Mudando o look com pouco!

O mais bacana de conhecer bem seu estilo, de ter o que você ama de verdade no seu armário, é poder se sentir bem inclusive no que é básico. De não precisar se montar de outra coisa que não priorize seu conforto e que favoreça a sua rotina.

leader-ana-soares-hoje-vou-assim-off

Funciona assim: se eu tenho um short bem levinho, bom pra um final de semana, mas quero aproveitá-lo durante os compromissos da semana, eu coloco uma peça mais arrumada com ele, como camisas de botão. Pra não ficar algo muito distante entre as peças, eu escolho uma camisa despojada, como a jeans. E pronto! Funciona e equilibra as mensagens de estilo. 🙂

E isso não tem a ver com ter muita ou pouca grana, mas de conseguir tirar proveito até do que muitas vezes fica parado no armário por não arriscarmos novas ideias. Não precisa ser a camisa mais cara, não: essa jeans, assim como o look todo, é da Mega Liqui da Leader, é de algodão, veste que é uma graça e é bem molinha e leve, boa pra climas quentes e custa só R$39,99.

O short também pode ir pra praia, com chinelo e regata, mas olha como ele ganha um outro contexto – a estampa é incrível demais para não ser usada mais vezes e, melhor, barato também, R$29,99. O tênis LINDO (amei amei amei mesmo!) não perde em nada pra esses grifados, é confortável de verdade, traz um descolado mais arrumado pro look e ainda fez link com a cor da camisa. E só, somente só R$ 39,99.

Um look inteiro por muito, muito menos do que vemos por aí. Tá bacana demais!

leader-ana-soares-hoje-vou-assim-off-3

leader-ana-soares-hoje-vou-assim-off-2

leader-ana-soares-hoje-vou-assim-off-5

leader-ana-soares-hoje-vou-assim-off-6

Camisa jeans na Mega Liqui Leader – 39,99
Short na Mega Liqui Leader – 29,99
Tênis na Mega Liqui Leader – 39,99
Bolsa na Mega Liqui Leader – 59,99

fotos: Denise Ricardo

Faz isso então: aproveita para garimpar peças que ajudem a descontextualizar o que está parado no armário. Misture o couro com a camiseta, o tênis com um vestido mais arrumado, o blazer com a calça jeans. Você vai ganhar em possibilidades e entender mais e mais sobre o seu estilo 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Pagando a língua na liqui!

Taí uma peça que eu mordi a língua e tem como prova posts antigos do blog: macaquinho jeans. Eu falava que não ia ceder e, adivinhem? Pois é, rs, aqui estou eu usando um feliz e contente! hahahaha!

Mas essa é uma dica que aprendi há muito tempo e vale pra todas essas tendências ou modismos que a gente até curte ou quer aderir, mas que não precisa gastar uma fortuna porque vamos usar pouco (ou não sabemos se vamos usar tanto assim), que é aproveitar pra comprar na liquidação. De qualquer maneira, o macaquinho e os vestidos jeans não saem de cena nunca mais – assim como foi com os oxfords, né não?

E ó que maravilha unir o útil ao agradável: o macaquinho custou impressionantes R$29,99 (trintinha, vai) na Mega Liqui da Leader, que traz descontos de até 70% em váááárias peças!

leader-hoje-vou-assim-off-macaquinho-jeans-8

leader-hoje-vou-assim-off-macaquinho-jeans-1 leader-hoje-vou-assim-off-macaquinho-jeans-7

leader-hoje-vou-assim-off-macaquinho-jeans-4

Macaquinho jeans na Mega Liqui Leader – 29,99
Cardigan Leader – 59,99
Oxford Leader – 79,99
Bolsa na Mega Liqui Leader – 59,99

fotos: Denise Ricardo

Como vocês podem ver, não é só ele que está com um preção! A bolsa saco – que é meu modelo de bolsa favorito, vocês sabem bem, haha – baixou pra menos de 60 reais! E eu adoro esse tom metalizado, é moderno, combina com todos os looks que você imaginar e é menos óbvio que preto ou marrom. 🙂

Essa combinação foi também das minhas preferidas, pela praticidade. Adoro looks que eu possa brincar com acessórios e mudar completamente a cara deles!

leader-hoje-vou-assim-off-macaquinho-jeans-6

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

A via crucis que é procurar uma bota para uma mulher gorda

Por mais que eu me esforce em contribuir para o discurso de ouvirmos o outro, eu aprendi que é importante demais dar o lugar de fala a quem realmente vivencia inúmeras situações no dia a dia que passam desapercebidas pra várias pessoas. Eu já estava há tempos querendo enriquecer o discurso do blog com outros pontos de vista e, principalmente, reforçar que as causas de outras mulheres são as nossas causas também.

