Inscrições abertas Conheça suas Cores SP

São Paulo tanto pediu, que cá estamos nós de volta! Quem quiser saber suas cores e entender como tirar o máximo proveito delas, bota o dedinho aqui! Mudamos a data inicial por conta do feriado na cidade, então se liga que é dia 24/02!

Para quem é o workshop?

É direcionado para quem ainda não “encontrou” seu estilo pessoal e se perde na quantidade de informações que recebe todos os dias, para quem tem dúvidas na hora de se vestir ou fazer compras e não sabe por onde começar ao montar um guarda- roupa versátil, consciente e atemporal.

Entender sobre suas melhores cores ajuda nesse filtro na hora das compras, a perceber como podemos ser nossa versão mais incrível em várias ocasiões, abre um leque de possibilidades no seu guarda-roupa, estimula a criatividade e ajuda a sairmos da mesmice! 🙂

Ajuda também na decisão de desentulharmos o armário, tirando aquela roupa da dúvida, essa que você nunca consegue usar e que, talvez, a culpa seja da cor, hehe.

ana-soares-workshop-cores-5

São Paulo

Quando: sábado, dia 24/02/2018
Horário: das 10h até as 14h30 com pausa para o coffee
Onde: Pipoca Café, Lapa
Valor: R$ 500,00
Máximo de 10 inscritos

Conteúdo:

– Cada participante vai passar por uma análise cromática e descobrir a cartela de cores que mais te favorece, que te deixa mais bonitona, ó que beleza! 🙂

– Vamos conversar sobre círculo cromático, coordenações de cores dentro das cartelas, contraste pessoal, coordenações de neutros, misturar estampas;

– As mensagens das cores <3

– Vamos falar sobre processo criativo na hora de montar os looks e colocarmos algumas ideias em prática com acessórios;

– Se você só usa preto, branco e cinza, eu juro que não vou querer te jogar um balde de arco-íris, mas certamente vamos abrir seu leque de possibilidades para sair um pouquinho da zona de conforto e explorarmos outras cores em potencial – mesmo que sejam variações dos próprios neutros, só que mais…coloridos! hehe!

– Se você usa todas as cores possíveis, também vamos ajudá-los a entender mais sobre as cores da sua cartela, os seus tons mais específicos;

– Como aumentar o número de combinações com o que se tem no armário e trazendo mais impacto nas produções só com coordenações cromáticas, em truques de estilo atemporais;

– Tentar dar uma força pra perder o medo de combiná-las, até porque, roupa não morde ;P

– Vamos aprender principalmente a quebrar regras, porque essa é a graça toda do negócio, usar o que te faz bem <3

E ainda, bônussssss:

– Cartela digital para cada participante

– Material em PDF sobre sua cartela e como usar suas cores

Obs: Este não é um curso para quem quer aprender análise cromática. 😉

INSCRIÇÃO  E PAGAMENTO

Para fazer inscrição você pode clicar no botão do PagSeguro referente ao curso que você quer fazer. O pagamento é em ambiente seguro e você pode pagar através de transferência eletrônica ou de cartão de crédito (com opção de parcelamento). Depois, basta enviar email para [email protected] avisando.

O email é respondido em até 24 horas com a confirmação da inscrição. O PagSeguro avisa quando o pagamento foi feito e se está tudo ok. Não há garantia de vaga sem o pagamento efetuado.

As inscrições podem ser feitas de duas maneiras: INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

Pelo Pagseguro, que dá para parcelar no cartão de crédito

OU pra quem quiser depositar/transferir, só pedir os dados bancários pelo [email protected] (por favor, só solicite os dados se você tiver MESMO a real intenção de participar. Ajude uma autônoma a otimizar seu tempo, rs)

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Manifesto pelas cores

Como semana passada estreamos nosso canal de Podcasts falando sobre cores e como coordená-las de um jeito fácil – além de dar a orientação pra todo mundo perceber sua cartela de cores – nada mais oportuno que chegar aqui com um look beeeeeeeeeemmmm coloridão! hahaha!

