A importância dos bazares de moda Plus Size

Para mulheres que vestem manequins acima do 48, principalmente, tentativas de idas ao shopping para comprar roupas podem ser completamente frustrantes. Na maioria das vezes, temos que nos conformar com “o que cabe”, e não com um corte ou modelagem feitos para quem tem braços mais gordos, barriga e quadril largo. Isso sem mencionar a falta de tato das vendedoras dessas lojas, que muitas vezes não estão preparadas para lidar com pessoas gordas.

No último final de semana, o Pop Plus recebeu mais de 10 mil pessoas em um clube em São Paulo. A feira, que acontece quatro vezes por ano-  reúne expositores de diversos estilos do país inteiro e é hoje o maior evento de moda Plus Size do Brasil.  O sucesso do Pop Plus motivou a organização de eventos em outros estados, e hoje temos no Brasil cerca de 10 feiras e bazares destinados exclusivamente à moda Plus Size, acreditam?

hashtag
Hashtag Bazar

No Rio temos o Big Moda Plus, o HashTag Bazar e também o Bazar Tijucano. Na capital de São Paulo, além do Pop Plus tem o Bazar do Blog Mulherão, e, em São José dos Campos rola o Vale Plus. O BH Estilo Plus é a feira representante de Minas Gerais, e, em Curitiba acontece o Plus Festival. Já em Porto Alegre, rola a BPSPOA.
A agenda da moda Plus Size é bombante, tá?

big moda plus
O movimento do Big Moda Plus

Há quem tenha a cara de pau de dizer que isso é “segregação”, já que na maioria destes eventos só participam marcas que tenham peças a partir do manequim 44. Longe de mim incitar uma treta de moda, mas, honestamente, para quem é magra existe um mundo de possibilidades. Além dos shoppings, onde a maioria esmagadora das lojas só veste até o 44, existem diversos mercados com novos estilistas que muitas vezes só fabricam os tamanhos chamados regulares. Segregação é o que a moda faz continuamente com os corpos gordos.

Muitas marcas Plus Size ainda não dispõem de grana para bancar loja em grandes shoppings, e graças a esses eventos elas conseguem prosperar e se profissionalizar cada vez mais. Boa parte das mulheres gordas sentem insegurança para comprar online (mesmo quando as marcas especificam todas as medidas), já que as experiências em provadores de lojas regulares podem ser bem cruéis.

Além disso, quem frequenta essas feiras sabe que é muito mais que só um ambiente para compras. A maioria dos eventos conta com outras atividades como desfiles, rodas de conversa, apresentações diversas e mais! Para quem é gordo, é um ambiente completamente acolhedor. Para quem é magro, é uma chance de ver que ser gordo não é impeditivo para nada.

yoga pop plus
Yoga no Pop Plus
pole dance no big
Pole dance no Big Bazar

E você, conhece algum outro evento do segmento Plus Size? Já visitou algum para conhecer quem tá fazendo a diferença na moda?

mari-rodrigues-hoje-vou-assim-offMariana Rodrigues
Carioca, 30 anos, gorda. Tagarela de carteirinha, fã de chá gelado e viciada em bons debates na internet. Apaixonada por moda e televisão, escreve sobre esses e outros assuntos também em seu blog aquelamari.com
Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog