Um pulinho em Praga

Se eu tenho um defeito nessa vida, o maior é certamente não pensar em mim.

Desde nova entendi que meu sustento e necessidades seriam supridos trabalhando. Quando planejei uma guinada e minha mudança de área profissional, arregacei as mangas com toda a força do mundo para que tudo que eu queria se realizasse.

2016 foi o ano da colheita. Trabalhei em projetos maravilhosos, desde desenvolvimento de uniformes para um supermercado carioca a palestras em eventos de moda. Foi recompensador, mas a intensidade com que abracei e priorizei tudo, me levaram a um siricutico de cansaço, hahaha! Não pode, Ana Carolina, não dá pra ser assim, haha!

Para planejar o futuro, é necessário olhar pra trás e observar cada passo do trajeto. Que a alma também pede alento. Que não dá pra ser tudo assim, tão vigoroso.

E para esse momento necessário de encontro comigo mesma, comunico que hoje farei uma viagem que eu ansiava há anos: vou conhecer Praga!

cropped-praga-b399a1

Os avós do meu marido vieram da antiga Tchecoslováquia para fugir da II Guerra Mundial – a avó dele, na verdade, é de Viena, na Áustria, onde passaremos um dia. Achei inspirador visitarmos a terra deles, além de ouvir de tantos amigos das belezas de Praga na agora República Tcheca.

Vai ser importante para descansar, me reconectar e me inspirar. Novos ares, outra paisagem!

Depositem aqui todas as dicas, inclusive gastronômicas e cervejeiras, de Praga, Pilsen e Viena!

Dia 12 estou de volta, mas continuem por aqui que o blog não parará e vou postar certamente no instagram e stories, hehe!  E é claro que vai render posts mais inspiradores no meu retorno. 🙂 Vem, Praguinha, vem!

Beijos e mais beijos

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Bazares de final de ano

Nessa época costumam pipocar bazares de marcas já visando escoar o estoque do ano e garantir algumas vendas. Vou divulgar aqui e nas redes sociais as que eu souber, mas se você avistar alguma na sua cidade, manda pra cá! Pode ser através do inbox do facebook ou do instagram, ou ainda pelo email contato@hojevouassimoff.com.br 🙂

O primeiro é o já tradicional bazar anual da estilista Andrea Marques, aqui no Rio de Janeiro. Já fui em dois bazares dela e os preços ainda são um pouco mais salgadinhos, por isso nesse vale a pena pensar em itens que você vá usar muito, como calças, blazers e camisas. Ano passado as calças custavam em média 140, 190 reais e já comprei um macacão por 250 reais (meu preferido da vida!).

O caimento e qualidade são excelentes, são itens atemporais e com tecidos naturais. Vale muito a ida! Aceitam dinheiro e cheque, inclusive parcelamentos.

O segundo foi dica da Sheila Maltez, e é o bazar de fábrica da Maria Filó, que antes acontecia apenas para convidados dos funcionários e, segundo ela, agora abre para público. Eu já fui e não curti muito a bagunça e espaço reduzido, nem a qualidade do que vi – e não pode tirar a roupa pra provar. Já está rolando tem um tempinho, mas fica a dica, com valores, para quem quiser dar um confere, olha o depoimento dela:

“Olá, Ana! Tudo bom? Passando para compartilhar uma informação que acabo de descobrir e como não vi nenhum post seu comentando, acredito que vá gostar. A Maria filó agora abre pro público a famosa feirinha de fábrica. Não é mais preciso ser convidado para ir. Também não é mais realizada na fábrica, pelo menos essa edição da feirinha. Eles estão com um galpão na rua Bonfim próximo à rua Bela.

Só entram 40 mulhers por vez e o tempo limite, que já soube que não é respeitado, pois além de não ter como controlar é impossível para quem está indo garimpar fazer tudo em 1h com tantas peças para analisar. Portanto, não faço ideia como está sendo a demora na espera para quem chega depois das 10:30h.

Preços da feirinha: vestidos 70 reais, bermudas e saias 45 reais e jaqueta e casacos 90 reais”.
Feirinha da MARIA FILÓ
Endereço: Rua Bonfim 305, São Cristóvão/RJ.
Quando: vai até dia 05/12, de 10:30 até 16h.

