O boteco do dia: amarelo ilumina

Não sei nem mensurar a alegria que é escrever este post durante uma atípica entressafra climática em pleno verão carioca: essas fotos são do...

Um basta às compras impulsivas

Festividades se aproximando eu só penso no quão repetitivos podemos nos tornar ao sairmos comprando roupas de supetão, em cima da hora, para tantos...

Uma nova tentativa

Há um tempinho eu ressuscitei o Comprei e nunca usei – tag antiga do blog, em que eu tentava usar alguma peça comprada por...

Básicos não tão básicos

Essas últimas semanas têm sido tão corridas de tempo – final de ano, sempre aquela loucura! – que eu tenho aderido mais e mais...

A moda que eu quero vestir

A Eu sempre gostei de roupas que contam histórias, desde bem nova. Lembro que, aos 10 anos, minha mãe me deu um vestido que...

Aceita que dói menos

Eu não sou do tipo que aceita fácil. Mora em mim uma revoltada latente. Não aceito a partida, não aceito a despedida, não aceito...

Ser ou não ser modesta, eis a questão

Eu estou num momento de não praticar a falsa modéstia, acredito que vocês perceberam. Momento topetuda meishmoooo, de me achar e me declarar incrível...

Uma mistura discreta de estampas

Quem já acompanha o blog há mais tempo, sacou (aliás, cansou de ler e ver aqui) que um dos meus recursos preferidos é usar...

Rodada roda

Eu gosto dessa palavra: rodada. Faço a ligação com o ser rodada a um tanto de coisa boa: vivida, experiente, livre, não levar desaforo...

Comprei e nunca usei: saia PB

Quem aí estava com saudade de um post Comprei e nunca usei? o/ Não virei a infalível das compras, mas as reduzi drasticamente, além...