Minhas impressões Isolda para Riachuelo

Hoje chegaram às lojas as peças da coleção da Isolda para a Riachuelo, mas olha, que sufoco pra conseguir provar as roupas, rs.

Bom, vamos contextualizar: a Isolda é uma marca criada por duas irmãs brasileiras, filhas de mãe inglesa e pai brazuca, com uma amiga de infância. Elas cresceram na Bahia e Maranhão e levam essas referências tropicais e muita brasilidade para as suas estampas. Todas são pintadas à mão e as peças são de formas simples para contrapor aos prints ultra coloridos e marcantes e cada vestido custa em média R$2mil.

A marca faz muito sucesso também no exterior, onde foi criada, e já realizou parceria com a Converse, que estampou modelos de tênis com os clássicos da grife. Aqui tem uma matéria antiga contando um pouco da história e apresentando as primeiras peças que fizeram sucesso, da coleção Caju Extravaganza, que logo foi copiada à exaustão.

Voltemos então: a Riachuelo opta por parcerias mais espaçadas que a C&A, e todas são com nomes fora do circuito e lugar comum. Foi assim com Versace, Karl Lagerfeld, André Lima, Cris Barros (a primeira coleção especial deles!) e Huis Clos. Quando postei sobre a parceria com a Isolda, no instagram, poucas leitoras demonstraram interesse, mas a fast fashion jogou pesadíssimo para tornar a coleção um desejo de consumo.

Ontem foi o preview e eu me assustei ao acompanhar no snapchat a chegada no Rio de Janeiro de tanta web celebridades, atores e atrizes em um avião fretado temático saindo de São Paulo, com banda de bossa nova tocando dentro do voo e tudo. O lançamento estava marcado no Teatro Riachuelo, antigo Cine Palácio, no Centro, e, para minha surpresa, fizeram uma sessão do musical Garota de Ipanema – o amor é bossa, espetáculo que está em cartaz no teatro, com 1h40 de duração, e todo o elenco vestindo a coleção da Isolda para Riachuelo de figurino. Serviram doces e sucos em copinhos estilizados com estampas da coleção, fizeram um super cocktail regado acompanhado de uma ambientação incrível, com a Bossa Nova e o Rio de Janeiro como temas principais.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-1

Achei a manobra muito ostensiva. Sim, causou rebuliço, todos os influenciadores registraram cada momento, mas fiquei pensando na megalomania da coisa. A galera não joga pra perder, mas infelizmente era preciso ter muito tempo dedicado para tal evento…e saí no final do primeiro ato, sem conferir nenhum item da coleção que colocaram numa lojinha improvisada no teatro, para venda. E foi melhor assim, evitei o horário de rush e não peguei o metrô lotado pra zona norte, hahaha!

Como de nada adiantou ontem, fui hoje cedinho conferir as peças ao vivo. Cheguei no Nova América e constatei uma falha na listagem de lojas do site: eles não receberam a coleção. Morrendo de raiva, toquei pro Norte Shopping e – UFA – finalmenteeeeeeee vou conferir esse trem!

Análise

As estampas foram todas pintadas à mão e impressas no tecido, com motivo de frutas, vitória régia, insetos e florais, tudo muito característico da marca. O ar tropical se manteve nas modelagens de vestidos soltinhos, blusas ciganinha, tops curtinhos, saias com babados (bem estilo da marca) e uma linha praia, com maiôs, biquinis e toalhas. A esmagadora maioria dos tecidos eram de algodão ou viscose, ponto a favor pela coerência.

Os preços não ultrapassavam os R$200 – vestidos custando entre 159,90 e 189,90, macacão a 199,00, camisa 150,00 (achei cara!), saia a 169,90, maiô 109,90, jaquetas 159,90.

Normalmente a Riachuelo tem uma grade maior de tamanhos, mas infelizmente não se estende para essas coleções. Vesti todas as peças da minha numeração, 38, mas acho que só avistei a grade até o 44. Triste.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-3

O vestido da esquerda era de viscose, bem molenguinha, quase um crepe. A camisa foi o item mais disputado, também de crepe de viscose e a saia era um dos itens que mais valia a pena, de algodão e com uma cara bem de isolda.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-4

Vestido de algodão bem estruturado, fresquinho, vestia bem – mais um item super característico da grife, bonito.

A camiseta com estampa de frutas era uma graça!  As calças – de algodão e viscose, respectivamente – vestiram vem. A calça sequinha tem elastano e um tecido estruturado, não marca nada. A pijama é bem confortável, mais molenguinha.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-2

Quando eu estava indo embora, avistei a jaqueta de fundo escuro e pitangas na vitrine – na loja ninguém sabia dela, não sei se voou antes de eu chegar. A coordenadora disse que chegaram poucos itens em cada loja, o que contribui para evitar uma massificação das estampas.

A jaqueta vestiu bem, mas é de uma viscose mais simples, sem grandes acabamentos internos, por isso não me empolguei. Faz vista, mas no fundo, no fundo, não vale.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off

Além da jaqueta, um quimonino que seria uma boa alternativa para os dias de calor, mas achei que a estampa + modelagem deixaram a peça com cara de pijama, haha.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-6

E aí, eu não provei mais nada? Não. Deixei uma sacolona separada me esperando, mas o provador capenga, sem luz e sem ar condicionado da loja, me deixaram suando bicas e eu desisti do restante para não ficar arfando dentro da cabine. Uma pena, tanta pompa para as celebridades enquanto os consumidores não podem nem ter um ar geladinho enquanto provam as roupas.

Acabamentos

As estampas estavam bem impressas e executadas, cores vivas, tudo bem característico da Isolda, só que custando muito menos, hehe.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-8

Não gostei dos botões, muito vagabundinhos e com fios soltos, ainda mais se pensarmos que a camisa custava 150 reais.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-7

Avistei várias costuras tortas (coitadas das pessoas nas oficinas de costura, ralando pra dar conta dessa produção), e o acabamento interno era bem comum.

isolda-para-riachuelo-hoje-vou-assim-off-5

Impressões finais

Estampas são marcantes, fato. Antes de levar algo, não vá pelo frisson: pense se você vai realmente usar muitas vezes cada item, se não vai se limitar só a combinações óbvias, se os vestidos serão usados mais de uma vez. Pense na quantidade de gente que você vai esbarrar por aí com esses mesmos itens, rs.

No geral achei uma das coleções mais bem executadas da rede, mas como não faz meu estilo, não me empolguei.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

69 comentários

  1. Ana Lúcia comentou:

    Você está certa em falar do ar condicionado e da luz dos provadores Ana, pois quando entro em um me sinto como se estive em micro!ondas!
    E um a falta de respeito com o consumidor.

  2. Aline comentou:

    Olá! Tive as mesmas impressões! Vi gente com sacolinha com todas as peças e fiquei pensando com meu botões … O que leva alguém levar várias peças de uma mesma estampa? fui com a intensão de levar apenas uma peça …e assim fiz! Peguei uma peça que etava em falta no meu armário (uma blusa). Cada vez mais penso duas vezes antes de consumir estas coleções! Graças à vc e seu blog tenho tentado consumir de forma conciente e olha tem valido muito a pena! Grande beijo.

  3. mariana comentou:

    Muito tropical para Curitiba, mas…mudando de assunto, mas nem tanto…só eu que estava dentro de uma caverna? Abri os olhos e : dress to para C&a, pisquei, Isolda para Riachuelo, pisquei de novo Iodice para C&a, estava me recompondo e Ana Hickmann para Riachuelo…. Passo tudo com louvor, mas quem aguenta tudo isso?

    1. Ana Carolina respondeu mariana

      Bizarro, né? Eu nem vou conseguir acompanhar essas da C&A, não dá, chega a ser doideira!

      1. Mari respondeu Ana Carolina

        Também desisti! O bolso agradece. Não há cartão de crédito e crise que aguente (mas, mesmo assim, as peças da Dress To para a C&A VOARAM – onde esse povo arruma grana pra consumir tanto?!)

  4. Rose Damas comentou:

    Oi Ana, só uma dica: quando for falar algo referente a região Nordeste, fala o nome do Estado, ok. “Elas cresceram no nordeste”…. A região tem nove estados 😉

    Beijocas

    1. Ana Carolina respondeu Rose Damas

      obrigada!

      1. rayssa barros respondeu Ana Carolina

        Você veja como cada um é cada qual, eu sou do nordeste e nem ligo quando dizem isso. É claro, se você souber de qual estado é a pessoa é melhor especificar, mas caso contrario nao vejo problema. Ate pq as vezes eu me refiro ‘ahh la no sul é assim, no norte acontece isso’. A dica serve pra todo mundo com relação as regiões e nao só ao nordeste.
        Adorei seu texto, achei tudo lindo na coleção, mas como não estou precisando de roupas no momento (milagre) nem comprei nada. Já passei da fase de comprar só por comprar.

  5. Lúcia comentou:

    Oi Ana, adorei o post!
    Também não me empolguei com essa coleção, as estampas de frutas parece com as barrinhas dos panos de prato que tenho em casa, pra mim não rolou.

    1. Ana Carolina respondeu Lúcia

      HAHAHAHAH melhor comentário!!

  6. Eve comentou:

    Oi Ana! Eu geralmente não gosto dessas coleções temáticas das lojas, mas dessa até que gostei de algumas peças, a saia e o vestido com babadinho na barra achei lindos.
    Sua observação sobre os provadores não ter um ar geladinho é bem válida, outro dia estava falando sobre isso com meu marido. Ele foi comprar calça e acabou levando só uma por conta desse fato. É ponto negativo pras lojas porque perdem de vender, ninguém gosta de ficar transpirando e se sentindo sufocado pra provar roupas. No mínimo um ventilador tem que ter, independente do tamanho da loja, e no caso da sua postagem é pior porque como você mesma disse para as celebridades tanta pompa,enquanto para quem vai realmente dar o retorno a empresa… 🙁
    Beijos!

  7. Marcia Lo Fiego comentou:

    Oi Ana, particularmente gosto bastante das estampas da Isolda, até fiquei curiosa para ir na loja, mas sendo elas pintadas à mão, será que é necessário mandar lavar na tinturaria? Se sim, acaba saindo caro né?! Gosto muito da saia sino, pena que com meu formato de corpo não rola! Beijocas

    1. Ana Carolina respondeu Marcia Lo Fiego

      Marcia, me expressei mal e reescrevi o texto: As estampas foram todas pintadas à mão e impressas no tecido. Bjs!

  8. Danielle comentou:

    Eu só queria provar os vestidos, mas para a Riachuelo em Cuiabá só vieram roupas de praia e algumas calças. Não veio toda a coleção, pífio para não dizer triste. Fala sério Riachuelo tanto alarde para nada.

    1. Ana Carolina respondeu Danielle

      Ridículo mesmo. Pra que tanta divulgação se a proposta é contemplar apenas Oscar Freire e Ipanema?

    2. Tina respondeu Danielle

      Que bom que você avisou Danielle, já ia dar viagem perdida, acho essa escolha horrível, lembro de questionar uma vendedora uma vez e ela me disse que a coleção não vinha completa porque não tinha o perfil da consumidora cuiabana. Mas que consumidoras são essas que são todas iguais, que querem apenas as mesmas coisas? Parece que fora do eixo Rio-São Paulo tudo é feito com menos esmero.

      1. Danielle respondeu Tina

        Pois é, não há opções, só me interessa os vestidos, nem praia há em Cuiabá. Vamos ter que nos contentar com as coleções da c&a, pelo menos não se limitam a Ipanema e Oscar Freire. Não compro mais nada na Riachuelo depois desse papelão.

        1. Thelminha respondeu Danielle

          As coleções da C&A estão vindo pra Cuiabá? Porque antes não estava vindo nada… Só tristeza!!

  9. suzana comentou:

    Acredita que eu estava esperando justamente você dar a sua impressão da coleção para poder pensar em comprar alguma coisa????? Havia pensado em investir na bomber mas já não vou gastar meu suado dinheirinho nela. Amei o vestido com grafismos e flores e também a saia que você provou, também me preocupo em compra e ao usar ver 376890 pessoas com a mesma roupa!! Vou provar e depois pensar direitinho no que comprar. Beijão.

  10. Adoro suas resenhas sobre essas coleções especiais!E realmente, em época de crise, será que essas ações megalomaníacas têm lugar? É o que me pergunto.
    Sobre as roupas, achei todas o meu estilo e, se tivesse dinheiro e alguma Riachuelo perto de casa, provavelmente compraria algo.
    Beijocas e parabéns pela sinceridade, vc é foda.

    1. Ana Carolina respondeu Fernanda Alves

      saudade, amiga

  11. Cristina comentou:

    Achei tudo com cara de dejavu. A C&A todo ano faz umas estampas tropicais bem parecidas. E a estampa de pitanga lembra toalha de mesa natalina. Não investiria nem um centavo nessas peças.

  12. mari comentou:

    Parei de ser bobinha. Dessas coleções passo longe. E no início achávamos que era nossa oportunidade de ter roupas “grifadas” em nosso armário tão modesto. Mas a calça laceou, a jaqueta de couro ecológico se desintegrou, a blusinha, que junto com o cardigã deu bolinha….fora que ultimamente é um já te vi louco…parece que usam o mesmo molde de roupa para todas as coleções. Enfim, thank you, but no thank you.

  13. Taís comentou:

    Ana, confesso que achei vergonhoso da parte da Riachuelo fazer um evento com esse AUÊ todo (avião fretado pra blogueiras as quais, sinceramente, não usam Riachuelo; apresentação musical em um teatro de luxo, etc) com esse monte de acusações de trabalho escravo que eles têm. Se nem em estrutura de provadores nas lojas eles investem, imagina em condições melhores pras pessoas que produzem pra eles? Avião fretado pra blogueira ryca tá rolando….banheiro e salário digno pra quem produz não tá rolando? Adoro seu blog <3 beijos!

    1. Ana Carolina respondeu Taís

      Comentei isso nas redes sociais, enquanto isso, nas oficinas de costura… 🙁

  14. Tina comentou:

    Sabe Ana, eu fiquei tentada quando vi as fotos pelo Instagram da loja, todo aquele glamour, aquelas pessoas milimetricamente escolhidas, num ambiente mega climatizado, tudo combinadinho, achei as coisas lindas. Mais tarde olhei pelo site e o encanto foi se perdendo, a vontade foi passando, fui pensando em alguns modelos de um ateliê virtual que eu tenho namorado e custam a mesma coisa e me decidi: prefiro comprar algo com meu estilo, com minha cara, que estampe de fato quem eu sou do que me deixar levar pelo oba oba. Que beleza ver como minha relação com o consumo mudou tanto.

    1. Caroline respondeu Tina

      Penso o mesmo!

    2. Ana Carolina respondeu Tina

      Que lindeza ler isso. A minha relação também mudou, hoje olho isso tudo e penso: que bom que não preciso de mais e mais 🙂

    3. Fabrícia respondeu Tina

      Na realidade, eu queria mesmo é poder comprar roupas ISOLDA, e não ISOLDA para Riachuelo. Acho as roupas lindíssimas. Tina, quais são esses ateliês virtuais? Fiquei curiosa.

      1. Tina respondeu Fabrícia

        Olha Fabrícia, eu curto um estilo mais vintage, mais modinha da vovó sabe? Então sou super fã da Andreia Brondi, ela tem numerações ótimas e faz roupas sob medida também, mas tudo num estilo mais vintage, mais feminino.

        1. Daniela Gomes respondeu Tina

          Também acho q não vale a pena. Tina também amo as roupas do Atelier Andreia Brondi, e indiquei outras ateliers mara num post aqui do blog= QUAIS SÃO AS SUAS LOJAS PREFERIDAS?

    4. Gi respondeu Tina

      Tina, deixa a dica do ateliê virtual. É tão bom descobrir lojas novas! 😉

  15. Caroline comentou:

    Eu até achei algumas peças bonitinhas, mas definitivamente não combinam com meu estilo. Talvez pudesse usar na praia, mas quantos dias por ano passo na praia??? Prefiro gastar com peças que reflitam meu gosto pessoal e adaptá-las a situações diferentes do meu cotidiano.
    Outra coisa: é impressão minha ou as collections das fast fashion tiveram menos sucesso depois daquela baixaria de clientes brigando por roupas na primeira coleção da Pat Bo?

    1. Ana Carolina respondeu Caroline

      Pois é Carol! Moro no Rio e acho q nem fui à praia esse ano! Ou fui? nem lembro…

      Acho q as coleções baixaram a bola em algumas capitais, mas no geral ficou muito uma atrás da outra, é cansativo

  16. Nadia Aparecida Luiz comentou:

    Sou jornalista e descobri o hoje vou assim por acaso e adoro a maneira como você se expressa. Você incentiva o consumo consciente e abre os olhos das consumidoras sobre as inúmeras armadilhas a que estamos sujeitas. Parabéns , você presta um grande serviço . Um beijo

  17. Leila comentou:

    Ana, faz por favooooor, suas impressões para dress to da cea! Rssss Vi tantas coisas bonitinhas e de viscose, claro não levei nada, esperando a liqui. Beijos.

  18. Tina comentou:

    Ana, dá uma corrigida ai no texto, é sessão e não seção.
    De tudo, o que gostei mais foi o vestido vermelho que vc usou no dia kkk de onde é?

    1. Ana Carolina respondeu Tina

      obrigada Tina!, hahahahahaha da Leeloo

  19. Gabi comentou:

    Tu sabe que fiquei sabendo da existencia destas coleçoes no ano passado pelo teu blog? hahaha, não sei onde vivi por tanto tempo. Mas enfim, desde a recente descoberta, na verdade nem me interessei por ver pessoalmente. Sempre acho mais do mesmo. E sobre esta especificamente, tenho preguiça deste tipo de estampa mega tropical, cansa logo. E sem falar em toda esta ostentação, geeeente, pra que? Num tamos em crise financeira e dimdim apertadinho não?
    Beijo beijo

  20. Shirley Santos comentou:

    Oi Ana, tudo bem ?
    De tudo mesmo, eu me interessei muito, pelo macaquinho jeans que você está usando.
    Da onde é ? Quanto custou ?
    Faz um look do dia com ele … eu amei !!!
    Bjs
    Shirley
    Curitiba-PR

    1. Ana Carolina respondeu Shirley Santos

      kkkkkkkkkkkkkk amo esse macaquinho! Da Karamello, marca carioca, dá uma olhada no site! 😀

  21. Shirley Santos comentou:

    Oi, eu de novo,
    Sem falar que muita coisa perece estampa de toalha de mesa que a gente usa em picnic.
    E, como uma leitora falou aí em cima, as blogueiras e celebridades convidadas NÃO USAM
    essas marcas fast fashion, é só trabalho remunerado.
    O que dia que eu vir a Bruna Marquesine usando uma peças dessas num evento social, que não seja remunerado, daí sim via dar pra confiar.
    Bjkas

  22. Bruna comentou:

    Morri se rir com a parte do metrô. Hahahaha

    1. Ana Carolina respondeu Bruna

      HAHAHAHHAHAHAHA sério! Começou a dar 16h e eu pensando “ai meu pai, vou pegar o metrô lotado, acho que vou embora” hahahha

      1. Bruna Vicentini respondeu Ana Carolina

        Adorei! hahaha Tá certíssima.

  23. Marcia comentou:

    A peça que mais gostei foi seu macaquinho jeans!!! rsrsrsrs De onde é? Bjss

    1. Ana Carolina respondeu Marcia

      hahaha, da Karamello! 😀

  24. Mariana Silveira comentou:

    Oi, Ana!
    Sou a Mariana que comentou no seu Instagram justamente sobre toda a ostentação para a apresentação da coleção. Por total coincidência, estava no Barra Shopping ontem e lembrei da coleção quando passei em frente a Riachuelo. Resolvi entrar para ver com os meus próprios olhos. Peguei nos tecidos (gostei), olhei etiqueta (gostei), mas as estampas não têm absolutamente nada a ver com o meu estilo. Apenas estava olhando.
    Percebi que as araras estavam meio vazias, mas, naquele momento, a ficha não caiu. Quando uma cliente vira para uma moça da loja, que estava recolocando algumas peças nas araras, e perguntou: “não tem esse vestido de outro tamanho?”. Resposta da funcionária (com uma expressão exausta): “Olha, moça, o provador está lotado. Tem muitas peças lá dentro e não estamos conseguindo trazer tudo o que é deixado lá de volta. Está uma confusão”.
    Diálogo aconteceu por volta das 11h da manhã. Ou seja, uma hora depois do shopping abrir. Fiquei pensando no que tínhamos conversado no Instagram no dia anterior. Tanta ostentação do marketing parece ter funcionado. Pelo menos, na Barra da Tijuca.
    Beijos

    1. Ana Carolina respondeu Mariana Silveira

      Oi Mari! Pois é, funcionou, menina. Conseguiram armar o circo – e olha que quando eu postei sobre, no meu instagram, quase ninguém se animou. Que coisa mais sinistra

      1. Mari respondeu Ana Carolina

        Fui na loja do Centro na hora do almoço, só para dar uma “olhadinha sem compromisso” (tô podendo comprar nada não – rehab consumerista!) e tomei um susto: praticamente ESGOTOU! Só sobraram umas toalhas de má qualidade (e caras), uns travesseirinhos e uns biquinis aleatórios. LOUCURA.

  25. Gi comentou:

    Ana, parabéns pela sinceridade de sempre! É isso que faz seu blog tão especial, tão único. Vc fala o que muitas de nós pensamos, e traz muita gente à reflexão. Não critico quem divulga ou quem compra uma coleção dessas, mas penso como vc. Bjs

  26. Priscila Lima comentou:

    Eu achei a estampa azul e a de treliças lindas. Os preços são altos mas estão dentro da nossa triste realidade (na Renner por exemplo, é tudo mais caro que isso). Fui no shopping Eldorado e tinha coisa que estava na vitrine e não tinha nas araras. Já deu pra sacar quais serão as peças que vão encalhar.

  27. Erica comentou:

    Sem contar com o trabalho escravo e as péssimas declarações quanto a leis trabalhistas do dono da empresa.

    1. Ana Carolina respondeu Erica

      EXATAMENTE

  28. Ariana Melo comentou:

    As peças parecem bem bonitas e fazem vista, mas também não são o meu estilo. Passo para a próxima!

  29. Andréa Egues comentou:

    A melhor coleção colaborativa com a Riachuelo até hoje foi a “Rio de Janeiro”, aquela do Oskar Metsavaht, acho que foi em 2010, antes mesmo da Cris Barros.

    1. Ana Carolina respondeu Andréa Egues

      Tinha esquecido dela! É verdade, vou colocar no texto!

  30. bianca comentou:

    Nossa, não conhecia estas estilistas, mas achei tudo muito brega. Parece paninho de prato pintado.

    Acho tão sem criatividade esta história de que, para ter brasilidade tem que ter frutas e babados….

    mas o seu blog continua ótimo, obrigada pelo conteúdo.

  31. Paulinha comentou:

    Ana , fui ver a coleção da dress to, achei o vestido longo lindo, mas tecido ruim pra custar 200 reais! Fui conferir a Isolda e me surpreendi, peças que vestem bem, estampas bonitas…e quase tudo esgotado, pois fizeram fila às 9h no dia do lançamento em todas as lojas de São Paulo!!A coleção foi divulgada em muitas revistas , e a capa da Glamour com a Bruna Marquezine usando o vestido com estampa de pitangas ajudou também.

  32. Renata comentou:

    Tinha gostado da estampa pitanguinhas preta na jaqueta, mas o que eu queria realmente era as peças de casa do Harry Potter. Fiquei triste achando que as pessoas devem ter ido pra comprar isolda e levaram minhas buscas nerds.

  33. isabel comentou:

    Fui na Riachuelo de Ipanema após o trabalho, umas 18:30 hs e não tinha praticamente mais nada. Perguntei a uma moça de lá e ela disse que as coisas estavam quase acabando no inicio da tarde e mandaram 800 peças que estavam no norte shopping pq lá “não tinha tido muita venda” (não entendi como isso, sendo o primeiro dia e nas primeiras horas!)

  34. Concordo com voce, Ana!!!
    Eu to meio enjoadinha desse tanto de coleções… E se eu pudesse comprar pra esbanjar mesmo, eu compraria a calça pijama e o vestido. Depois de anos te acompanhando tenho ficado mais consciente, conseguindo distinguir bem uma compra por necessidade (e que sera usada ate a exaustao haha) de uma compra por comprar!
    obrigada por esse serviço!!
    Beeeijo

    1. Ana Carolina respondeu Raissa Batista

      Fico feliz, Raissa! <3

  35. Dor comentou:

    Sinceramente acho que a cada dia que passa fico mais crítica em relação a essas coleções.
    Essas estampas pra mim não rolam.
    Prefiro ir a Petrópolis e pagar R$60,00/80,00 num vestido que caiu com uma luva no meu corpo 44.

  36. Ana Silvia Mota comentou:

    Oi Ana!
    Não pude ir na Riachuelo no dia do lançamento. Ontem aproveitei o feriado, e fui até lá. Lógico que não havia mais nada, á exceção de uma ou duas peças. Encontrei havaianas, estampas lindas, mas com tiras fininhas. Para minha surpresa restavam almofadas, com as mesmas estampas das roupas. Lindas. Aproveitei e levei!Comprei 2. Fui na Riachuelo do Plazza/Niterói, e o comentário das vendedoras foi: Mal abriu a loja “acabou tudo”!
    Um abraço.

    Ana Mota

    1. Ana Carolina respondeu Ana Silvia Mota

      casinha mais bonita com as compritchas!

  37. Rosemery comentou:

    Fui hj no shopping, não tinha mais numeração. O q tinha, achei bem bonito. Comprei três peças, uma camiseta branca com vitória régia é uma regata preta com pitanga as duas peças combinam com a saia preta de babados, muito fofa. Senti muito não conseguir comprar um vestido e a saia azul claro q ameiiii

  38. Layna comentou:

    Adoro o blog, apesar de não ser tão consumista e não ser muito fã de fast fashion porque acho que veste mal, com poucas exceções, fora o trabalho análogo à escravidão em algumas produções importadas. Por outro lado, amo estampas, e fico feliz que, ultimamente, principalmente nas colaborações com marcas, é possível encontrá-las com preços mais amigos e feitas no Brasil (pré-requisito pra eu comprar). Confesso que me surpreendi com o caimento e aparência das roupas e acabei comprando uma peça. Pena que meu descaso habitual me fez ir à loja quando não tinham mais muitas opções no meu tamanho (36). Preferia que a Riachuelo tivesse feito menos alarde, rs, assim sobrariam mais peças. Tenho certeza que muita gente comprou no impulso e vai se arrepender, esse estilo “tropical” “toalha de mesa” que tanto curto sempre dividiu opiniões. Bjks

  39. Jade comentou:

    Olá, Ana!
    Achei as estampas muito bonitas, mas realmente não sei se usaria combinações além do óbvio, porque não costumo ousar nas estampas, costumo ir mais no básico mesmo.
    Mas resolvi comentar porque uma coisa me chamou a atenção.
    Semana retrasada estive em uma loja na Riachuelo do Plaza Shopping Niterói para ver uma calça jeans e e simplesmente não consegui experimentar nada direito porque estava um calor infernal!! Na hora perguntei para as vendedoras e elas disseram que era um defeito do ar condicionado, mas agora lendo que você passou pela mesma situação, em um outro shopping, achei curioso. Será que todas as lojas da Riachuelo estão assim? Porque, de fato, é muito desconfortável experimentar roupa suando, no calor. Ainda mais no Rio de Janeiro! Sem condições. Resultado: Saí de lá e encontrei uma calça boa em outra loja, onde pude experimentar normalmente, sem suor excessivo. No final, acho que essas coisas contam sim quando vamos escolher uma roupa, pois é na loja que experimentamos e decidimos se vamos levar ou não.

    Beijos!!