Em Sampa, vai acontecer nos dias 3 e 4 de dezembro mais uma edição do incrível Pop Plus Bazar! Voltado exclusivamente para tamanhos maiores, sob curadoria preciosa da jornalista Flavia Durante, serão 50 expositores de moda, acessórios e gastronomia, além de brechó de blogueiras, exposição e apresentações artísticas. \o/

Uma foto publicada por Pop Plus (@popplusbr) em

15º Pop Plus – 4 anos!
Data: 3 e 4 de dezembro (sábado e domingo)
Horário: 12h às 21h
Local: Club Homs (Salão Nobre)
Endereço: Av Paulista, 735 – Jardim Paulista – São Paulo/SP (próximo ao Metrô Brigadeiro)

Confirme presença no evento http://bit.ly/15popplus // Siga o Instagram e Twitter @popplusbr // Curta a fanpage www.fb.com/popplusbr // Acesse o site www.popplusbr.com

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Jaqueta de brechó e saia midi

Este look define meu novo vício combinatório do armário: jaqueta jeans largona (bem pegada anos 80) + blusa de alcinha roxa + tênis.  Aí eu pego qualquer outra saia estampadona que eu tenha e misturo com essas peças aí. Sim, podemos classificar essa proposta também como preguiça, mas eu prefiro chamar de estilo que dá certo e por isso eu repito, hehe!

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off

A ideia, pasmem, surgiu a partir dessa jaqueta jeans. Pegamos ela pra uma produção, veio de brechó, custou 15 mangos no máximo. Vesti, ficou larguinha, mas gostei mesmo assim. Aí eu inventei que queria muito montar algo descoladinho com ela: peguei essa saia, saquei as cores, olhei pra minha blusinha roxa que eu quase não consigo usar (não sou muito fã de alças fininhas assim) e percebi que o tom casava com a estampa da saia. Deu match!

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-5

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-4

Jaqueta Damyller garimpada em brechó – 15,00
Blusa Espaço Fashion e saia Karamello que ganhei das marcas
Brincos Dona May Acessórios – ganhei da marca, mas custava 40,00
Bolsa O grito – cento e poucos
Tênis sem marca da loja do bairro – 79,00
Óculos Livo – 350,00

fotos: Denise Ricardo

Eu gostei de chegar num estilo mais urbano e menos boneca fofa de saia midi – penso que ficaria também uma graça com um blazer branco e um salto alto, mas estou nesse momento mais desconectado, brincando com volumes e proporções.

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-2

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-3

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-6

saia-mostarda-hoje-vou-assim-off-7

Um detalhe importante: eu gosto muito da produção com a jaqueta, sem ela já não acho tão charmosa. Ou seja, aproveitei muito o tempo mais fresquinho fora de época que fez nas últimas semanas. 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Projeto Gaveta: troca de roupas no RJ!

Vai rolar no dia 3/12, no espaço da MALHA, aqui no Rio de Janeiro, o primeiro evento de trocas da cidade. Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino, do Projeto Gaveta, estarão até dia 30/11, quarta-feira, recolhendo e fazendo a curadoria das peças para quem quiser participar!

O projeto surgiu a partir do conceito de clothing swap, criando uma rede onde os participantes pudessem trocar, entre si, roupas que não usam mais, e as meninas sentiram a necessidade de transformá-lo num movimento, para que mais pessoas pudessem participar e se conscientizar da imporância de não gerar tanta demanda da indústria, consequentemente reduzindo a quantidade de lixo gerada, resíduos industriais e roupas para descarte.

flyer-projeto-gaveta

Infelizmente eu só descobri o evento em cima da hora, mas vale ainda a dica: elas recolherão as peças até o dia 30/11 ou até antingirem 100 participantes. A curadoria terá critérios como o estado geral das peças, para que o evento seja realmente bacana, e o que não for aprovado será doado para a Associação A Minha Casa.

Esse ano eu participei de uma feira de trocas em SP a convite do Trocaria e foi uma energia incrível! Para quem quiser conferir, basta ler esse post aqui em que eu contei mais da experiência.

COMO PARTICIPAR

projeto-gaveta-malha

Colei aqui o passo a passo que está no evento deles no facebook para quem quiser participar:

“1 – Vá ao seu armário e separe até 30 peças que não usa mais. E não tenha medo de desapegar. Por melhor que seja a roupa, se ela estiver parada, mande-a para nós. Lembre-se de que haverá outras roupas lindas te esperando no evento!

2 – Quando estiver com tudo separado, identifique as suas sacolas com NOME COMPLETO, TELEFONE e E-MAIL. Aí, é só entregar as sacolas em um dos seguintes endereços:

– Malha (Rua General Bruce, 274, São Cristovão), aos cuidados de Luciana, de segunda, terça e quarta das 15h as 20h e quinta e sexta das 11h as 16h.
– Loja Malha Shopping Rio Design da Barra (Avenida das Américas, 7777, Barra da Tijuca), aos cuidados de André, de segunda a sábado das 10h as 22h e domingos e feriados das 15h as 21h.

3 – As peças passarão por uma avaliação da nossa equipe, e apenas aquelas com potencial de troca serão selecionadas. Caso você entregue no Malha de São Cristovão, você terá a opção de acompanhar ou não essa seleção (na loja do Rio Design o acompanhamento da seleção não será possível, lá será apenas entrega, daí pedimos que confiem em nossa seleção ♥). Os itens não selecionados serão doados para instituições de caridade e pessoas necessitadas. As peças serão acolhidas até o dia 30 de novembro – ou até atingirmos 100 participantes na rede de troca.

Caso você não possa deixar as roupas pessoalmente no horário programado, indicamos os Courrieros, que entregam encomendas por toda a cidade, de bike. Mas lembre-se de que, nesse caso, as peças não selecionadas irão diretamente para doação. Caso prefira a opção Courrieros, segue como funciona:
a ) Os pedidos devem ser encaminhados para o email rioentregas@courrieros.com.br até as 20:00 do dia anterior.

b ) No dia seguinte, em horário comercial, um ciclista passará para coletar as roupas no endereço solicitado e levará elas para a Malha (Rua General Bruce, 274)
c ) Os valores, em parceria com o Projeto Gaveta, se encontram a abaixo. Após solicitar, você poderá realizar o pagamento em dinheiro, depósito ou transferência :
3km ou menos – R$ 15,00
3km a 6km – R$ 18,00
6km a 10km – R$ 21,00
10km a 15km – R$24,00
15km a 20km – R$ 27,00

4 – Para as peças selecionadas você ganha um crédito de Moedas Gaveta.

Segue nossa tabela de equivalência de moedas:
Camiseta, camisa, shorts, saia, acessório: 1 moeda
Vestido, sapato, calça, bolsa: 2 moedas
Jaqueta ou casaco: 3 moedas
No momento da seleção você será informado do seu saldo de Moedas Gaveta e, posteriormente, receberá um e-mail de confirmação.

IMPORTANTE: No dia do evento, as trocas acontecerão em quatro “rodadas”, com horários pré-definidos. Agendaremos 4 grupos de 25 pessoas. Os grupos serão formados de acordo com a ordem de entrega das peças, ou seja, os primeiros a trazer peças serão os primeiros a entrar no local de troca. É importante frisar que ninguém será prejudicado, pois as peças serão repostas a cada entrada de um novo grupo, e sempre teremos coisas fresquinhas nas araras.
5 – Prontinho! Aí é só se programar e anotar na agenda o dia do evento, que acontecerá dia 3 de dezembro, no Malha”

No dia 3/12 ainda vão rolar workshops de customização de bijuterias, customização de peças jeans, upcycling com o Re-Roupa e oficina de amarração de turbantes! Alguns são gratuitos e outros custarão R$50 (o de bijus R$50 ou duas latas de leite em pó). Na página do evento tem todas as informações.

Para participar, basta enviar um email para projetogaveta@gmail.com

MOVIMENTO GAVETA NA MALHA
Sábado, 3, das 14h às 20h
MALHA: Rua General Bruce, 274, São Cristóvão
Mais informações na página do evento.

Separei também esse vídeo mostrando um pouco de uma das feiras realizadas pelo Gaveta.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: