Onde compro meus vestidos Plus Size

Não sei se já contei por aqui, mas eu, Mari, sou a louca dos vestidos. É uma das minhas peças favoritas, acho fácil e prático – ao contrário do que a Ana acha e escreveu nesse post aqui. E não é só uma questão de praticidade, me sinto mais confortável com vestidos e acho que eles dão um ar mais romântico aos meus looks, justamente por grande parte dos meus ser aquele modelo mais justinho na cintura.

Sou tão conhecida pelos vestidos acinturados que todas as vezes que meus amigos vêem algum modelinho diferente, lembram de mim. Estampados, lisos, de malha ou tecido plano, muitos vestidos são também versáteis. Combinam com ocasiões variadas de acordo com os acessórios que eu uso, e podem ser usados em dias quentes ou mesmo no inverno, se combinarmos com uma jaquetinha.

posthaus

Posthaus

A Posthaus é minha loja preferida para comprar vestidos. Visto tamanho 54, e geralmente vou na seção regular (Moda Feminina) e busco os modelos que vão até o tamanho XXG. Geralmente preciso fazer um ajuste na parte do busto, porque sou menor, mas nunca precisei devolver nenhum porque ficou pequeno! Sem contar que a Posthaus faz muitas promoções boas, todos os vestidos que tenho de lá custaram menos de cem reais e, além lindos, tem bom corte e são feitos com material resistente.

Kisielevski

A Kely é uma mulher de Florianópolis, empreendedora que que faz vestidos para todos os corpos. Lisos ou com estampas super fofas, os vestidos da Kisielesvski fazem o maior sucesso quando aparecem no meu Instagram. Alguns modelos ainda tem abertura em botões na altura dos seios, perfeitos para mulheres que estão amamentando e não querem perder o estilo!

kisielevski

NaBeca Tamanhos Reais

Já falei da NaBeca aqui algumas vezes! Os vestidos moderninhos são uma novidade na marca. Eu comprei um no inverno, na onda do veludo, e agora no verão ela veio com estampas e cores mais abertas, além de tecidos fresquinhos e cortes que agradam jovens e também mulheres mais velhas.

nabeca

FARM

Polêmicas à parte, as estampas da FARM são maravilhosas e os vestidos tem cortes lindíssimos – já mostrei alguns nesse post aqui. Infelizmente eles ainda não fazem tamanhos Plus Size – sigo esperando que aumentem a grade -, mas alguns modelos da grade regular vestem sim mulheres gordas. Tenho sete vestidos da marca, inclusive um deles é tamanho P, podem acreditar, haha.

farm(1)

Não comprei, mas quero:

Forever 21

A linha Plus Size da varejista gringa finalmente deu as caras em terras cariocas? No último dia 27 chegou a coleção Forever+, que tem tamanhos do GG ao G5 (equivalente ao 54/56), e, no meio das doze araras dedicadas aos tamanhos maiores (!!!) encontrei vestidos diversos, dos mais clássicos aos antenados nas tendências, como o floral com fundo escuro!

forever 21

Naiah

A Naiah, que foi lançada com uma pegada de vestidos de festas voltou completamente repaginada. Com um estilo mais dia-a-dia, os vestidos da nova coleção ganharam meu coração, e eu pude ver de perto que os cortes e estampas são completamente diferentes do que costumamos ver na moda Plus Size por aí, sem falar no material excelente. Não deixa nada a desejar para a moda regular no quesito modernidade.

Alguém mais aí é louca por vestidos, principalmente nos dias de preguiça? E vocês, conhecem mais alguma loja com bons vestidos Plus Size?

mari-rodrigues-hoje-vou-assim-offMariana Rodrigues
Carioca, 30 anos, gorda. Tagarela de carteirinha, fã de chá gelado e viciada em bons debates na internet. Apaixonada por moda e televisão, escreve sobre esses e outros assuntos também em seu blog aquelamari.com
Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

4 comentários

  1. Gina comentou:

    Ai gente, não tem essa de vestido ser roupa de dia de preguiça, tá chato esse papo. Aqui em SPaulo quase ninguem usa vestido, roupa de preguiça é jeans/calça e blusa/camisa/camiseta ou qq coisa prática pro nosso clima. Vcs estão na web e não no RJ, olhem pra mais longe…. vestido é roupa de diva…. bjs

  2. Adriane comentou:

    Concordo com você, Gina.Vestido além de fresquinho é muito feminino. E roupa de preguiça é gostoso também. Os dias que eu estou fubazinha,bem mulambo são os dias mais produtivos pra mim.Não ter parafernália de pulseira descendo no braço, colar embalando,sapato diminuindo meus passos, laço na roupa se desfazendo é o paraíso.Roupa de preguiça é liberdade também!

  3. Kate comentou:

    Vestido é minha peça favorita 4EVER!! Pra tudo praticamente… Além da NaBeca já citada, eu tb gosto muito da Belle Rose, Ateliê Cretismo, Asobi e Cabidemix! Tenho vários e uso sempre, uso muito!!! Amei o post ❤😘

  4. Ângela Menezes comentou:

    Ótima matéria. E a Chica Bolacha, conhece? Fica em Porto Alegre, compro mais pelo site já que as meninas mantém o padrão de tamanhos. 😉