Semana 10 anos: declaração inicial.

10 anos.

Ou, em bom carioquês, DÉIX ANOX.

Uau.

Nunca estive tanto tempo agarrada em algo. Nada, absolutamente nada, me manteve apaixonada assim por uma década.

O Hoje Vou Assim OFF não é apenas um projeto. Não é somente um blog. Não é um domínio nesse mundo www. Não é um palco para exibicionismos.

Sou eu aqui. Sou eu nesse mundo. São minhas ideias, meus pensamentos, meus desejos mais profundos, meu corpo, minha alma.

Um espaço virtual que me revelou pra eu mesma. Que trouxe reflexões tão profundas para mim. Que me permitiu melhorar como pessoa, aprendendo a ser mais paciente, tolerante, ouvinte.

Não foi apenas uma evolução de estilo, de roupas mais interessantes ou bem cortadas, saindo do baratinho, do achadinho, para uma projeção de conceitos mais elaborados sobre o que é moda e consumo. Sobre a importância dela para a vida da gente, essa vida mundana mesmo, não a dos eventos, apenas; a da mulher que virou mãe e não se reconhece mais ao ver suas roupas; da que emagreceu ou engordou e precisa enfrentar tantos estereótipos e julgamentos; da que trabalha muito, estuda demais, pega trem lotado, cuida de quem precisa, e, quando vê, não se viu mais.

Eu não sou eu, somente. Eu sou vocês. Vocês moram em mim. Residem minhas ideias, numa poética ocupação, uma desordem organizada.

Acordo vocês. Penso vocês. Crio vocês. Visto vocês.

Não conheço (todxs) vocês. Sei fragmentos que vocês escrevem. Que me contam ao pé do ouvido no abraço fraterno do encontro casual. Mas eu sei de vocês.

Após uma década, nosso diálogo é afinado. Sei perfeitamente o que agrada e desagrada a quem me acompanha. Sei o que gostam, o que esperam, o que buscam. Eu sei. É um relacionamento longo, profundo, bonito, verdadeiro. Sincero.

O blog sou eu, que são vocês, que somos nós. Não tem personagem, nem jogada de marketing, aqui é carne, osso, alma. Fibra.

O blog surgiu de brincadeira, mas que brincadeira avassaladora, viu. Que mudou minha vida ali, naquele 23 de abril de 2008. Que me fez entender, finalmente, meu papel no mundo. Minha missão de vida. Ressignificou meus valores e propósitos. Amadureceu minhas ideias. Me pôs em eterno conflito pessoal. Me fez questionar muita coisa, inclusive, também duvidar muitas vezes de mim mesma. Já deixei de dormir, de preocupação, descrente do que estava fazendo.

Nem tudo foram flores: já tive meus momentos com esse cantinho virtual. Já amei escrever pra cá, já odiei na mesma intensidade. Já me senti obrigada a escrever, já me senti leve. Já achei que estivesse fazendo tudo errado, paniquei. Já respirei, mais calma, ajustei aqui e ali, segui os rumos. Segui aqui dentro o que poderia ser mais importante para esse trabalho. Já olhei pro lado e me senti uma bosta, a pior blogueira, a que nunca era chamada pra nada. Já fui cortada de listas e mailings, já me senti estranha em eventos, deslocada de tudo, já me disseram que eu jamais prosperaria sendo tão crítica, já fui excluída, chamada de cópia, ja fui usada e ridicularizada.

Em contrapartida, fui em frente, não esmoreci. Toquei na ferida, disse verdades, fui leal com minha essência e com minha audiência. Enquanto todo mundo me falava pra virar blogueira, eu não só mantive o blog como criei, a partir dele, uma carreira, um nome acima do nome dele, Ana Soares. Formulei cursos por conta própria, fiz eventos sozinha, fotografava com a ajuda de um tripé, escrevia na madrugada, dei perdido em chefe, fotografava no meio da rua na hora do almoço entre um emprego e outro, trocava de roupa também no meio da rua, levava sacolas de roupas dentro do ônibus pra outra zona só para ter mais qualidade nas fotos, sacrificava finais de semana para produzir postagens, chegava de viagens e corria para a C&A para resenhar coleções, diagramava as postagens do celular para subir o assunto com rapidez, mobilizava amigos, marido, mãe, para conseguir fazer mais, atendia cliente de consultoria mas voltava correndo pra diagramar revistas de clientes, escrever conteúdo pago, me maquiar, fotografar sorrindo.

Fiz amigos pelo Brasil todo, fechei trabalhos importantes com marcas grandes, tive o privilégio de apoiar marcas menores, de ajudar, de apontar caminhos, de contribuir pra vida de tanta gente que nem sei, de me colocar nessa situação privilegiada de poder mudar de carreira e viver do que acredito, de ter turmas cheias dos meus cursos, de estar escrevendo um livro.

Não tinha como não ter alma aqui. Não é apenas um corpo sendo cabide de roupas: o sorriso escancarado, que estampa 99% dos looks daqui, denuncia o quanto eu amo tudo isso. Mesmo cansada, doente, não é sacrifício algum fazer o que faço. Eu me considero uma criatura privilegiadíssima. Não fiquei rica com o blog, não comprei casa, pelo contrário, hoje eu tenho 8 pessoas trabalhando comigo e cada curso gera capital para melhorarmos mais e mais a entrega das nossas ideias. Mas como eu sou grata por tudo que me tornei a partir dele.

Aí me liguei que não somos um canto. Somos uma grande comunidade de trocas de ideias e impressões não apenas sobre moda, mas sobre a vida da gente. Aqui é a minha sala de estar mais colorida, o meu boteco mais amado. Onde eu puxo a cadeira e convido vocês a sentarem comigo. Onde eu encho o copinho de cerveja pra gente brindar, enquanto a coxinha está fritando na cozinha. Onde eu pego na mão e digo “vem”. Onde vocês puxam meu braço e me asseguram “Vai, Ana, estamos com vocês”. E a gente se abraça.

Desculpa o palavrão: puta merda, que lindo. Não teve um dia, nesses 3.650 dias blogando e atuando nas redes sociais, que eu não acorde e não ache foda demais tudo isso que construímos, JUNTXS.

Vocês acompanharam uma brincadeira entre amigos, que virou um registro solitário na minha casa. Viram eu dar adeus aos meus entes mais amados. Acompanharam minha transição de carreira. Minhas vitórias. Minhas derrotas.

Com vocês eu não me sinto só. É clichê, mas é real: eu olho pra tela do computador e escrevo, solitária, há muito tempo. Cada comentário é um afago, cada encontro na rua é um combustível. Eu estou aqui, só, mas não me sinto só quando escrevo, porque eu sei que milhares de olhos vão me acompanhar e marejar comigo. Cada comentário relatando algo me ajuda a crescer. A reformular. A estudar. A me aperfeiçoar. A buscar mais excelência. A ampliar o horizonte. Olho no olho.

Gente como a gente.

Essa é a definição que eu mais ouço quanto blogueira, que sou essa mulher que se preocupa, se mantém firme no seu propósito, propósito este que norteou todo esse conteúdo há tanto tempo, os quase 1.000 looks postados.

Mas, sabem, não tem como não ser diferente disso. Essa gente como gente que vocês gostam tanto de me chamar. Não tem, sabem por que? Porque nós conseguimos, de alguma maneira muito linda e inspiradora, estarmos juntos, se apoiando, acreditando e sendo, nesse período todo.

Eu olho pra tela e vejo vocês. Me reconheço em vocês. Resisto e existo pra esse propósito.

Aos nossos 10 anos: meu mais profundo e emocionado, obrigada. Meu coração exposto pulsante. Minhas ideias mais loucas e acertadas. Obrigada! A comemoração é inteira NOSSA!

ana-soares-10-anos

Preparem-se para uma semana abarrotada de conteúdo comemorativo, com revival de looks antigos, curiosidades, equipe, agradecimentos, pensamentos, e muito mais. SIMBORA!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

29 comentários

  1. Bruna comentou:

    Redundante falar qualquer coisa depois do que tu escreveu! Essa é a lindeza de ser fiel a si mesma: transparece, perpassa…atinge as outras pessoas. É o que tu faz com primor. Obrigada pelo lindo trabalho, desejo de todo o coração vida longa ao blog, ao teu trabalho, as tuas ideias, e principalmente, ao conhecimento, este que sempre chega até nós com qualidade, senso crítico, contextualizado socialmente! GRATIDÃO!

  2. ana paula monteiro comentou:

    Já escrevi no Instagram, mas vou dar uma moral pro blog e escrever aqui também hahaha! Sou uma dessas pessoas que se sente tocada por você quase diariamente (já que suas postagens são quase diárias, #graçasaDeus). Você mudou minha vida também, a maneira como eu enxergo o consumo, o meu guarda-roupa…enfim, sinta-se mesmo uma Carrie Bradshaw escrevendo solitariamente, mas atingindo tantas pessoas do outro lado da tela! Já puxei minha cadeira aqui no boteco, já pedi uns petiscos e estou aguardando a semana comemorativa começar! Cheers!

  3. Thais Viegas comentou:

    Acompanhar teu trabalho é um respiro num mundo de blogueiras e que tais que se limitam a fazer elogios (usando os onipresentes e horrendos “mara”, “top” e “estou apaixonada”) sem conhecer a história por trás da roupa ou da coleção. Teu olhar é profissional e cauteloso, repleto de informações relevantes, que nos ajudam a fazer melhores escolhas de consumo. Um bálsamo! Vida longa ao Hoje Vou Assim Off e que nunca falte coragem e perseverança para a Ana!

  4. Parabéns pelos 10 anos e o presente nós ganhamos pela credibilidade e zelo no conteúdo que tens. Sucesso sempre, garota!

  5. Anne comentou:

    Que delícia comemorar essa semana! 10 anos é muita coisa! Eu não acompanho você há tanto tempo, mas já faz uns 5 anos pelo menos, e realmente, o jeito que vc aborda o assunto é totalmente diferente de outras blogueiras. Não desmerecendo o trabalho delas, mas você não fala só de tendências, do que está em alta, você fala de estilo mesmo, e por isso que eu gosto. Porque vindo aqui eu não vou ver moda de um jeito superficial e só sendo levada pela estética, eu vou ler sobre autoconhecimento e é nisso que eu acredito 🙂
    Parabéns!

  6. Luiza comentou:

    Ana, acompanho seu blog desde 2011. Nesse tempo casei, me firmei na carreira, tive bebê e fui amadurecendo junto com vc. Mestilo de vestir é muito diferente do seu, por isso não me inspiro nos seus looks (que são lindos e traduzem a tua essência). O importante é que gosto da sua maneira de ver a moda, as pessoas e que com vc aprendi a me arriscar mais, a me conhecer mais, a me questionar mais. Obrigada, Ana! Seu trabalho é lindo! Parabéns!

  7. Gabriela Iba comentou:

    Ana, que texto foda!! Dos 10 anos estou aqui há uns 7/8 e foi muito incrível acompanhar tua transformação pessoal, a transformação do blog enquanto eu mesma me transformava. Sinto que somos amigas que não se conhecem. Você é realmente a blogueira gente como a gente, e sinto mais um quentinho no coração porque tu é da ZN que nem eu hahahahaha você é incrível! Que venham mais 10, 20, 30 anos! ♥️

  8. Marcia Lo Fiego comentou:

    Aninha querida, agora vou comentar aqui! Fico muito feliz de te acompanhar há tanto tempo (não sei quanto), e ver a tua caminhada, o teu amadurecimento nas palavras e no estilo, o teu sucesso gradativo, você fez tudo no tempo certo, o tempo das coisas que a gente insiste em atropelar….muito orgulho de você nos representar tão bem!!!
    Você está linda nessa foto, com esse sorrisão feliz!!! Parabéns e que venham mais 10 x 10!!!!

    1. Marcia Lo Fiego respondeu Marcia Lo Fiego

      Esqueci de falar, que com você aprendi sobre consumo consciente, sobre comprar o que preciso, sobre olhar as etiquetas e ver do que é feita a roupa e de não aceitar mais poliéster com preço de seda, aliás com preço nenhum, #poliésternuncamais, meu modo de consumir roupa mudou radicalmente nesses anos que te acompanho. Muito obrigada!!!

      1. Ana Paula Monteiro respondeu Marcia Lo Fiego

        Também aboli o poliéster por causa dela kkkkkk

  9. Carla comentou:

    Me faltam palavras pra expressar o que vc realmente é pra nós! Cara tu é do caraleo, vc monta a banca e samba na cara da sociedade, te acompanho a uns 7 anos pelo menos, vc nasceu toda timidia, mas uma leoa dona de si e cheia de graça….Vc ainda vai alcançar voos maiores sempre em sua vida, porque vc tem brilho proprio e muito amor no que faz…..Felicidades pra vc sempre!

  10. Guanaeli comentou:

    “Nu” 10 anos! Que felicidade! Sinto uma alegria imensa junto com você! Sabe aquela alegria que sentimos pela conquista dos nossos amados? Essa alegria…Eu creio que tudo tem um propósito…O Hoje Vou Assim Off é propósito! E foi linfo ver você encontrar essa razão de existir. E o melhor foi utilizar o seu “chamado” como inspiração na minha vida e mais ainda, presenciar sua influência na vida de outras mulheres, “gente como a gente”, que assim como eu, foram influenciadas por essa energia vibrante, crítica, justa, proativa e embelezadora de corpo e alma. Nesse último sábado (05/05/2018) estava na turma do “Conheça suas cores” em BH e foi simplesmente surpreendente…Um presente de Deus pra mim! Então, me despeço te parabenizando e desejando que os sonhos do seu coração se concretizem e avancem. Com todo amor, da mulher que hoje saiu para trabalhar se achando linda, vestida de calça jeans escuro, blusa amarela, jaqueta perfecto grafite, cinto fino de onça e nos pés, meu bom e velho all star roxo com a listinha pink. #invernobrilhante. Afinal, roupa não morde!! Vamos experimentar!! Ah, já ia esquecendo, obrigada por finalmente me fazer entender porque eu nunca, nunca achei o batom “nude” pra mim…kkkkk…meu negócio é boca colorida mesmo!! Beijos, Guani…

  11. Sabrina comentou:

    Parabéns, Ana! Teu sorriso e tua coragem nos inspiram, mesmo!!!!! Que venham mais 10, mais 10 e dezenas de anos fazendo o que te (nos) faz feliz! Contigo aprendi a olhar o tecido das roupas – e a odiar poliéster…hahaha. Ainda mais quando cobram uma “banana” pela peça. Às vezes a gente compra e desiste de usar sem entender o por quê. Teu olhar e tuas lições fazem deste mundo um lugar melhor!
    FELIZ ANIVERSÁRIO DE BLOG e de descobertas!
    Beijão!

  12. comentou:

    Só tenho a dizer: Parabéns !!!

  13. Marina Costa comentou:

    Que lindeza e que orgulho poder dizer que vi tantos desses momentos! Parabéns pelo lindo trabalho, por todo esforço, pela persistência, pela autenticidade…enfim, por ser quem você é!

    Vida longa ao Hoje Vou Assim OFF!! Bora tomar uma gelada e comer coxinha que fica ainda mais lindo 😉

  14. Danielle Pitz comentou:

    Seu blog é um, sopro de leveza e cor nessa vida que anda tão sem graça. Parabéns, Ana. Vou bater ponto aqui pelos próximos dez anos ainda, se Deus quiser, sua linda. Beijo!

  15. Adriana Ferreira comentou:

    Parabéns, Ana!!! E que texto lindo! Que venham mais 10 anos!!!! 😘😘❤️❤️

  16. Rebecca comentou:

    Parabéns, Aninha. Não te acompanho desde o início. Lembro-me de ter te conhecido numa matéria jornalística. Achei o seu jeito mt diferente justamente por ser “vida real”. Desde essa época entro no blog – no mínimo – 3 vezes na semana. Amo os conteúdos. Amo a sua sinceridade. Amo as suas dicas. Desejo que Deus continue te abençoando e te inspirando pra vc almejar os seus sonhos. Obrigada por todo o esforço em produzir conteúdo de qualidade gratuito. Espero um dia poder te encontrar pessoalmente!
    Beijos!!

  17. Roberta Andrade comentou:

    Ana o seu limite é o céu!!!Obrigada pelo compromisso com o conteúdo! Sucesso sempre!!!!👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  18. Mariana Almeida comentou:

    Você é inspiradora Ana! Parabéns por tudo e obrigada! 🙂

  19. Deisy comentou:

    Parabéns Ana!!! Você merece isso tudo!! É uma grande inspiração para mim!!

  20. Mariana comentou:

    Ana, com vc aprendi e aprendo tanto!!! Tão bom ter conteúdo interessante na internet!!! Desejo tudo de bom pra vc!!!!

  21. Luciana comentou:

    Parabéns pela dedicação diária nesses 10 anos!! Parabéns também por continuar quando pensou em desistir, isso a trouxe até aqui, esse momento feliz e gratificante!! beijos, estou ansiosa pelos looks antigos hehehe

  22. Ana, parábens pelos 10 anos de blog! Meu, como passa rápido. Te acompanho desde o começo e fiquei de cara qnd vi q já fazia tudo isso. Rs Obrigada pelo conteúdo lindo q vc produz. Sinto que de alguma forma nós trilhamos esses caminhos de mudança e crescimento juntas, porque no final nós somos todas bem parecidas. 🙂
    Um beijo

  23. Juliana Macedo comentou:

    Sou dessas que acompanha o blog e viu você se transformar diante dos nossos olhos, passando pelo que cada uma de nós passa, sem fingir que a vida é só glamour! Já tietei na rua, já fiz workshop e vibro e morro de orgulho das suas conquistas. Os questionamentos trazidos por você me fizeram questionar de onde vem a roupa, o impacto que ela causa no meio ambiente e trouxe uma consciência que me transformou. Obrigada,Ana. E seu sucesso está só começando, prepare-se!

  24. Raquel comentou:

    Parabéns! Acima de tudo pela persistência!

  25. Katiane Torres comentou:

    Ai você me emocionou. Parabéns por tudo. Você merece muito mais!!!

  26. Ana Cristina comentou:

    Uaaalll ARREPIEI!

  27. Parabéns pelos dez anos de blog, pela persistência, pela reinvenção, pelo sucesso! Que venham muitas décadas mais de realizações! :*