O look de hoje não tem nada a ver com essa estação, mas fizemos a produção pensando mais em uma sugestão atemporal (e, sim, sempre que eu puder eu vou ignorar que é verão, hahaha). Aliás a coordenação dos tons ficou elétrica, acesa e eu adorei isso! Coloquem os óculos escuros para evitarem ofuscar a vista de vocês, hehe!

O look traz uma coordenação de cores análogas, que são cores vizinhas do círculo cromático, logo, têm pigmentos próximos e funcionam quando combinadas. Por cima colocamos meu novo queridinho do armário, um Jil Sanders garimpado em brechó (já falei que amo brechós hoje?), todo de cashmere (raridade!) e num tom castanha, que é um neutro colorido (expliquei sobre neutros nesse post), que é basicamente uma cor híbrida, que vai com todas as outras.

ana-soares-calca-vermelha-6

O casaco não é de uma cor da minha cartela de cores (amarelado demais pro meu tom mais rosado, que é um tom frio), mas coloquei por baixo uma blusa de uma cor que me favorece e tá tudo certo, ela acabou compensando.

Basicamente não compro mais nada que saia da minha cartela de cores, que é um inverno puro, porque é mais fácil de coordenar cores que são harmônicas, mas não existem regras que não possam ser quebradas e compensadas, né não?

cartela-inverno-puro-ana-soares
minha cartela de cores: tons frios e cores puras

ana-soares-calca-vermelha-9

ana-soares-calca-vermelha-8

ana-soares-calca-vermelha-7

Casaco Jil Sanders no O Grito Bazar
Calça Andrea Marques de bazar da marca
Blusa do Brechó Toco Sol (SP)
Scarpin antigo e batido da Santa Lolla
Brincos Montageart

fotos: Denise Ricardo
produção: Manuella Antunes e Phillipe Rudnick

O legal de colocar uma terceira peça – no caso, o casaco –, é que ele reduz também a área total do look, acalmando um pouco esse coloridão e deixando ele menos (um pouco menos, vai) histérico e reluzente, hahaha!

Acho um desafio propor coordenações de cores pois sei que ficamos inibidos com o impacto disso no dia a dia, principalmente quando avistamos a maioria das pessoas de cinza, preto e branco. Mas acho também uma lástima brincarmos pouco com o que nosso armário pode oferecer por conta de olhares de pessoas que na verdade não estão nem aí pra gente, só querem que fiquemos dentro da caixinha junto delas, amedrontados sei lá com o que.

Com isso ficamos sem nossa identidade, nos limitamos por receio e perdemos a oportunidade de nos divertirmos, de experimentarmos e trazermos essa dose criativa e artística tão necessárias para nossas vidas. Por mais cor e menos medo de ser quem se é!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Podcasts Moda pé no chão: primeiro episódio!

É com muita alegria que anuncio minha inserção no mundo maravilhoso dos Podcasts! São episódios em programas gravados sobre diversos temas que vocês podem baixar no agregrador/app de preferência e ouvir em várias situações: no metrô, na academia, em casa lavando louça (hahaha), na fazenda, praia ou onde mais der na telha! 😛

Eu estava sentindo falta de mais programas voltados pra moda aqui no Brasil, queria muito também ampliar a nossa conversa de sempre aqui para outros canais, e, principalmente, dar voz aos textos e temas escritos aqui há tantos anos!

podcast-ana-soares-1

O Moda pé no chão trará quinzenalmente temas práticos para quem quer ser feliz com o que tem sem gastar muito, com convidados para discutirmos assuntos pertinentes sobre consumo consciente para todos os tamanhos, bolsos e idades. Para quem quer vestir-se de si mesma sem complicação, com ideias simples, dicas certeiras, críticas e opiniões sempre muito sinceras.

Quero ir melhorando cada vez mais, conto também com sugestões de temas, deem um feedback do que acharam, façam perguntas nos canais do blog para eu tirar dúvidas! TÔ ANIMADA DEMAIS! 😀

O primeiro episódio já está disponível nos aplicativos de podcast pra IOS e Android, como Spotify, Soundcloud, Castbox, Overcast, We Cast.

