12 dez 2014

É engraçado como meu olhar sobre o outro com o meu trabalho se desassocia de gostos pessoais e vai para uma direção de encontro com as expectativas de quem está ali, na minha frente, com a mente aberta para novas ideias. Eu digo engraçado porque tudo flui naturalmente, mas é curioso perceber esse exercício sobre nós mesmas: sabe quando alguém vem e dá a ideia de algo tão óbvio, quase te abocanhando de tão próximo?

É assim às vezes com alguns sapatos e roupas e eu amo quando rola uma troca rica de ideias nos comentários, porque me ajuda a definir algumas coisas que parecem simples, como por exemplo aquela botinha roxa que vocês me ajudaram a montar looks e a fazê-la render um bocado! :)

Vasculhando meu armário em busca de peças que eu não uso mais para abrir mais espaço e vender na próxima lojinha do Enjoei e doar, eu reencontrei esse oxford que comprei há dois ou três anos na Mr Cat, de uma coleção assinada com a Neon, da Rita Comparato e Dudu Bertholini!

Eu e meus sapatos exóticos, gente…hihihih! Teve uma época que andei obcecada por esse modelo de sapato!

ajuda-sapato

Nesse dia eu fui atrás do meu scarpin de peixe da Neon que estava na liqui por 50 reais e avistei esse, na promo por 99,00. Na época eu só pensava na vantagem de levar algo na promoção e pronto. Achei a peça diferente, um oxford peep toe aberto atrás, que incrível e tals…e adivinhem? Só saí com ele uma vez.

Eu gosto dele, acho estiloso, usaria sem problemas, a questão é que não sei porque não consigo parar e pensar em produções com esse cara! As que tentei não amei, aí troquei o sapato e foi mais fácil assim. Só que daqui a pouco ele pode se desintegrar por falta de uso e não adiantou nada guardá-lo!

Acho que vou pesquisar essa onda da volta das papetes, dessas sandálias mais grosseironas e me inspirar, mas como estou querendo ampliar o leque, eu proponho a vocês: me ajudem a montar looks com esse sapatinho?

As ideias mais legais eu vou colocar pra votação aqui no blog, que nem na bota roxa! Foi tão divertido! :) E a ganhadora vai levar mimos, cla-ro!

Podem mandar sugestões pelos comentários, por email (contato@hojevouassimoff.com.br) ou instagram, enfim: quero decidir se fica ou se ele vai! AJUDA LUCIANO hahahahahaha

  • 15 Amaram
12 dez 2014

Hoje o post tem uma convidada! A Bia vira e mexe comenta aqui no blog, um dia cliquei no seu link, descobri o seu blog , achei ela uma fofa e vi que tínhamos muito em comum! :)

Olá, leitores do Hoje vou assim OFF! Aqui quem fala é a Bia, do blog Bia Yzawa. Recebi um convite da Ana para mostrar aqui uma postagem que fiz sobre minhas compras na Benedito Calixto, São Paulo.

capa-look-do-dia-biayzawa-preto-e-amarelo

A intenção é mostrar minha procura por peças artesanais. Em meio a tanta loja fast fashion, por vezes nos esquecemos de valorizar um produto feito pelas próprias mãos do artesão que mora aqui ao lado: com design único, formulado com criatividade e executado com muito carinho.

Comprar um item artesanal pode sair pelo mesmo preço que uma peça fabricada em larga escala de uma grande empresa com caráter fast fashion.  O colar que adquiri foi bem mais barato do que aquele fabricado na China e revendido numa loja popular. E o que isso significa?
Consumir peças daqui, feitos por artesãos locais, valoriza o comércio da nossa cidade; o slow fashion; o emprego regulamentado; sem contar que estimula o próprio artesão a produzir cada vez mais peças únicas e cheias de originalidade.

E continuando nosso papo aqui, sobre consumo, tô achando que consumir em fast fashion é mais pela comodidade. Tanto por ser fácil de achar (tem em todo lugar) e por ser fácil de escolher (não tem vendedoras enchendo o saco). O preço está ficando bem alto a cada dia, então nem é mais o primeiro fator da nossa escolha.

Também pode ser um costume. Eu sempre comprei em fast fashion, então acabou virando um hábito. Mas com certeza quero mudar isso: consumir 100% consciente – não só pensar na peça e no meu guarda-roupa, mas também pensar na consequência, na empresa que fabricou e no que isso acarreta ao meio ambiente.

Feira da Praça Benedito Calixto, em SP, ocorre todo sábado, das 9h às 19h. Essa feira tem uma mistura de antiquário, brechó, artesanato e comidinhas. Lá é possível garimpar diversas peças vintage, tal como armações de óculos, jóias, móveis, câmeras e vitrolas. A feira oferece também estatuetas artesanais em madeira, calçados e bolsas em couro, quadros artísticos, pôsteres e bijuterias.

No entorno há algumas galerias. Elas oferecem diversos itens artesanais, tal como roupas, sapatos, acessórios, sabonetes e peças decorativas. Acredito que nessas galerias cerca de 90% dos itens são produzidos pelas próprias mãos dos artesãos locais.

Nos últimos dois finais de semana estive por lá por dois motivos. 1) gosto dos itens únicos e com design diferente que encontro por lá, e 2) senti a necessidade de incluir no meu guarda-roupa mais peças artesanais, que valorizam a cultura e o comércio da minha própria terra.

Galeria “Como Assim”
Endereço: Praça Benedito Calixto, 158.

biayzawa-benedito-calixto-o-que-comprar-artesanal-moda

1. SHORTS FLORAL

Essa foi uma peça ma-ra-vi-lho-sa que comprei e já usei duas vezes, haha! Achei essa estampa linda, fundo amarelo com flores em pink e vermelho, bem alegre e feminina. O tecido é viscose, muito leve e confortável.
Comprei no tamanho M. Preço: R$ 69,00.

benedito-calixto-sao-paulo-biayzawa-04

2. VESTIDO

Estampa que mistura as cores laranja e azul marinho: adoooro!
Comprei no tamanho P. Preço: R$ 75,00.

benedito-calixto-sao-paulo-biayzawa-1

3. COLAR

Mistura de tecido estampado com metal. Preço: R$ 15,00.

benedito-calixto-sao-paulo-06

5. SANDÁLIAS

Não são lindas? Tinham opções em preto, bege, marrom, pink, vermelho e esse azul turquesa. A minha escolha foi a vermelha, achei o design dela bem interessante. A sandália azul turquesa foi escolha da minha mãe, em outro modelo. Como usamos quase o mesmo número, acho que dá para pegar emprestado, haha!

Preço: R$ 59,00 (ou R$59,90). Lojinha: Nathis Shoes.

benedito-calixto-sao-paulo-07

Essas foram as comprinhas. Algo que me deixa muito feliz é ver a expressão de alegria dos vendedores, dizendo com satisfação que foram eles quem fizeram os produtos. Acho isso maravilhoso.

A Bia comprou outros itens, para ver o post completo é só clicar aqui. Obrigada pela mensagem e post incríveis, Bia! :)

  • 19 Amaram
11 dez 2014

Nesse bazar que eu fui da estilista Andrea Marques conheci duas moças super estilosas que também estavam garimpando bons achados e acabávamos trocando impressões sobre qual peça vestiu melhor, qual seria uma curinga no armário, se era melhor a lisa ou estampada…papo vai, papo vem, depois de hoooooras, sentamos, tomamos uma cerveja e criamos nosso grupinho no whatsapp só de bazares! hahaha

Uma delas, a Bruna, se declarou leitora do blog (nhó!!) e estava com uma roupa que eu amei: uma t-shirt cinza, a calça preta de alfaiataria curtinha que eu tenho do Francisco Costa para C&A, um lenço no lugar do cinto e uma alpargatas bapho toda telada. Fiquei com esse look lindo na cabeça e como eu já tinha os elementos criei a minha versão, com chinelas bacanudas, rs! :) Ok, ficou mais pra fotocópia mesmo, hahaha, mas eu precisava reproduzir de tão gamada nele que eu fiquei :)

calça alfaiataria curta preta, lenço vermelho, azul escuro e claro e amarelo na cintura, sandália tipo chinelo vermelho, camiseta cinza e brincos triângulo de madeira com detalhes azuis

calca-lenco

calca-lenco-4

calca-lenco-3

calca-lenco-2

T-shirt Zara no Enjoei – 22,00
Calça Francisco Costa para C&A – 189,90
Lenço de seda Richards – 86,00
Sandália Comparsaria – 139,00
Bolsa Adô – 200 e poucos no Black Friday
Brincos ErikaZ no O Cluster – 30,00

fotos: Renata Freire

Achei um look tãoooooo delicioso! Despretensioso, com detalhes nos acessórios que deixam ele muito mais interessante, porque a base em si é simples: preto e cinza! Às vezes esquecemos nossos lenços e brincos por aí e não imaginamos o poder de transformação deles! :)

E a bolsa eu esperei por um ano pra arrematar a versão caramelo na Black Friday! Como a minha preta é a bolsa que eu mais usei desde 2013, queria muito a sua versão num tom mais clarinho e, ó, já to usando essa diariamente, hahaha!

  • 23 Amaram
10 dez 2014

Sei que pode gerar controvérsias, mas o título faz jus ao meu sentimento: o look que mostro hoje é com a peça que eu considero a mais linda, deslumbrante, maravilhosa, deusa, etc etc do meu armário!

Nunca na minha vida eu pensei que vestiria algo com um caimento tão lindo, que me deixasse com vontade de beijar o espelho (hahaha) de tanto amor. Nunca tive nenhuma facilidade, mesada, viagens de férias, brinquedos da moda. Sempre fiquei satisfeita com o que os meus pais podiam me dar, pois eu sabia que era muito difícil pra eles. Cresci, comecei a trabalhar e eu percebia o abismo que existia entre a menina que cresceu e viveu na zona norte para quem fazia questão de arrotar sua superioridade o tempo todo.

Nada como ter a humildade de aprender, viver novas experiências, se abrir para o novo, trabalhar, trabalhar e trabalhar. Economizando eu pude viajar pra muitos lugares, pude fazer alguns cursos que desejei, me dar ao luxo de arriscar uma mudança de profissão para ser mais feliz, ajudar quem precisa e, principalmente, encontrar meu estilo e externar em formas, cores e brilhos a Ana que sempre esteve aqui dentro.

E é com muita alegria que eu digo pra vocês: se eu consigo, vocês também conseguem! Super clichezão, mas é a pura verdade: mudando meus hábitos de consumo e só mantendo os de ser paciente para garimpar e o olhar treinado, eu galguei um estilo que desenhei há 2 anos, parei de comprar por impulso (eu pegava as roupas das araras sem nem provar e sequer olhar direito pra elas!) e direcionei melhor o que seria importante como base para me vestir! E o melhor: eu me sinto merecedora.

É engraçado porque até pouco tempo eu demorava pra entender que eu poderia ter o que quisesse, com algumas ressalvas, rs, e planejamento. Demorou pra cair a ficha, custei a aceitar!

Foi assim que me senti quando vesti esse macacão no bazar da Andrea Marques, uma estilista admirada por seus acabamentos e modelagens primorosos. Eu o vesti e me senti tão maravilhosa que mal pude acreditar que eu estava tendo acesso a uma roupa nesse nível. E o melhor: eu poderia pagar sim por isso e só me bastar nela!

Ficou meio Lua de Cristal esse post HAHAHAHA, mas achei importante para motivar quem se diminui (sem saber!) e não se acha merecedora do melhor: não precisa ser camisa de seda, mas talvez aquela viagem dos sonhos, o curso almejado, o reencontro adiado. <3

macacao-andrea-marques-2

macacao-andrea-marques-6

macacao-andrea-marques

macacao-andrea-marques-5

macacão de um ombro só cinza alfaiataria, carteira creme e preta, scarpin dourado, brincos prata

macacao-andrea-marques-3

Macacão Andrea Marques no bazar da marca – 250,00
Carteira Renner – 119,00
Brincos Lita Raies para Ana Soares à venda no site!
Scarpin Santa Lolla – 99,00
Anel Lita Raies

fotos: Renata Freire

Não é uma belezura esse ombro? E esse corte alfaiataria? A cor é simples, lisa, mas a modelagem se basta, sem dúvida. E os brincos da coleção ficaram perfeitos com ele <3

Estou apaixonada e preciso dizer que essa é a nova peça que eu salvaria de um incêndio: aquela que vai do casamento ao evento, do almoço gostoso de domingo à qualquer outra situação em que eu queira me sentir mais linda e feliz. :)

  • 73 Amaram
Página 2 de 73712345