30 jul 2015

Eu tava caminhando de volta pra casa e de repente surgiu essa questão. Incrível como o computador rouba muito da nossa capacidade criativa e por isso tenho me obrigado a dar um rolé pela rua mesmo, uma vez ao dia, para clarear as ideias.

Eu matutava sobre meu estilo mesmo. Elaborar aulas está me forçando a pensar várias coisas sobre o assunto, e uma delas tem sido o quanto eu aprendi sobre mim mesma durante essa busca pelo meu estilo pessoal e sua posterior descoberta.

E isso não foi agora não: comecei a contagem com meus 15 anos, ainda de forma tosquinha, mas muito segura que eu precisava ser diferente da multidão e que assim, e só assim, eu me reconheceria no espelho.

Foi nesse pensamento que veio o fio condutor para outra questão: qual foi a maior descoberta em moda na vida das pessoas que me acompanham? O que exatamente tocou elas a ponto de se enxergarem como elas são, de melhorarem sua relação com o espelho? O que será que as leitoras do blog pensam sobre isso? Se perceber nas suas vestimentas está sendo um processo doloroso ou tranquilo? Leve, ou pesado a ponto de causar sofrimento?

Quais foram as maiores descobertas em moda de vocês, aquela que gerou uma transformação boa, que deu o start para muitas outras descobertas, mesmo que ainda não colocadas em prática? Foi entrar numa determinada loja pela primeira vez? Ler uma frase num livro ou blog? Se olhar no espelho nua e gritar foda-se o mundo, eu me amo? Se libertar das compras descontroladas? Foi parar e se olhar no espelho com calma e exercendo tolerância sobre sua própria imagem?

O que você queria muito arriscar sobre você, mas não começou ainda? E se não começou…o que te impede (ou aflinge)?

muito-amanha

Espero que eu não esteja viajando muito e tenha me feito entender, rs, mas gostaria MUITO de ouvir mais o que vocês pensam sobre essa relação despretensiosa com moda e sobre o que conversamos quase que diariamente aqui, há 7 anos. Quero pescar o que pode melhorar nesse diálogo e aprender junto. Isso é até uma forma de nos obrigar a parar com tudo que estamos fazendo (ou com o entretenimento vazio das redes sociais) e pensarmos mais na gente e no que tem mexido com nossas cabeças, num puta exercício de autoconhecimento.

Me contem? Vou adorar ler o que vocês tem pra compartilhar, vou amar descobrir junto com as suas descobertas. E quem estiver com vergonha pode me mandar email também =) contato@hojevouassimoff.com.br

  • 28 Amaram
30 jul 2015

Essa semana estamos bem de looks, hum? Se em outras vezes estou mais “escrevinhadora” de pensamentos, nessa, em que estou meio atolada de trabalho, sucumbi à ˜relativa˜ facilidade de dizer mais em imagens do que em palavras. Mas espero garantir sempre alguma fagulha de ideias para todo mundo aproveitar melhor o que tem no armário. =)

Como eu disse em outros posts, estou adorando usar bases mais clássicas e neutras para compor o look apenas com algum detalhe ou terceira peça mais chamativos. Via de regra nem sempre foi assim, as leitoras mais antigas sabem da minha predileção por produções mais pro over, mas nada como amadurecer e reconhecer a importância de termos, ao longo dos anos, investido em roupas que sejam a base da maioria dos nossos looks.

Isso garante que seu dia-a-dia seja mais prático no vestir, que essas peças mostrem sua essência com solidez e que, assim, você possa salpicar um ou outro item mais baratinho ou mais colorido/divertido. O de hoje traz um bom investimento nesse sentido, meu blazer de lã comprado no bazar da estilista Andrea Marques, uma peça incrível que estrutura uma roupa com peças de fast fashion.

O lenço foi uma ideia que pintou na hora para dar um toque colorido e mostrar o potencial dos lenços que temos muitas vezes parados no armário. Ninguém precisa saber mil amarrações ou lamentar não conseguir executá-las: olha que simples e chic jogá-lo ao longo do pescoço e arrematar com um cinto na cintura!

blazer preto, lenço colorido em vermelho, amarelo, azul escuro e azul claro ao longo do pescoço e silhueta arrematado por cinto tressê preto na cintura, tudo por baixo do blazer, calça preta resinada skinny, scarpin de pelos de oncinha e tachas

Obviamente acessórios de boa qualidade contribuem para elevar em alguns níveis a minha roupa. O lenço é de seda comprado na liquidação, a bolsa e o cinto são de couro e de uma marca que garante ótimos acabamentos e o sapato é da C&A, mas o bichinho engana bem…hehe!

lenco-blazer-7

lenco-blazer-2

lenco-blazer-4

lenco-blazer-5

lenco-blazer-3

lenco-blazer

Blazer no bazar da Andrea Marques – 350,00
Top NK para C&A – 69,90
Calça resinada Isabella Giobbi para C&A – 59,90
Lenço Richards – 86,00
Scarpin Santa Lolla para C&A – 39,90
Bolsa Adô – 240,00 em 3x
Cinto Adô – 75,00
Relógio Casio que ganhei da marca

fotos: Renata Freire

Tirei o blazer para mostrar que não tem mistério colocar em prática essa sugestão com seus lenços: parece até uma blusa quando colocamos o blazer por cima, não? O top é de poliéster dessas coleções de C&A, mas fica bem em segundo plano e mal dá pra perceber 😉

lenco-blazer-6

Semana passada fui almoçar com duas amigas minhas que, coincidentemente, foram com lenços usados como cintos e faixas. A Bruna amarrou no quadril esses de algodão que compramos por 10 reais no Saara e transformou seu básico/clássico =)

lenço de algodão azul e branco usado como faixa no quadril, blusa listrada navy, jeans e trench coat azul marinho

A Jana também mostrou como o lenço amarrado no cós pode ser o detalhe mais charmoso de uma produção. Simples e igualmente lindo!

pantalona vermelha, lenço com os laços pra frente em verde, azul, preto e vermelho, top preto

O legal de inserir seus lenços nos looks é que dá para inventar sempre uma forma diferente de uso e mudar a cara da sua produção a cada dia, sem comprar mais roupa, sem gastar muito dinheiro, sem precisar criar mil combinações mirabolantes. =)

  • 22 Amaram
29 jul 2015

O que você compra com 100 reais? Uma blusa? Um sapato? Um look inteiro, será? Ou você está aí rindo e balançando a cabeça pra essas perguntas?

Todo mundo se lembra de um post histórico do blog, em que eu falo da banalização dos 100 reais: ou alguém ainda acha possível encontrar facilmente uma roupa bacana por esse valor? A proposta de tentar manter o limite de cenzinho para uma produção me persegue há tempos, mas junto vinha o desânimo por acreditar que se trata de uma ideia utópica, ainda mais com a questão do consumo consciente ganhando proporção na minha vida.

Mas sabe aquela sensação de economizar e mandar bem ao adquirir uma peça incrível? Pois é sobre essa nossa realidade de mandar bem baratíssimo em achados, roteiros de compras possíveis e looks acessíveis que eu falarei em algumas postagens a convite do SUBWAY® – que, aliás, tem também seu achadinho em forma de sanduba: o Baratíssimo Steak Churrasco tem um precinho maravilhoso que super cabe no bolso de quem gosta do que é bom sem precisar pagar muito!

E nesse primeiro post-desafio de montar um look com menos de 100 reais, eu nem precisei meditar muito para alcançar a iluminação: outro dia mesmo eu fiz um evento no brechó da minha amiga, o 21 Brechó Arte, na Tijuca! Brechós são importantes por estimularem o reuso de peças existentes, diminuindo, assim, a demanda por uso de novos recursos do planeta. Também trazem muito daquela qualidade que não vemos mais nas lojas, a possibilidade de termos peças únicas e exclusivas, além do valor cultural dos itens vintage.

araras-brecho

Uma verdadeira viagem no tempo, um mundo de ideias para novos usos ao que temos e, principalmente, mostrar que é possível ainda garantir bons achados sem precisar pagar um rim por uma roupa. E foi nessa fartura de moda acessível que eu montei meu look mandando bem baratíssimo por 100 reais!

ana-baratissimo-2

Eu já estava com a minha bota e foi especial ver que a produção toda acompanhou o estilo dela. A blusinha de linha com os grafismos mimosos saía pela bagatela de 35 reais. Não resisti em coordená-la com a jaquetinha de veludo cotelê com um tom mais fechado que a blusa, que também saiu por 35 reais. Eu tinha mais 30 reais para escolher a parte de baixo e a padronagem dessa saia se destacou nas araras. Era meu tamanho. Por 25 reais. Bingo!

ana-baratissimo-3

ana-baratissimo-4

ana-baratissimo-7

ana-baratissimo

Jaqueta de veludo cotelê no 21 Brechó Arte – 35,00
Blusa vintage no 21 Brechó Arte – 35,00
Saia no 21 Brechó Arte – 25,00
Total: 95 reais! =D

Tirei a jaquetinha para mostrar nas fotos toda a graciosidade da blusa e aproveitei para adicionar mais uma ideia ao look: o colar de 15 reais se manteve dentro do meu orçamento e ainda trouxe uma linha alongadora à minha silhueta!

ana-baratissimo-5

ana-baratissimo-8

ana-baratissimo-6

fotos: Babi Xavier

A blusa + saia + colar resultaram em fantásticos 75 reais – sobraria ainda para mais algum acessório ou colete!

Se você se interessou por esse mundo fantástico do reuso e da ideia de transformar seu armário com pouca grana, veja algumas dicas para começar a desapegar e a garimpar nas lojas de artigos usados.

Desapegue do que não serve ou usa mais!

Abra seu armário, tire todas as suas peças e avalie a permanência delas ali. Estão sendo usadas ou apenas ocupando espaço? Com certeza você vai encontrar peças que comprou em remarcações ainda com etiqueta, mas não faz sentido mantê-las paradas se você pode abrir espaço para itens realmente usáveis. Separe tudo o que não usa e entre em contato com alguns brechós para marcar um dia de análise dos itens e valoração.

Selecione apenas as que estão em bom estado, sem rasgos ou manchas. Lave com sabão neutro, passe e junte uma boa quantidade para avaliação. A maioria dos brechós vende em sistema de consignação e leva em conta qualidade, conservação, modelagem e tecido para a precificação.

Se for comprar, avalie as peças

Com o armário mais conciso e só com o que você ama e usa, aproveite para avaliar o que ficou e o que faz mais seu estilo. Perceba o que pode fazer a diferença para seus looks, o que está faltando e estabeleça quanto pretende pagar. No brechó, experimente tudo e observe acabamento, estado de conservação e evite grandes ajustes que podem sair mais caro do que a peça em si.

Gostaram? Aguardem mais boas ideias pra fazer valer nosso dindin! =)

LA_003515AX_Selo_Blog_02

  • 24 Amaram
28 jul 2015

Já falei do MercadoLivre em outros posts e que foi por lá que consegui minha blusa Andrea Marques por inacreditáveis 33 reais e minha desejada jaqueta jeans Levi’s. O que eu quero reforçar é que o ML não funciona só para revenda e produtos second hand, na na ni na não! Ano passado eles criaram seu canal oficial de moda com centenas de itens voltados para o consumidor de moda e beleza, com dezenas de lojas oficiais – a maioria nossas conhecidas – e várias com preços especiais e ótimos descontos, tudo reunido eu um só espaço virtual, muita praticidade. =)

Eu fiz uma seleção de produtinhos que gosto de usar quando saio à noite e, como vocês também já estão carecas de saber, a peça que eu mais amo usar é macacão! É tão prático quanto um vestido (só vestir e pronto!) mas fica um chic sem esforço, deixa a silhueta rhyca e alongada, além de imprimir muito a personalidade de quem usa. Ou seja, é um item-poder!

Vamos conferir os itens que eu amo coordenar com ele e as versões das musas inspiradoras Miroslava Duma e Olivia Palermo mostrando o que é que o macacão tem!

ml-noite

Macacão por si só já mostra a que veio, por isso deixo os complementos mais sutis mas igualmente poderosos – gosto muito desse modelito que está à venda no MercadoLivre por 199,00. Ele é de crepe, tem o decote em V e um recorte que valoriza a silhueta e já tem esse cinto marcando bem a cintura, bem prático.

Para acompanhar a arquitetura da peça, uma sandália de salto grosso mais confortável e da mesma cor para alongar. Quando eu escolho usar sandália deixo as unhas bem contrastantes coloridonas, por isso capricho no esmalte vermelho que é um detalhe a mais 😉

Antes eu colocava um super colar e pronto, mas atualmente estou deixando o decote livre e optando por brincos grandes! Acho que se destacam bem no meu corte de cabelo e adicionam um movimento bonito na produção, estou viciada nos meus brincões! E, para finalizar, meus relógios casio super companheiros de labuta que também vão pra night comigo, gosto desse toque mais casual para desconstruir a ideia de looks cem por cento um estilo.

O melhor é que macacões são versáteis e cabem também em looks diurnos com a mesma maestria, rendendo infinitas possibilidades de coordenações. Vão lá conferir as minhas seleções e aproveitem que várias estão remarcadas =)

publi

  • 10 Amaram
Página 2 de 78112345