Aqui já tem o link direto para baixar no Itunes!

Mas quem quiser ouvir por aqui é só dar o play aqui embaixo! 😀

Gravando, sorrindo e amando tudo isso!
Gravando, sorrindo e amando tudo isso!

Ep 01 – Conheça suas cores!

Nesse episódio inaugural exploramos o universo das cores: como coordená-las de uma maneira harmônica, sem receios, aumentando as possibilidades com o que se tem no armário e deixando os looks mais criativos com dicas fáceis. Nele, eu explico sobre círculo cromático, tipos de coordenações, o mito do pretinho básico, cores neutras coloridas e muito mais!

E aguardem que já trago spoiler do segundo episódio, com convidados: tudo o que vocês queriam saber sobre tecidos! 😀

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

O boteco do dia: amarelo ilumina

Não sei nem mensurar a alegria que é escrever este post durante uma atípica entressafra climática em pleno verão carioca: essas fotos são do ano passado, mas nesse dia também fomos abençoados com um climinha ameno e até meio londrino para degustarmos sem sofreguidão outro boteco da nossa lista de locais favoritos da cidade: O Bar da Frente!

Antes de falar desse espaço que comporta um verdadeiro arsenal orgásmico gastronômico, meu look: aproveitei feliz e contente o dia de temperaturas mais humanas para ir com essa pantalona ultra colorida que eu amo, de linho com viscose. Aliás, fico de cara como muita gente odeia amarelo e suas variações, eu acho uma cor solar e com um efeito incrível!

Eu tô bem viciadinha nesse top curto, vocês acreditam? Tô adorando essa opção mais sexy e fresca para meus looks de verão, e o que mais gostei dele é que não é top jovenzinho boboca, tem uma estrutura e é mais elegante!

Como sempre fico cismada de combinar preto com colorido, salpico informação de cor ao longo do look para não deixar a calça gritando sozinha nas cores. Aí pensei no meu lenço preferido na cabeça e eu amei o resultado! Ficou um descontraído fofo que dá pra ser aquele look de quem emenda várias programações de bares, shows, encontros num dia só. 😉

ana-soares-bar-da-frente-1

ana-soares-bar-da-frente-3
To parecendo a dona do bar nessa foto HAHAHAHAHAA

ana-soares-bar-da-frente-2

ana-soares-bar-da-frente-4

Top Mocha usado com as costas na frente
Pantalona Cantão antiga
Lenço que veio numa revista
Brincos Fernanda Torquett
Pulseira Josefina Rosacor
Sandália Inbox Shoes

fotos: Denise Ricardo

O Boteco do dia: Bar da Frente

Sou frequentadora antiga do local, que abriga na Praça da Bandeira os petiscos mais criativos que vocês vão ver nessa série: o Arroz de Puta Rica, o Porquinho no quimono, campeão do Comida di Buteco 2014 com sua espetacular massa de harumaki recheada de costelinha de porco com ervas, o fondue de coxinha, que viralizou pelas webs, o fofinho de camarão, o bolinho de estrogonofe com batata palha…chega que já to morrendo de fome aqui, hahaha!

arroz-de-putapobre
Meu almoço executivo: Arroz de Puta Pobre!

vemprobardafrente

Nesse dia das fotos fomos pra almoçar mesmo, o menu executivo vem com bolinho de feijoada de entrada, sintam a fartura do local! Hahaha!

O bar é beeeem pequeno, mas todo mundo se ajusta pra degustar até do lado de fora as delícias criadas pela Valéria, mãe da Mari, as sócias do Bar da Frente, que ocupa o antigo posto do famoso Aconchego Carioca, da Cátia Barbosa, criadora do Bolinho de Feijoada – aliás, por isso o bar se chama assim, porque fica de frente pro Aconchego. Vale ir um dia com amigos e passar a tarde nessa rodada gastronômica sem um pingo de peso na consciência.

Mais informações no facebook deles.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: