Proporção 5×1: doze looks com seis peças de roupa

Qual é o número ideal de roupas que precisamos ter no armário? Foi a partir dessa pergunta de uma leitora que eu escrevi, em 2015, o post sobre proporção de roupas que é bacana ter para que o nosso armário seja eficiente. Na época o post foi replicado em vários blogs e até hoje uma galera vem comentar comigo sobre ele. 🙂

Desde então eu vejo tanta gente querendo impor um modelo padrão sobre peças-chave, muitas com conceitos errôneos sobre armário cápsula e sem contar os terríveis tem-que-ter, que ficamos super confusos, principalmente se o armário já estiver lotado!

Não existe essa de sugerir que as peças básicas de todo e qualquer guarda roupa sejam as mesmas para cada pessoa. Eu adoro jaqueta jeans, mas tem muita gente que não suporta e prefere uma jaqueta estilo esportivo, por exemplo. E tá tudo bem! Cada um tem seu estilo e a camiseta básica pra uma pessoa pode ser completamente diferente pra outra. A real é que não existe um modelo pré determinado e nem uma quantidade certa de roupa pra se ter: vai do estilo de vida, estilo e necessidade de cada um.

Uma proporção que usamos em consultoria é a de termos 5 partes de cima para uma parte de baixo que definimos quando uma peça entra ou tem que sair do armário. Praticamente tudo que você tem no armário tem que ser coordenável entre si, por ex: se você tem 3 calças neutras que combinam com todas as blusas e tiver 10 blusas, tá valendo!

Segunda-feira comecei no instagram o #Experimentando5x1, em que mostro, na prática, como que, com uma parte de baixo e a proporção de 5 partes de cima, eu crio 12 – eu disse DOZE – looks diferentes entre si! 😯 E sem essa de tudo básico demais, aqui teremos muitas cores e estampas. Dependendo do que você escolher, dá pra pensar muito mais que doze combinações, esse papo rende muitas ideias!

proporcao-5-x-1

As peças que separei pra experimentar a proporção são essas da foto:

– 1 saia estampada Karamello
– 1 camiseta azul escuro Básico.com
– 1 blusa listrada Totem
– 1 jaqueta jeans Levi’s de segunda mão
– 1 camisa jeans Maria Filó
– 1 cardigan roxo Ateen

Em todos os looks eu escolhi manter o mesmo sapato – um tênis branco – e o mesmo colar até pra provar que também não é preciso ter um monte de sapato e acessório diferente para criarmos coordenações variadas entre si.

A proposta é pra todas as épocas do ano, que são facilmente adaptáveis, apenas para demonstração. Quero inspirar todo mundo a deixar o guarda roupa proporcional e mais coordenável, então vale trocar a saia por uma calça, a jaqueta por um colete, a camisa de manga por uma sem manga, o colar por um lenço…

 A ideia é mostrar que dá pra fazer MUITO com pouco e que armário lotado, definitivamente, não é garantia de muitas opções. Essas dicas funcionam tanto para quem quer montar uma mala de viagem, já que o princípio é o mesmo, quanto começar seu armário cápsula.

Se o guarda roupa estiver desproporcional, ou seja, com muito mais parte de baixo do que de cima (expliquei melhor sobre isso nesse post), dificilmente conseguiremos extrair todo o potencial dele.

Exemplo:

– 8 calças
– 4 saias
– 5 vestidos
– 10 camisetas
– 1 jaqueta de couro

Você tem muito mais parte de baixo do que parte de cima e quando essa conta não fecha, o resultado é nosso velho conhecido: a sensação de não ter roupa!

Vambora aos looks na prática? 🙂

Looks 1, 2, 3 e 4: camiseta + jaqueta + cardigan + camisa jeans

Escolhi justamente uma camiseta porque é um item que quase todo mundo tem, seja basicona ou não, com rase, estampa ou apliques, não importa: é relativamente fácil de achar por um bom preço e em várias cores. Escolhi a azul escuro pra sair dessa zona de conforto do preto ou branco, sendo que é um tom neutro que não pesa tanto na coordenação quanto uma preta, por exemplo.

proporcao-5-x-1-look7

Além do clássico com a jaqueta jeans, mandei ver em outra combinação com jeans, mas dessa vez com a camisa – e aqui valeria até uma camisa de botão qualquer, usada aberta –, mas para não ficar uma proporção estranha em relação à saia midi, que já é mais comprida, dei um nó na frente para solucionar isso e ainda marcar a cintura. 🙂

proporcao-5-x-1-look6

proporcao-5-x-1-look5

O roxo vai na fé com a cor neutra da blusa e ainda faz o link com uma parte roxa da estampa da saia, aí é à prova de qualquer insegurança quanto à mistura de cores do look. 🙂

proporcao-5-x-1-look8

Looks 5 e 6: cardigan como protagonista

Esses são os dois looks menos prováveis da coordenação das 5 partes de cima pra uma de baixo: cardigan fechado usado como blusa e a jaqueta jeans sobrepondo.

Pensaríamos sempre no cardigan como terceira peça e não como protagonista. Olhar com mais criatividade pro que temos e tirar as peças do seu lugar mais óbvio ajuda a extrair o máximo do que temos e nos ajuda a recorrer menos a compras desnecessárias! Roxo com amarelo é coordenação de cores complementares, claro que já ia dar match! 💜💛

proporcao-5-x-1-look2-2

proporcao-5-x-1-look1

Looks 7, 8, 9 e 10: mistura boa de estampas

Normalmente é assim: escolhemos uma peça estampada, aí concluímos que todo o resto precisa ser básico neutro quase sem contraste. Não, my friends! Olha aí a padronagem neutra das estampas, as listras, aquelas que vão mesmo com todas as estampas que vocês possam imaginar nessa vida, mandando bem casinha com a estampa da saia! Ainda mais essa blusa que tem banco e azul marinho nos tons, cores bem neutras. 🙂

proporcao-5-x-1-look2

Sobreposição da camisa jeans fazendo as vezes de jaqueta, com as mangas bem puxadinhas e um nó de cada lado – justamente para ela não ficar tão comprido por conta da proporção com a saia, lembra?

Se fosse calça eu a deixaria por cima, aberta, comprida sem problemas OU poderia colocar toda por dentro da saia e só fechar alguns botões, com um detalhe da blusa de baixo aparecendo.

proporcao-5-x-1-look3

proporcao-5-x-1-look10

Com casaquinho roxo sendo bem colorida e mais neutra com a jaqueta de tom escuro – terceiras peças são aquela cereja do bolo, assim como os acessórios.

proporcao-5-x-1-look11

Looks 11 e 12: Jeans com jeans

Jeans são os curingas da vida, isso é sabido. O que pouca gente arrisca é a coordenação de jeans com jeans, mas, ó, tem crise não: podem ter a mesma lavagem, podem ter tons bem diferentes, basta testar para ver se sai do seu agrado!

Como a camisa é de uma lavagem beeeem clarinha, curti pra caramba o contraste dela com a jaqueta escura. 🙂

proporcao-5-x-1-look9

proporcao-5-x-1-look4

E aqui no mosaico, todos juntos, para vermos o panorama geral:

mosaico-5x1-ana-soares-hoje-vou-assim-off

Dicas finais

O lance todo é EXPERIMENTAR! Roupa não dá choque, nem transmite doença venérea como cranco mole, hahaha! Não curtiu? A boa notícia é que é só tirar e provar outras ideias. É um processo até pegarmos o pulo do gato. 🙂

Se liga no passo a passo:

– eleja a peça de baixo da vez e, a partir dela, teste as suas ideias de proporção 5×1

– tire do cabide a ideia e prove

– perceba no corpo o look e faça os ajustes necessários, como puxar mangas, dobrar a barra, etc

– fotografe

– aproveite para fazer um inventário do guarda roupa e entender se ele está proporcional ou não.

Quem quiser dividir comigo seus looks, basta marcar a #Experimentando5x1 no instagram ou compartilhar no nosso grupo do facebook, o Moda Pé no Chão, que está com um post só do desafio! 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

10 comentários

  1. Shayene comentou:

    Tenho uma dúvida e serei muiti grata se me responder.
    Eu moro em terra quente e uso a parte de baixo no máximo 1 vez. Sem contar que elas que vario entre as ocasiões, deveria usar essa mesma proporção? E os vestidos que são os únicos que uso em tudo?
    Estou perdida
    Beijos

  2. Bruna comentou:

    Amei! Amo essas dicas… sinto que ainda preciso amadurecer meu estilo, meu guarda-roupas, mas sigo tentando possibilidades. Obrigada pelo post tão legal!

  3. Erika comentou:

    Post excelente e muito elucidativo, com várias ideias para perdermos o medo de provar o que temos e sermos criativos para aproveitar nossas roupas. Meu problema é como coordenar os sapatos. Sempre olho e parece que não se liga a nada (me refiro às cores), mesmo observando o círculo cromático. Talvez seja só um olhar desacostumado ou só comprei calçados que não combinam com nada (rsrsrsrs). Se não for pedir muito, você poderia fazer um post a respeito, até para evitar o consumo desenfreado deles porque você é a melhor para esclarecer essas dúvidas. É sempre muito didática. Parabéns pelo trabalho maravilhoso.

  4. izilda maria comentou:

    Adorei o Post. Poderia explorar mais vezes esse tema.
    Parabéns pelo Blog. Izilda

  5. Dri comentou:

    E a parte de cima verde, daria certo?

  6. Eliz comentou:

    Amei. Ana Carolina vc sempre arrasa! Bjs

  7. Adele comentou:

    Essa ideia do cardigan como protagonista eu faço meio que ao contrário: uso minhas camisetas de manga comprida como blusa nos dias que são um pouco mais frescos mas não chegam a ser frios. A camiseta que eu mais uso desse jeito tem decote canoa e é em um tom neutro de azul, então aparece um pouco do que estou vestindo por baixo e combina com quase tudo.
    E, surpreendentemente, adorei a combinação jeans com jeans! (Geralmente eu abomino essa combinação quando envolve parte de cima e de baixo, talvez porque tenha usado até enjoar na adolescência, hahahahha)

  8. Adriana Saha comentou:

    Então Ana esse 5×1 Vale em climas mais frios? Falo isso porque tenho grande dificuldade em pensar essa proporção ao longo do ano. Isso porque as peças de baixo – com exceção das bermudas que quase não tenho e não gosto de usar com meia – são usadas tanto no verão quanto noinverno e na meia estação. Já a parte de cima é um perrengue. No frio não dá para usar regata e blusa mais fina e as de lã não rolam no verão. Isso sem falar dos casacos mais pesados. Temho uma certa queda por jaquetas também. Então sempre parece que meu guarda roupa funciona super melhor no inverno e na meia estação que no verão. E como ultimamente os invernos andam mais curtos e os dias mais quentes fico uma parte considerável do ano me sentindo sem roupa

  9. Pâmela Lenoir dos Anjos comentou:

    Ana, maravilhosa iniciativa em compartilhar com a gente!!! Isso nos dá tanta inspiração, vc nem imagina haha

  10. Luisa comentou:

    Ana, amei a ideia do post! Na verdade, pra mim, acho que funciona o contrário: prefiro ter mais partes de baixo do que partes de cima. Tenho poucas blusas, mas adoro brincar com calças e saias! Legal pra ver que sempre existem exceções e a única regra é usar o que funciona melhor pra você :)!