Tô me sentindo, perdi a humildade

Aviso: hoje eu to especialmente empolgada (vulgo atacada)!

Outro dia uma leitora confessou que sente saudades de mais looks por aqui. Então, minha gente, eu também tava saudosa! E um dos motivos de retomar com mais amor essa parte tão importante e épica da história deste blog, é que tenho cada vez mais amado minhas produções, me sentindo finalmente vestida de mim mesma, e, principalmente, comprado infinitamente menos!

Há um bom tempo tenho recorrido exclusivamente ao que tenho no armário, o que refletiu nos meus hábitos de consumo: fico muito mais empolgada em usar o que tenho do que sair comprando novidades toda semana!

Bicho, e como é LEGAL gostar do que se veste! Como tenho me sentido mais gata, interessante, gostosa, poderosa, hahahaha, e zero humilde também, hahahahaha!

E esse vestido que comprei há tempos, numa dessas coleções de C&A, é um dos que tem me ajudado nessa tarefa de autoestima batendo lááááá no teto da Candelária:

ana-vestido-pb-2

Em outras épocas eu teria passado batido por esse vestidinho tão justo, pensado “não é pra mim, vou nem provar, coisa e tal”. Daí que tenho esse blog, daí que eu cubro coleções especiais para dar meu veredito, daí fui nessa aí da C&A, peguei esse último vestido, que só tinha tamanho G, e quando vesti….

Não é que o bonitinho parecia ter saído de dentro de mim, de tão encaixado que ficou o modelito e a estampa?? Me senti tão incrível que foi praticamente um revival do Nascimento de Vênus em pleno provador da C&A da Saens Peña, hahahahahaha!

Ok, achei um absurdo o G ter ficado bacana em mim, só mostra que a modelagem tava pequena. Ok que a malha dele também é xumbrega toda a vida, já tá com bolinhas em pouco tempo de uso.

E ok que caiu café nele, fui lavar a parte manchada, estendi e a bosta da estampa PB soltou tinta e manchou sozinha, deixando a coisa meio psicodélica. Mas sobre isso, e daí? Quem se importa? À noite todos os gatos são pardos e continuarei flanando entre copos com este vestido bonitinho, mesmo que sendo ordinário!

ana-vestido-pb-3

ana-vestido-pb-4

ana-vestido-pb-5

ana-vestido-pb

Vestido Pat Pat’s para C&A – nem lembro o preço, nem quero lembrar, hahaha
Sandália Crua – também tô preferindo esquecer o valor dessa, rs
Clutch C&A

fotos: Denise Ricardo

A lição do look de hoje, amiguinhas, é que nem precisa ser o vestido de crepe de seda com vinte mil lantejoulas bordadas para deixar a gente se sentindo, se achani. Não compraria outro vestido da mesma espécime oriundo de coleções fastfashionísticas, massssssssssss, taí um exemplo vivo que discorre contra o que eu prego aqui.

Porque é tão bom se sentir linda que os fins justificam os meios! 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

21 comentários

  1. Paula comentou:

    Aninha, vc é a melhor pessoa ever! Hahaha! Tão bom te ver tão feliz! Arrasou no look! Bjao!

  2. Érika comentou:

    Que coisa, pra você ver, eu jamais pensaria que esse vestido ficaria legal! Jamais provaria ele, mais pela estampa, que não me atrai, taí uma prova de que devemos experimentar de tudo antes de dar o veredicto.

  3. Fernanda comentou:

    quando minha prima me pergunta se deve comprar tal roupa ou tal calçado eu pergunto “experimentou e foi amor? se tiver dúvida não leva, tem que ser amor” hahahahha foi isso, foi amor.. e quando é amor não importa se é xumbrega hahahahhaha

  4. Isadora Oliveira comentou:

    Gente que post engraçado… adorei! Eu acho que é um combo quanto mais velha você fica, mais coisa você acaba aprendendo, e vai vendo que a gente acaba comprando coisas mais o nosso estilo, a gente não abre mais mão do conforto, e eu desisti de gastar rios de dinheiro em coleções da CEA (como antigamente todo mundo que tinha e lia blog fazia) lembra que a galera se matava por uma peça de roupa nas preview? Então hj pelo menos com a maior parte das suas leitoras e pessoas que foram crescendo com a moda e internet não faz mais isto, hoje a gente prefere roupas mais lisas, menos marcantes que a gente possa combinar muito mais, hoje a ideia e usar uma roupa linda no trabalho e conseguir usar pra sair, pra ir no mercado. Hoje a gente é vida real, e não se veste mais para agradar uma camada da população, ou pessoas do trabalho, ou a família, hoje a gente se veste para nós é isto é libertador.

  5. Daniela comentou:

    pode se achar que tá lindona mesmo!

  6. Paula comentou:

    Uma das coisas mais divertidas é fazer compras no próprio armário, pensar em novas combinações para as roupas de sempre…

  7. Munique comentou:

    Oi Aninha!!!!
    O vestido ficou lindo em vc, mas essa sandália é maravilhosa demais!!!!!
    Beijos!!!

  8. cinthya comentou:

    Ana, esse vestido é bonito e tem a sua cara mas eu olho pra ele e me dá calor. Ele parece calorento. rsrs

    Bjs!

  9. Adriane comentou:

    Você é o máximo.Simplesmente o máximo.Fico imaginando você como Jornalista de moda,escrevendo pra jornais e revistas de grande circulação. Páhh,só ia dar você no pedaço.LACRADORA!Bjokas aqui de BH,que eu sei que você ama.

  10. shamya comentou:

    Uau!!! Arrasou, mulher! Tá lindona…. amei esse vestido, gosto de estampas P&B. Amor eterno.

  11. Mari comentou:

    Hahaha Esse vestido é a prova viva que as lojas de fast fashion deveriam investir mais em estampas interessantes e moderninhas. Ficou linda mesmo!

  12. Mari comentou:

    Uau! Tá radiante!

  13. Aa comentou:

    Fernanda, a minha amiga pergunta assim quando eu estou comprando alguma coisa e peço opinião :” vibrou,amiga? Senão vibrou não leva”kkk.É isso.E ando vibrando bem pouco,meu bolso e criatividade agradecem.

  14. Não tem jeito não ,! Vc é maravilhosa.

  15. Renata comentou:

    Ana, aonde comprou essa sandália? Queria uma!

  16. Lidy comentou:

    O que mais amei nesse post foi a alegria e a leveza que ele passou. Sua gata!

  17. Kelly Vicente de Freitas comentou:

    Meta da vida: chegar nesse estado de espírito! Tá linda! Sério! Muuuuuuito gata!

    1. Ana Carolina respondeu Kelly Vicente de Freitas

      Obrigadaaaaa 🙂

  18. Raquel comentou:

    Quero morar no apto. Que lindo que ele é. Bem a sua cara =D

    1. Ana Carolina respondeu Raquel

      Ahhh obrigada querida! 🙂

  19. Lídia comentou:

    adorei o texto..kkkk empolgadíssima!!! a roupa que faz a gente se sentir assim não tem preço! e muitas vezes nem marca, nem qualidade.. 😉 kkkkk