muito a ida! Aceitam dinheiro e cheque, inclusive parcelamentos.

O segundo foi dica da Sheila Maltez, e é o bazar de fábrica da Maria Filó, que antes acontecia apenas para convidados dos funcionários e, segundo ela, agora abre para público. Eu já fui e não curti muito a bagunça e espaço reduzido, nem a qualidade do que vi – e não pode tirar a roupa pra provar. Já está rolando tem um tempinho, mas fica a dica, com valores, para quem quiser dar um confere, olha o depoimento dela:

“Olá, Ana! Tudo bom? Passando para compartilhar uma informação que acabo de descobrir e como não vi nenhum post seu comentando, acredito que vá gostar. A Maria filó agora abre pro público a famosa feirinha de fábrica. Não é mais preciso ser convidado para ir. Também não é mais realizada na fábrica, pelo menos essa edição da feirinha. Eles estão com um galpão na rua Bonfim próximo à rua Bela.

Só entram 40 mulhers por vez e o tempo limite, que já soube que não é respeitado, pois além de não ter como controlar é impossível para quem está indo garimpar fazer tudo em 1h com tantas peças para analisar. Portanto, não faço ideia como está sendo a demora na espera para quem chega depois das 10:30h.

Preços da feirinha: vestidos 70 reais, bermudas e saias 45 reais e jaqueta e casacos 90 reais”.
Feirinha da MARIA FILÓ
Endereço: Rua Bonfim 305, São Cristóvão/RJ.
Quando: vai até dia 05/12, de 10:30 até 16h.

Em Sampa, vai acontecer nos dias 3 e 4 de dezembro mais uma edição do incrível Pop Plus Bazar! Voltado exclusivamente para tamanhos maiores, sob curadoria preciosa da jornalista Flavia Durante, serão 50 expositores de moda, acessórios e gastronomia, além de brechó de blogueiras, exposição e apresentações artísticas. \o/

Uma foto publicada por Pop Plus (@popplusbr) em

15º Pop Plus – 4 anos!
Data: 3 e 4 de dezembro (sábado e domingo)
Horário: 12h às 21h
Local: Club Homs (Salão Nobre)
Endereço: Av Paulista, 735 – Jardim Paulista – São Paulo/SP (próximo ao Metrô Brigadeiro)

Confirme presença no evento http://bit.ly/15popplus // Siga o Instagram e Twitter @popplusbr // Curta a fanpage www.fb.com/popplusbr // Acesse o site www.popplusbr.com

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Jaqueta de brechó e saia midi

Este look define meu novo vício combinatório do armário: jaqueta jeans largona (bem pegada anos 80) + blusa de alcinha roxa + tênis.  Aí eu pego qualquer outra saia estampadona que eu tenha e misturo com essas peças aí. Sim, podemos classificar essa proposta também como preguiça, mas eu prefiro chamar de estilo que dá certo e por isso eu repito, hehe!

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off

A ideia, pasmem, surgiu a partir dessa jaqueta jeans. Pegamos ela pra uma produção, veio de brechó, custou 15 mangos no máximo. Vesti, ficou larguinha, mas gostei mesmo assim. Aí eu inventei que queria muito montar algo descoladinho com ela: peguei essa saia, saquei as cores, olhei pra minha blusinha roxa que eu quase não consigo usar (não sou muito fã de alças fininhas assim) e percebi que o tom casava com a estampa da saia. Deu match!

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-5

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-4

Jaqueta Damyller garimpada em brechó – 15,00
Blusa Espaço Fashion e saia Karamello que ganhei das marcas
Brincos Dona May Acessórios – ganhei da marca, mas custava 40,00
Bolsa O grito – cento e poucos
Tênis sem marca da loja do bairro – 79,00
Óculos Livo – 350,00

fotos: Denise Ricardo

Eu gostei de chegar num estilo mais urbano e menos boneca fofa de saia midi – penso que ficaria também uma graça com um blazer branco e um salto alto, mas estou nesse momento mais desconectado, brincando com volumes e proporções.

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-2

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-3

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-6

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-7

Um detalhe importante: eu gosto muito da produção com a jaqueta, sem ela já não acho tão charmosa. Ou seja, aproveitei muito o tempo mais fresquinho fora de época que fez nas últimas semanas. 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: