20 jul 2016

Nos outros posts que fiz atrás de básicos de qualidade, uma leitora me lembrou da loja das Havaianas – sim, a dos chinelos – que há um tempinho colocou nas lojas uma linha de roupas com essa pegada mais básica e casual.

Com todo seu know-how no mix de produtos que seguem a linha do conforto e despojado, a marca levou a boa e bem sucedida experiência para uma coleção de roupas que recebeu o investimento de R$40 milhões em 2014, originando peças alinhadas com o estilo dos seus chinelos, tênis e alpargatas.

Aproveitei uma breve saída para ir conferir de perto as roupas, que eu já conhecia, mas não com o olhar clínico para o post. Basicamente (dã), são camisetas, blusões, regatas, camisetas de manga comprida, vestidões, shorts e calças em várias estampas e lisos em cores, desde o cinza cumbo até laranja, amarelão, pink, azul marinho, verde musgo, roxo e por aí vai!

basicos-havaianas-2
uma parte da linha, tinha muito mais na loja!

As fibras usadas nos tecidos são em esmagadora maioria, naturais, como algodão pima peruano e linho – pouquíssimas opções tinham sintético, e mesmo assim num percentual de composição pequeno.

Além de peças feitas com a melhor fibra de algodão, o pima, e 100% linho, as etiquetas dizem que o tingimento e a produção são todas artesanais. As de algodão pima são feitas no Peru, as demais são produção nacional.

basicos-havaianas-6

A loja já não estava tão recheada de produtos, culpa da época de descontos de até 70%, mas peguei alguma variedade para dar meu parecer. Para quem namorava um dos itens pode ser até uma boa, já que os preços médios das peças são mais salgados.

A regata tamanho P vestiu super bem e a sensação do tecido na pele foi ótima. Olhei a etiqueta, bingo: algodão pima! O preço estava bom, também: baixou de 99,00 para R$49,90.

A calça tem em várias cores também, é 100% linho e custa R$207 na remarcação. Achei confortável, tem elástico atrás e cordinha para ajuste na frente, mas não amei o modelo, apesar de entender que ele combinaria bem com um dia de praia e chinelo, rs.

basicos-havaianas

Depois provei essa camiseta gola V com a parte de trás maior, mas o tamanho P ficou gigante em mim. Estava remarcada para R$64,90. De qualquer maneira ela era bem confortável e macia, gostei muito da qualidade do tecido e dos acabamentos – aliás, todas as peças vestiram bem e tinham muita qualidade!

basicos-havaianas-5

A blusa de manga longa 100% linho é maravilhosa! O tecido é mais fininho por conta do material e, por isso, mais transparente e requer uma manutenção mais cuidadosa, mas eu adoro camisetas de linho mesmo assim, rs. Na liquidação está saindo a R$125,90.

basicos-havaianas-7

Provei também esse vestidão comprido com fendas laterais, a parte chata é que ficou bem comprido (meninas altas, comemorem!), e acho mais chato fazer bainha em malha. Vestiu bem, apesar de não curtir tanto esse estilo de vestido e o tamanho foi P também. Eles têm PP e a grade vai até o G (esqueci de perguntar se tinham GG, desculpem). Esqueci de anotar também o preço (ops), mas custava 200 e poucos.

basicos-havaianas-3

Essa foi das poucas que eu vi com mistura: tinha 90% de algodão comum e 10% poliéster, o que conferia a peça uma textura diferente das demais, com mini bolinhas, próprias do modelo. Saía a R$ 49,90.

basicos-havaianas-4

Camisetão estilo vestido que não deu tempo de provar – uma delícia como saída de praia, heim? Estava por R$69,90!

basicos-havaianas-8

Não são todas as lojas que mantém a linha de vestuário: essas do post foram no Shopping Leblon, aqui no Rio de Janeiro, e a mais completa fica na loja conceito da marca, na rua Oscar Freire, em São Paulo, além do Shopping Iguatemi. Não encontrei as peças na loja online.

Recomendo demais cada peça que provei. Ótima qualidade, na liquidação os preços estava bons e a variedade de cores e modelos é um ponto super favorável!

  • 17 Amaram
19 jul 2016

Na última semana eu caí doente – fui acometida por uma pneumonia, do nada, acreditam? Há um tempão eu não ficava ruinzinha como fiquei, e reduzi drasticamente o ritmo (na verdade eu não fiz nada, só descansei) pra poder me cuidar, já que final do mês estarei em SP a trabalho.

Ainda não estou 100%, tenho tossido e não sei se uma semana de antibióticos foi suficiente para os pulmões estabilizarem, mas já voltei a fazer algumas coisas vagarosamente, mas não rola ir pra rua atrás de pautas pro blog ainda. Então eu chamei minha amiga Denise pra vir aqui em casa me ajudar a registrar alguns looks que usei nos dias anteriores e que ficaram paradinhos esperando para aparecerem também no blog! :)

Recebi algumas coisas de marcas cariocas e uma delas foi a Karamello, e aproveitei o que veio para testar um tipo de produção que eu tenho visto em editoriais e estava super afim de reproduzir, que é a tal da blusinha por baixo de um vestido ou macacão de alcinha!

Fiquei com um micro receio de parecer juvenil demais, mas no final das contas eu achei foi muuuuuito fofo e combinou muito com o astral feliz das fotos. :) Clica nelas para ampliá-las e ver melhor detalhes!

ana-macaquinho-2

ana-macaquinho-3

ana-macaquinho

ana-macaquinho-6

ana-macaquinho-5

ana-macaquinho-4

ana-macaquinho-7

Blusa, brincos e macaquinho da Karamello – presente da marca
Oxford Via Mia que ganhei também!

fotos: Denise Ricardo

Ó que bela situação pra mostrar que vale a pena não termos medo de fugirmos da nossa zona de conforto e arriscarmos mais novas ideias – mesmo aquelas que achamos não termos mais “””ïdade””””pra experimentar! :)

  • 31 Amaram
18 jul 2016

Há um tempo eu não posto mais os achadinhos justamente porque estou matutando como configurar essas postagens de uma maneira que nos deixem (sim, me incluo, porque faço parte desse processo) menos afoita por novidades, que não estimule tanto aquelas compras impulsivas que lotam o armário pra aproveitar porque está ~baratinho.

De alguma maneira acredito que essa mudança de pensamento pra quem acompanha o blog também chegou. Prova disso foram esses emails que recebi de compras mais pensadas, com suas comprinhas feitas de forma desejada, aguardada e planejadas. Achados feitos pensando inclusive em questões como sair do quadrado de gêneros e vasculhar feliz araras masculinas.

Mas antes dos achados das leitoras, vou mostrar algumas dicas enviadas por vocês pelo instagram e twitter @hojevouassimoff!

A Dani registrou essas belezinhas de tênis estilo creeper na Marisa pra mim, tentei até arrematar o branco com cupom de 20% de desconto no site, mas só dava erro e resolvi encarar isso como um sinal para não comprar. =P

achados-leitoras-4

A Renner também está com sua versão de oxford plataforma, algumas leitoras comentaram que era desconfortável, outras me mandaram foto da versão em rosa claro dizendo que era confortável…eu só sei que não morri de amores, mas fica a dica!

Além dessas, vieram me avisar que a coleção do Herchcovitch para C&A está toda remarcada no site e lojas, com calças, blusas e saias a R$39,99, 49,99 e 99,99! Eu gostei muito do caimento da pantalona.

Captura de Tela 2016-07-18 às 14.07.00

A Monica mandou seus achados sob o título paciência e perseverança – e é bem isso para encontrarmos algo de qualidade que caiba no bolso!

“Oi Aninha, tudo bem?
Seguindo seu nobre conselho de  garimpar, esperar descontos e ver araras de promoção nas lojas, vou te contar uma historinha…
Estou namorando há uns 4 meses essa camisa da Richards que custava 279 dindin… Sem chance! Até que num fim de semana, vejo os cartazes de promoção na vitrine, e lá está ela: a última, exatamente do meu tamanho, puro linho, por 124 dindim!!❤️❤️❤️❤️. Levei na hora!! Bjao, espero que goste do achadinho!”

achados-leitoras

achados-leitoras-2

A Roberta estava em busca de, simplesmente, uma calça reta, sem muitos detalhes, básica, mas parece missão impossível encontrar uma. Eu adorei as reflexões do seu email e da solução para encontrar a calça que ela queria!

“Oi Ana!

Acabei emagrecendo bastante – 7 Kg nos últimos 6 meses – por necessidade; tive um problema nos pés, e quilos a mais trabalhando em pé poderiam agravar o problema ao ponto de não poder mais trabalhar.

Com a mudança de peso tive que comprar novas calças e aí surgiu meu problema. No comércio simplesmente não encontrei nenhuma calça jeans com cor uniforme com corte reto. Só havia calças skinny ou flare. Antes de tudo, acho que independente de idade ou tipo de corpo, se alguém gosta desses modelos e se sente bem com eles, acho que deve usar e ser feliz!

É bastante curioso como o mercado não enxerga que há uma diversidade enorme de consumidores que têm perfis de idade, profissão e gosto diferentes. Todas as calças são praticamente iguais: muito manchadas, feitas para um perfil de consumidora jovem, magra e que necessariamente está diretamente ligada a modismos. É extremamente difícil comprar peças clássicas, mesmo que esse clássico seja algo tão básico como uma simples calça jeans.

Após muito custo comprei na Hering uma calça jeans de modelo tradicional com cor mais uniforme. O preço foi interessante, R$69,90, mas a modelagem ainda era bastante justa, mais próxima de uma calça skinny.

Foi aí que meu esposo resolveu doar algumas calças dele. Resolvi experimentar as calças e vi que havia um potencial – apesar delas ficarem muito grandes para mim, calças masculinas acabam apresentando um corte reto e cores mais clássicas.

Fui a algumas lojas de departamento e experimentei vários modelos masculinos: conclusão – modelos slim masculinos com elastano vestem de forma BEM parecida com modelos retos femininos. Além disso, a vantagem de conseguir cores neutras e, com isso, conseguir um armário mais clássico, vale a pena.

A única coisa necessária foi paciência para experimentar um monte de calças e descobrir modelos e numerações adequadas ao meu corpo. Além da modelagem slim, a princípio a numeração masculina pode variar 1 ou 2 números para cima – sou 40 no feminino e no masculino sou 38 ou 36.

Comprei uma calça de 98% algodão com 2% de elastano na cor chumbo, número 38 da C&A de R$89,90.

achados-leitoras-3

Inevitavelmente, isso acaba caindo um pouco nas discussões sobre roupa “sem gênero”, sobre o comercial da C&A e a repercussão causada por ele. No meu ponto de vista, acho que se uma calça veste bem, me deixa feminina e serve para as minhas necessidades, não é um rótulo de “masculina” que me impedirá de comprar e usar algo que realmente atende às minhas necessidades. Acho que a dica pode ser bem interessante para mulheres que, assim como eu, estão cansadas da falta de opções mais clássicas.”

  • 32 Amaram
15 jul 2016

E nessa sexta-feira, dia 15, entra no ar mais uma lojinha especial com muuuuuuitos desapegos meus no enjoei! =D

Muita coisa já é o resultado do processo de otimização e organização do meu guarda-roupa, tiramos tudo que já tinha cumprido a sua função, itens que ganhei de marca e eu já tinha algo parecido ou o que estava parado, sem uso! Todas as peças estão em perfeito estado e com um preço super honesto!

Tem Ronaldo Fraga, Isabela Capeto, maria bonita extra, Maria Filó, Coven…a seleção está leeeeeenda! Ah, e têm peças também da minha mãe, só belezura pra quem é tamanho 42 a G :)

ana-soares-instagram

Acessa lá a lojinha e depois compartilha comigo o novo destino das minhas roupinhas!

  • 8 Amaram
Página 2 de 83612345