Por isso eu estou muito feliz em trazer a Mariana Rodrigues, do blog Aquela Mari, pra cá como colaboradora do HVAOFF, pra discutirmos mais sobre moda inclusiva não só quando se fala em economizar no dindin, mas em tamanhos para todas. O post de estreia da Mari, aliás, vai bem de encontro ao post do que te deixa frustrada, infelizmente.

No pique das coleções de inverno invadindo as araras, vemos também os sapatos fechados e botas, que tem como missão ajudar a manter nossos pés e pernas bem quentinhos durante os poucos meses frios no Brasil. Mas, tal qual as roupas, infelizmente as botas fazem parte das peças que não contemplam mulheres maiores. Se somos grandes nos seios, cintura, quadris ou coxas, é provável que algumas de nós tenhamos também canelas, tornozelos e pés mais grossos.

Calorenta que sou, não sou muito de usar botas, mas nos últimos anos perdi muitas sapatilhas por ser teimosa e usá-las em dia de chuva, e, ano passado, comprei uma botinha da Mr. Cat e outra da Moleca, na Leader, mas, antes rolou quase uma peregrinação até achar botas que ficassem minimamente confortáveis no meu tornozelo. No último fim de semana fui buscar um novo par para chamar de meu, mas, nas duas maiores lojas de fast fashion no Brasil, não consegui achar nenhuma peça interessante que me coubesse. Experimentei três modelos diferentes na Renner e um na C&A. Vamos às impressões:

Essa bota da Satinato apareceu no preview de inverno da Renner e foi sucesso. Nos apegamos mesmo ao glitter, e, que mal tem em colocarmos nas peças? Infelizmente a bota não é pra todos. Foi um sufoco pra calçar, e, obviamente ficou apertada, além do zíper não ter subido por completo.

bota-gorda-plus-size-hoje-vou-assim-off

Carregando a tendência do salto tratorado, essa bota também da Satinato chamou logo minha atenção por ser exatamente como eu estava procurando. As aplicações de estrelas dão um toque diferentão, mas sem deixar de ser versátil. Eu seria injusta se dissesse que não coube, mas, entrou com muita dificuldade e incomodou demais.

Deixando as botinhas de zíper de lado, busquei um coturno pensando que talvez fosse ser mais fácil. Ledo engano. Bati os olhos nesse preto, de vinil, da marca Cravo e Canela, e ela até entrou com uma facilidade maior que as outras – o que está bem longe de ser fácil ou confortável -, mas se eu fosse levar, teria que buscar cadarços maiores.

bota-gorda-plus-size-hoje-vou-assim-off-2

Na C&A, a experiência foi igualmente frustrante.

Nada na loja me fez suspirar, os calçados estavam todos meio genéricos. Foi quando avistei uma bota over the knee, meu sonho secreto no mundo da moda. Acho que a última que eu usei foi lá pelos anos 90, na onda das Paquitas. Depois de adulta, nunca mais consegui uma do meu tamanho, e, para provar o absurdo que são esses tamanhos, olhem só essas perninhas tristes por não entrarem nessa da Vizzano.

bota-gorda-plus-size-hoje-vou-assim-off-3

Não satisfeitas em nos excluírem das araras de roupas, querem nos privar de usar botas que sejam tendência. Além de pequenas nos tornozelos, todas as botas iam no máximo até o 38 na loja, deixando de lado quem veste numeração acima.

Vocês sabem onde podemos garimpar botas para pernocas grossas? Ou rola uma super identificação com o post? Conta aqui pra gente!

mari-rodrigues-hoje-vou-assim-offMariana Rodrigues
Carioca, 29 anos, gorda. Tagarela de carteirinha, fã de chá gelado e viciada em bons debates na internet. Apaixonada por moda e televisão, escreve sobre esses e outros assuntos também em seu blog aquelamari.com
Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Minhas impressões Pat Pat’s para C&A

A pessoa aqui ficou tão atarantada semana passada com os ajustes finais do workshop + trabalho, que esqueceu de marcar na agenda o lançamento da Pat Pat’s para C&A! E que pena que eu esqueci, porque achei a coleção bem executada, viu?

Estava conversando com uma moça que trabalha na C&A e ela comentou algo muito certeiro “A coleção da Dress to era jovem demais, muito garota. A da Iódice era muito senhora, sóbria demais. Eu achei essa da Pat Pat’s o meio termo e por isso funcionou tão bem: é jovial, mas ainda é elegante, com comprimentos mais midi, por exemplo”. Gente, não é que ela tem razão?

Achei as peças bem atuais, mas a maioria dos comprimentos e materiais ajudavam a manter a elegância sem perder a modernidade. Tem jaqueta oversized (largonas),  jaqueta com bordado, grafite, metalizados, franjas, mas eu vi unidade entre as peças.

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-7
Vestido de mangas midi justinho com letras em grafite PB

Esse vestido (R$149,90) me surpreendeu no corpo: vestiu bem e o zíper traseiro tinha uma cordinha pra ajudar a puxá-lo, achei isso ótimo (levanta a mão quem já pediu ajuda até pro porteiro, hahaha), gostei também da golinha. Esse era o último da loja e só tinha o tam G – isso eu achei tenso, o G ficou ótimo em mim, só um pouco largo na cava da manga e nas costas. É de malha e tem elastano, mas mesmo assim…imagina quem realmente é tamanho G?

Aliás, poxa, já não passou da hora de incluírem tamanhos maiores na grade das coleções?

Toda coleção tem uma saia em PU (R$169,90), rs, mas eu também gostei dessa, com cintura mais alta e comprimento midi. Vestiu bem e achei elegante – só a camiseta que achei dispensável, bem normalzinha.

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off

A jaquetona jeans! Ela é bemmmmmmmm oversized mesmo, com mangonas e comprida, então fez mais sentido ao ser usada sobrepondo o look, do que exatamente no corpo (eu puxaria as mangas, claro, mas deixei assim pra vocês verem). Achei grandona demais pra mim, mas ainda assim é bonita.

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-3

A jaqueta prata de PU com ranhuras era lindinha! Achei que vestiu bem e o metalizado ficou sofisticado mais fosco, o que a torna mais usável também pro dia a dia. Carinha: R$289,90.

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-2

Eu AMEI essa jaqueta black jeans, e mesmo não sendo fã de bordados, eu adorei esse! Tem rosas, mas as cores nesse azul e bege mais sóbrios deixaram a peça bem madura, longe de ser menininha. Só que é CARÍSSIMA: R$350!!!!!!!! Gente!

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-5

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-6

Eu também achei o vestido de sued bem bonito: vestiu super bem, adoro esse tipo de decote que valoriza meu colo e mini ombros. Achei uma peça diferente do que costumamos ver nas coleções (franjas não são novidade, mas enfim), eu só colocaria um zíper traseiro menos grosso (esqueci de fotografar, mas tem a foto no site). Tinha também em vinho e caramelo, só o preço que eu também achei salgado, R$269,99!

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-4

Bom, essa saia (R$169,99) eu não gostei, rs. As franjas embolaram no meu pé na hora de vestir, continuaram emboladas depois, sei lá, muita função pra uma saia de sued. Ah, no lado tem um detalhe das jaquetas que eu curti: todas tem essa etiqueta costurada internamente, pra colocarmos nome e contato, caso sejam esquecidas e encontradas por uma boa alma…

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-8

Algo que fez toda a diferença para as peças no corpo: esse é o verso delas, todo nesse tecido tipo sued, que deixa uma textura gostosa na pele. Você se sente bem vestindo a roupa, achei que isso foi uma boa sacada e já mostra que, mesmo sendo mais caro, pelo menos se preocuparam em apresentar algo melhor.

pat-pats-cea-hoje-vou-assim-off-9

Não consegui ter tempo pra provar tudo e também porque muitas coisas já estavam esgotadas, mas no geral achei uma coleção interessante, coesa, com peças bem acabadas e com detalhes modernos. No site ainda tem bastante coisa, para quem se interessar. 😉

Vocês foram conferir? O que acharam?

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: