18 maio 2016

Algumas meninas me perguntaram se eu não ia falar da coleção da Replay + C&A. Olha, eu me interesso em noticiar coleções de marcas e estilistas para as redes, mas essas aleatórias nunca me ganham, acho impessoal. Jogada marketeira mesmo, e só.

Li em vários sites que a Replay é uma marca italiana famosona de jeans, mas – mals aê – eu não conhecia não. Na verdade já tinha lido uma ou outra coisa, mas aqui, Brasilzão, não creio ser algo de conhecimento geral. Bom, a grife cedeu os direitos de uso das modelagens para a C&A reproduzir os jeans no Brasil e uma ou outra peça na China (epa).

A coleção fica no fundão da loja e apresenta um estilinho mais rocker e vários modelos de calças, mas nada saltou aos olhos de primeira.

Fui pro provador com algumas peças e assim…eu não gostei. E olhem que fui achando que me surpreenderia, mas a calça aí da foto, por exemplo, me vestiu hiper mal. Achatou a minha bunda, modelagem pequena (o tam 40 ficou apertado) e não gostei do tecido fino com elastano, o aspecto ficou ruim, além da costura interna ser toda em overlock. Já vesti jeans de coleções especiais da C&A com tecido e caimento infinitamente melhores que esse!

replay-cea-hojevouassimoff-8

A calça custava 139,90 e também aproveitei para brincar com esse coletão de pelos do mesmo valor. Winter is coming.

replay-cea-hojevouassimoff-6

Pena que a luz não ajudou a fotografar a calça, mas era de um tom índigo bem escuro. Aí provei a camiseta jeans, que tem um corte e lavagem interessantes, com mangas e shape mais sequinho. Custava também 139 reais.

replay-cea-hojevouassimoff-3

replay-cea-hojevouassimoff-7

Aí parti pra jaqueta de material sintético brilhoso e achei a proposta interessante também até ver o preço: 299 reais! TREZENTOS REAIS, minha gente!

Minha mãe amou a jaqueta, estava quase levando até conferir o preço. Cru-zes! Quase dei uns tapas nela estilo Batman no Robin. Mãe, sua loka.

replay-cea-hojevouassimoff

Não é a jaqueta mais linda da vida, apesar de ser bacaninha, com forro interno com parte em algodão e poliéster, mas trezentão assim, de bobeira, não tá rolando não. Não tá tendo banalização dos 100 reais, nem dos 200, a coisa agora já está chegando nos R$300,00, acudam!

A calça bootcut tinha a mesma problemática da calça de cima, não vestiu bem mesmo. Ah, e custava também R$139,90.

replay-cea-hojevouassimoff-2

Sorriso amarelo pra esse preço.

replay-cea-hojevouassimoff-5

replay-cea-hojevouassimoff-4

A jaqueta PU é mais clássica, não gosto desse modelo e muito menos do preço, trezentos reais também. As t-shirts da coleção então…são piores que as da coleção normal da C&A e ainda custam R$59,90: tecido ruim, finas, estampas sem graça e banais.

replay-cea-hojevouassimoff-10

replay-cea-hojevouassimoff-9

Assim, gente…nem perdi o tempo provando tudo, não rola. Não rola encher o armário com mais calça jeans na doce ilusão que ter um de cada cor e cada modelo significa variar os looks; não rola gastar assim, de bobeira, tanto dinheiro em algo que não tem essa qualidade toda aí que estão falando da grife original.

Quer mesmo comprar um jeans bom, de qualidade, com preço justo? Aqui no Rio vá na fábrica da Indistripe, já dei todo o roteiro aqui. E, o melhor de tudo, sempre, é fazer a ronda em brechós, sem gerar demanda e comprando coisa phyna por algumas módicas pratinhas. =)

  • 23 Amaram
18 maio 2016

salao-livro-guarulhos
foto: Miriam Vargas

Eike literárias! O workshop Desconstrua a moda e construa seu estilo vai em versão Oficina de moda para o 5ª Salão do Livro de Guarulhos!

Entre os dias 16 e 25 de maio, a cidade de Guarulhos promove um dos maiores eventos literários da Grande São Paulo, que neste ano, acontece no Adamastor Centro [Av. Monteiro Lobato, 734. Macedo]. Nesta edição, o Salão do Livro faz uma justa homenagem aos autores João Guimarães Rosa, Manoel de Barros, Carolina Maria de Jesus e Eva Furnari, nomes renomados da literatura brasileira.

Eu e Ly Takai, profissional de fashion marketing que é minha sócia no projeto, estaremos no mesmo evento que Laerte, Jéssica e Ariane do Indiretas do bem, Karina Buhr, Lázaro Ramos, entre tantos outros nomes incríveis de diversas áreas. É ou não é pra ficarmos honradas? =)

A nossa oficina vai abordar a desconstrução de todo o conceito de moda e padrões que chiparam nas nossas cabeças, regrinhas de pode/não pode, deixar pra lá tendências mil do momento que convencionalmente as revistas e blogs pregam para agarrar com força seus projetos e desejos para construir seu próprio estilo!

Sem amarras, sem baixo astral, trabalhando as nossas inseguranças com referências, exercícios práticos e troca de informações! Quebraremos esse paradigma porque seu maior amigo ainda é o espelho e o bom senso. Não existem mais regras.

A oficina é gratuita e vai rolar das 19h às 20h30, no sábado, dia 21 de maio, no Auditório Eva Furnari. Vão lá pra gente se ver e trocarmos ideias <3!

5º Salão do Livro de Guarulhos

De 16 a 25 de maio de 2016
Segunda a sexta, das 9 às 22h
Sábado e domingo, das 10 às 22h

Centro Municipal de Educação Adamastor
Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo
Guarulhos/SP

  • 6 Amaram
17 maio 2016

Antes de qualquer linha a ser escrita aqui, preciso esclarecer que não estou nem perto de ser uma Thais Godinho para entender e indicar alguma coisa de organização, pelo contrário: como boa desorganizada que sou, eu tento criar métodos para não me atrasar mais em compromissos. Sim, eu acho péssimo fazer o outro esperar – muitas vezes faço tanta coisa que não dou conta dos horários, mas até nisso eu preciso melhorar pra caramba.

Eu comi muito nos últimos meses, engordei, voltei a fazer exercício só agora, mas estou investigando umas mudanças hormonais e, com isso, minhas partes de baixo estão apertadas. Aí, o que acontecia: eu me planejava com antecedência, pensava numa produção, aí deixava pra prová-la perto da hora de sair, passava, e quando colocava…ficava meio justa. Volta pro armário correndo, pensando num plano B que dê certo em menos de 30 segundos, que não dê trabalho pra passar…aí ou eu me atrasava ou saía de casa com uma roupa que não tinha nada a ver pro que eu queria.

Fora a correria: numa semana, por ex., eu fiz três viagens, dei aula, atendi, fui a reunião. O cansaço provocado pela rotina e a total falta de tempo estava me deixando de mal com o espelho, já que pra me arrumar eu tinha apenas 5 nanosegundos livres.

bps-hojevouassimoff-16
Eu, num trabalho ano passado, com um look curinga que eu já repeti outras 500 vezes para evitar atrasos.

O problema quando você não se planeja inclusive no seu vestir é que o estresse provocado pela correria pode te limitar em possibilidades no seu guarda-roupa, tornar suas produções monótonas, sem detalhes e cores e, principalmente, afeta a sua autoestima.

Essa necessidade de tentar ser menos caótica veio de uma sobrecarga de trabalho nos últimos tempos. Toda vez que eu viajava, enfiava roupa preta na mala, ia palestrar me sentindo mal com a produção, atendia a cliente de consultoria com blusa manchada porque, com o cansaço, tinha guardado embolada com outra, aí depois eu via que tinha sujado de batom e era pra ter separado pra lavar.

Com várias frentes de trabalho, ou eu me organizava ou eu surtava. Por isso separei nesse post algumas estratégias que eu venho adotado (eu, Ana, pessoa que desconhece métodos de organização nível avançado, hahaha):

1) Desentulhe seu armário e organize

Não tem coisa mais clichê que isso, mas é o básico do básico: não tem como se achar no meio do caos. Digo isso por conta própria, quando desentulhei o armário, liberei espaço para visualizar tudo o que eu tinha e perceber o que havia sido usado uma vez em mil anos. Se eu não usei até hoje, mesmo custando dindin, não valia a pena ficar ali, atravancando, não é?

revitalizar

A gente têm um apego que não faz sentido quando socamos novidades a cada semana pra dentro do armário, principalmente por acreditarmos que armário cheio é sinônimo de possibilidades. Não é! Se eu já estou cansada, fico mais confusa ainda com mil opções. Saia roxa ou calça laranja? Blusa de babados ou jaqueta neon? No final eu sinto uma preguiça infinita de raciocinar produções diferentes e vou pro basicão.

O Vida Organizada tem um post ótimo para nos guiar: destralhe seu guarda-roupa por categorias. Assim nos organizamos por tipos de roupas um pouquinho a cada dia e em algum tempo o armário estará organizado por igual!

Outra coisa que fez uma super diferença para eu me localizar foi separar meu armário por categorias, assim, localizo até no escuro o que eu preciso, sem perder tempo procurando:

– uma parte só de camisas, organizadas por cores, das claras às escuras
– outra só de casacos, blazers, jaquetas, também organizadas por cores
– um nicho só de saias
– uma gaveta só de blusas coloridas
– mais uma, só de blusas pretas e brancas

Nesses posts eu compartilho como tenho organizado cintos, blusas em gavetas/caixas e uniformizando cabides, que facilitaram demais minha vida!

gaveta-dobras
Foto da gaveta de uma cliente: depois dobrei igual igual e agora acho minhas blusas em segundos!

2) Separe um dia para testar opções e se fotografar

Ao invés de passear no shopping e conferir as novidades, eu abria o armário para testar novas coordenações com o que eu já tenho. Elegia uma peça-chave ou me desafiava a montar look com algo que estava há séculos sem uso, por exemplo. Me movimento pela casa com a roupa, sento, simulo um dia com ela para ver se a saia não é daquelas que fica rodando (hahaha quem nunca?) ou se a calça não vai pegar na barriga quando eu sentar.

Fotografo todas as ideias e separo em pastas no celular: trabalho, palestra, aulas, para atender clientes.

PicFrame(8)

Com isso você testa aquela roupa e evita desconforto no dia que usá-la, ou se olhar no espelho e odiar o look no meio do expediente.

3) Tenha uma pasta no Pinterest para se inspirar

Quando estou sem ideias eu recorro ao Pinterest. Digito, por exemplo, calça vinho ou marsala pants e separo as opções que têm a ver com o que eu já tenho no armário, para eu testar depois na prática.


4) Separe duas opções de looks no dia anterior ao compromisso

Essa nunca funcionou muito bem pra mim, mas comecei a adotar depois que eu percebi que odiava me arrumar pela manhã ou, como boa procrastinadora que eu sou, deixava para pensar sobre isso no último minuto antes de sair.

look-dia-anterior

Dou uma olhada na previsão do tempo para evitar sustos e penso sobre o compromisso que tenho no dia seguinte. Aí deixo estrategicamente duas opções de looks para, caso eu pegue birra daquele na hora, hahaha, eu tenho uma outra carta na manga. 😉

5) Tenha looks-chave para viagens, eventos e reuniões

Eu tenho um problema sério com looks de eventos ou palestras: sempre fico insegura, como sou fotografada muitas vezes de ângulos variados eu tento ficar o mais alongada possível e com roupas confortáveis.

roupa-workshop-1

Duas peças que já viraram minhas curingas para workshops e palestras são esse vestido preto Espaço Fashion e esse macacão de um ombro só alfaiataria da Andrea Marques que me deixam sempre apropriada e elegante. Já sei que são itens que funcionam, que cumprem seu papel e não têm erro! Aí jogo na mala sem medo e nem perco tempo pensando muito. :)

Como ambos são de cores sóbrias – preto e cinza – eu sempre coloco pontos de luz e cor com brincos, acessórios, esmalte e batom!

6) Deixe seus acessórios à mão

Eu já falei de organização lá em cima, mas volto a repetir sobre os acessórios! É muito fácil jogar colares e brincos na caixa do limbo e esquecer seu uso no dia a dia, quando na verdade são eles que mudam o tom das produções em poucos segundos. O mesmo vale para sapatos e lenços!

cabides-salva-colar
Cabides organizadores de colar: dica da Dani!

7) Não tem tempo? Vá simples com uma terceira peça bacana.

Se atrapalhou, não tem tempo de pensar muito? Escolhe um look básico, tipo um top bacana e uma calça jeans ou alfaiataria e manda ver uma terceira peça, de preferência uma que deixe tudo mais elegante, como um blazer, por exemplo. Pronto! Em segundos você já está perfeita para várias ocasiões e nem precisou se atrasar. :)

blazer-amarelo-6
Na dúvida eu sempre vou basicona e mando por cima uma terceira peça de material bacana, como esse blazer de seda Andrea marques comprado em bazar

8) Faça uma revisão das roupas semanalmente

Nós, os desorganizados, temos propensão a sair embolando tudo depois que usamos em cadeiras ou pufes. No final da semana eu me obrigo a revisar a bagunça, separando o que precisa lavar, ir pra lavanderia e o que ainda rola usar mais uma vez.

Isso evita também que manchas passem desapercebidas ou botões por pregar e que, quando eu queira usar determinada peça, ela já esteja na minha respectiva gaveta e limpinha. =)

Alguém aí tem mais dicas para quem é desorganizado tentar botar alguma ordem no seu vestir? :)

  • 37 Amaram
13 maio 2016

Há alguns meses eu tenho sentido um bloqueio absurdo pra me vestir. Na verdade um desânimo pra tudo: para me maquiar, escolher a roupa do dia, passá-la e prová-la. Eu estava numa negação absurda, achando o resultado final péssimo, levando horas e horas pra escolher algo – quando na verdade eu sou bem prática! – e, principalmente, julgando e odiando tudo.

Ainda vou desenrolar sobre o assunto, mas fato é que no último mês eu voltei a fazer as pazes com o espelho e, principalmente, a me cobrar menos. Para que essa necessidade de estar incrível e perfeita sempre? Então aos poucos fui respirando fundo e tirando da lista enorme de tarefas do meu dia “ter que me vestir incrível”. Entrou o “faça o seu melhor hoje e tudo bem”. São apenas roupas.

Esse look foi fotografado exclusivamente para uma publicidade no instagram, mas acabei me surpreendendo com o resultado final e quis postar aqui: foi bem simples de pensar e impactou tanto no meu dia! Fiquei me sentindo bem com ele e pensando o quanto a simplicidade ajuda nessas horas.

E, percebam: de simples, simples, ele não tem nada. Mas na minha cabeça foi fácil pensar em algo mais pro monocromático, com mistura de texturas entre o resinado do pu da blusa e o linho da calça, acessorizar com um brincão e pronto, esse foi o sentido de simples que eu quis dizer. Podemos ser espetaculares sendo apenas nós mesmas, é isso.

vinho-hojevouassimoff-4

vinho-hojevouassimoff-5

vinho-hojevouassimoff-2

vinho-hojevouassimoff

Blusa e calça Jardin que recebi da marca
Acessórios Luiza Dias 111
Sandália Via Mia antiga – 56,00

fotos: Paulo

Fica o exercício para os próximos dias difíceis: não tente ser quem você não é. Respire fundo e se perceba <3

  • 24 Amaram
Página 2 de 82612345