Algumas peças e preços Paula Raia para Riachuelo

Consegui a Vogue desse mês que traz algumas fotos da coleção da estilista Paula Raia em parceria com a Riachuelo, que chegará às lojas da rede dia 9 de novembro.

Paula Raia promoveu um desfile em sua sala para mostrar à revista as peças, que trazem muito do que a marca já apresenta, como transparências, volumes e recortes estratégicos, saias de comprimento midi, bodies, vestidos e calças em tons offwhite e índigo. O que chamou minha atenção foi a palavra handmade, fazendo alusão ao trabalho autoral e mais no conceito slow fashion – acho curioso colocarem isso justamente numa coleção desenvolvida para uma rede de fast fashion, onde sabemos que dificilmente o método de produção a ser usado é esse.

paula-raia-riachuelo-2
Macacão R$330, blusa R$70 e calça R$250, saia R$330

Ainda segundo a matéria, Paula revisitou o acervo de modelagens para recriar o mesmo shape para as roupas da rede, sendo as peças piloto desenvolvidas dentro do próprio ateliê da estilista, usando como base a modelo de prova da Riachuelo, que tem um corpo que se aproxima mais do corpo da brasileira, para que as modelagens façam mais sentido.

Paula fez questão de manter qualidade e atenção ao acabamento e caimento das mesmas, usando matérias primas que fizessem sentido ao que ela já utiliza, em crepes, rendas, jeans, sarjas e laises, além de tipos de linhos.

A inspiração vem das personagens femininas de Jorge Amado, numa alusão ao tema mais despojado, como se essa mulher estivesse numa jangada de madeira, observando o cais e o litoral brasileiro, sentindo a brisa do mar.

paula-raia-riachuelo-3
Top R$170, saia R$250, Camiseta R$70 e saia R$290

À direita top e saia por R$250 cada, da esquerda top R$150, calça R$250 e blusa e calças também R$250.

paula-raia-riachuelo

Os preços dessa matéria orbitam entre R$200 e R$350 reais – o que é caríssimo para uma fast fashion! Entendi que parece ser uma coleção que vai elevar o nível de todas as outras anteriores da rede, massssssssss muito inacessível.

As peças também têm modelagem pouco usual para o público em geral, e particulamente dessas eu gostei de uma blusa, lá em cima, mais soltinha e da calça cinza alfaiataria, mas estou curiosa para provar e ver tudo ao vivo.

O que vocês acharam?

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

17 comentários

  1. shamya comentou:

    Pra mim, com esses preços aí, é tudo impossível! Desse lançamento, tou super fora….

  2. Erika comentou:

    Gostei do look de calça e blusa da primeira foto e assim como você achei as peças com um valor muito elevado. Um top por R$250 é muito caro (até achei que eu estava vendo errado e voltei para conferir o preço novamente kkk). É preciso conferir o caimento e a qualidade do tecido para ver se o que é cobrado vale tudo isso mesmo, mas por esses valores teria que compensar muito. Eu particularmente só compraria quando entrasse em liquidação e com um ótimo desconto e realmente achasse que acrescentaria algo ao meu guarda-roupa.

  3. Fátima comentou:

    Nossa! Essa firula toda para lançar essas “coisas” mal-ajambradas! E esses preços…em lojas de departamento! E ainda tem tonto que vai ver e comprar essas feiuras.

  4. larissa comentou:

    Eu ia comentar mas você já expressou 100% o que eu acho. Feios, parece tudo mal cortado… mesmo que não seja isso não é fast fashion, é roubalheira mesmo. Bom, compra quem quer (e pode) né?

  5. Jose Americo comentou:

    Na 2ª foto, a camiseta preta a R$70,00 exige que tenha MUITA qualidade em modelagem, materiais e acabamento pra justificar. Não basta dar nozinho no styling pra justificar.

  6. Renata comentou:

    Espero que encalhe e vá tudo pra remarcação bem baratinha kkkkk

  7. mariana comentou:

    de olho na remarcação para amar essa calça cinza kkkk

  8. Ana Ribeiro comentou:

    Aninha, realmente por essas fotos não tô levando muita fé nessa coleção…masss ao vivo, vendo o tecido, acabamento, caimento, quem sabe se o preço não se justifica? Pena que a Riachuelo geralmente só faz as coleções até 42 ou 44, não rola nem 46!

  9. Carina comentou:

    Pouca cara de verão, nessa época a gente quer vestidos e blusas mais leves e coloridas. É ainda com esses preços vai encalhar.

  10. Jaqueline fagundes comentou:

    Concordo com a maioria…
    Parece um monte de pano sem nexo, amarrado com nó fashion..
    Esta moda não me pega. E não tem preço acessível …nada de especial…

  11. Lis.anne comentou:

    Achei a coleção bem urbana, então eu gostei. Parece um verão SP, alternativa à um verão como o da Farm, que apenas de eu gostar, só uso na praia mesmo.

  12. Ana Paula comentou:

    Amo Paula Raia, e essa coleção vai ser uma oportunidade de termos uma peça assinada pela estilista pagando menos de R$ 2.000,00 rsrs (já que as roupas dela chegam a ser mais caras que as de Cris Barros…). Tomara que venha mais que três de cada peça, para não ser o Deus nos acuda que foi o lançamento da coleção com a Isolda!

  13. Raquel B. comentou:

    Gostei, mas não compro na Riachuelo e não pagaria esses preços em fast fashion nunca!

  14. Fernanda comentou:

    A inspiração vem das personagens femininas de Jorge Amado, numa alusão ao tema mais despojado, como se essa mulher estivesse numa jangada de madeira, observando o cais e o litoral brasileiro, sentindo a brisa do mar. Rindo até 2020 com este parágrafo. Fazia tempo que não lia nada tão sem sentido no mundo da moda.
    Mas falando sério, preços totalmente absurdos para uma rede de fast fashion.

    1. Neila Matias de Souza respondeu Fernanda

      Ai Fernanda, bate aqui \o. Aninha concordo com tudo que falou e o que mais me chamou a atenção foi também esse parágrafo destacado pela Fernanda. Sabe, eu sou muito fã de Jorge Amado e me atrevo a dizer que é uma ofensa uma coleção dessas, em tons de cinza, preto, azul índigo, sem vida, sem cores, afirmar ter se inspirado em personagens amadianas. Jorge, Zélia, Gabriela, Tieta, Dona Flor e todas as baianas devem estar se revidando no túmulo! Estou revoltadíssima! Bjs.

      P.S.: Não esqueci seu livro…só estou mt doidona com a tese.

      1. Ana Carolina respondeu Neila Matias de Souza

        Concordo meninas! Certíssimas!

  15. Nathália comentou:

    A marca não faz meu estilo, então fica mais difícil opinar… Gostei só do cropped preto de bolinhas, mas também só compraria numa remarcação, e olhe lá. Acho uma modelagem realmente difícil de agradar, e que exige qualidade para ficar bonito… Tá com cara que vai encalhar.