Dicas de estilo para quem é desorganizado

Antes de qualquer linha a ser escrita aqui, preciso esclarecer que não estou nem perto de ser uma Thais Godinho para entender e indicar alguma coisa de organização, pelo contrário: como boa desorganizada que sou, eu tento criar métodos para não me atrasar mais em compromissos. Sim, eu acho péssimo fazer o outro esperar – muitas vezes faço tanta coisa que não dou conta dos horários, mas até nisso eu preciso melhorar pra caramba.

Eu comi muito nos últimos meses, engordei, voltei a fazer exercício só agora, mas estou investigando umas mudanças hormonais e, com isso, minhas partes de baixo estão apertadas. Aí, o que acontecia: eu me planejava com antecedência, pensava numa produção, aí deixava pra prová-la perto da hora de sair, passava, e quando colocava…ficava meio justa. Volta pro armário correndo, pensando num plano B que dê certo em menos de 30 segundos, que não dê trabalho pra passar…aí ou eu me atrasava ou saía de casa com uma roupa que não tinha nada a ver pro que eu queria.

Fora a correria: numa semana, por ex., eu fiz três viagens, dei aula, atendi, fui a reunião. O cansaço provocado pela rotina e a total falta de tempo estava me deixando de mal com o espelho, já que pra me arrumar eu tinha apenas 5 nanosegundos livres.

bps-hojevouassimoff-16
Eu, num trabalho ano passado, com um look curinga que eu já repeti outras 500 vezes para evitar atrasos.

O problema quando você não se planeja inclusive no seu vestir é que o estresse provocado pela correria pode te limitar em possibilidades no seu guarda-roupa, tornar suas produções monótonas, sem detalhes e cores e, principalmente, afeta a sua autoestima.

Essa necessidade de tentar ser menos caótica veio de uma sobrecarga de trabalho nos últimos tempos. Toda vez que eu viajava, enfiava roupa preta na mala, ia palestrar me sentindo mal com a produção, atendia a cliente de consultoria com blusa manchada porque, com o cansaço, tinha guardado embolada com outra, aí depois eu via que tinha sujado de batom e era pra ter separado pra lavar.

Com várias frentes de trabalho, ou eu me organizava ou eu surtava. Por isso separei nesse post algumas estratégias que eu venho adotado (eu, Ana, pessoa que desconhece métodos de organização nível avançado, hahaha):

1) Desentulhe seu armário e organize

Não tem coisa mais clichê que isso, mas é o básico do básico: não tem como se achar no meio do caos. Digo isso por conta própria, quando desentulhei o armário, liberei espaço para visualizar tudo o que eu tinha e perceber o que havia sido usado uma vez em mil anos. Se eu não usei até hoje, mesmo custando dindin, não valia a pena ficar ali, atravancando, não é?

revitalizar

A gente têm um apego que não faz sentido quando socamos novidades a cada semana pra dentro do armário, principalmente por acreditarmos que armário cheio é sinônimo de possibilidades. Não é! Se eu já estou cansada, fico mais confusa ainda com mil opções. Saia roxa ou calça laranja? Blusa de babados ou jaqueta neon? No final eu sinto uma preguiça infinita de raciocinar produções diferentes e vou pro basicão.

O Vida Organizada tem um post ótimo para nos guiar: destralhe seu guarda-roupa por categorias. Assim nos organizamos por tipos de roupas um pouquinho a cada dia e em algum tempo o armário estará organizado por igual!

Outra coisa que fez uma super diferença para eu me localizar foi separar meu armário por categorias, assim, localizo até no escuro o que eu preciso, sem perder tempo procurando:

– uma parte só de camisas, organizadas por cores, das claras às escuras
– outra só de casacos, blazers, jaquetas, também organizadas por cores
– um nicho só de saias
– uma gaveta só de blusas coloridas
– mais uma, só de blusas pretas e brancas

Nesses posts eu compartilho como tenho organizado cintos, blusas em gavetas/caixas e uniformizando cabides, que facilitaram demais minha vida!

gaveta-dobras
Foto da gaveta de uma cliente: depois dobrei igual igual e agora acho minhas blusas em segundos!

2) Separe um dia para testar opções e se fotografar

Ao invés de passear no shopping e conferir as novidades, eu abria o armário para testar novas coordenações com o que eu já tenho. Elegia uma peça-chave ou me desafiava a montar look com algo que estava há séculos sem uso, por exemplo. Me movimento pela casa com a roupa, sento, simulo um dia com ela para ver se a saia não é daquelas que fica rodando (hahaha quem nunca?) ou se a calça não vai pegar na barriga quando eu sentar.

Fotografo todas as ideias e separo em pastas no celular: trabalho, palestra, aulas, para atender clientes.

PicFrame(8)

Com isso você testa aquela roupa e evita desconforto no dia que usá-la, ou se olhar no espelho e odiar o look no meio do expediente.

3) Tenha uma pasta no Pinterest para se inspirar

Quando estou sem ideias eu recorro ao Pinterest. Digito, por exemplo, calça vinho ou marsala pants e separo as opções que têm a ver com o que eu já tenho no armário, para eu testar depois na prática.


4) Separe duas opções de looks no dia anterior ao compromisso

Essa nunca funcionou muito bem pra mim, mas comecei a adotar depois que eu percebi que odiava me arrumar pela manhã ou, como boa procrastinadora que eu sou, deixava para pensar sobre isso no último minuto antes de sair.

look-dia-anterior

Dou uma olhada na previsão do tempo para evitar sustos e penso sobre o compromisso que tenho no dia seguinte. Aí deixo estrategicamente duas opções de looks para, caso eu pegue birra daquele na hora, hahaha, eu tenho uma outra carta na manga. 😉

5) Tenha looks-chave para viagens, eventos e reuniões

Eu tenho um problema sério com looks de eventos ou palestras: sempre fico insegura, como sou fotografada muitas vezes de ângulos variados eu tento ficar o mais alongada possível e com roupas confortáveis.

roupa-workshop-1

Duas peças que já viraram minhas curingas para workshops e palestras são esse vestido preto Espaço Fashion e esse macacão de um ombro só alfaiataria da Andrea Marques que me deixam sempre apropriada e elegante. Já sei que são itens que funcionam, que cumprem seu papel e não têm erro! Aí jogo na mala sem medo e nem perco tempo pensando muito. 🙂

Como ambos são de cores sóbrias – preto e cinza – eu sempre coloco pontos de luz e cor com brincos, acessórios, esmalte e batom!

6) Deixe seus acessórios à mão

Eu já falei de organização lá em cima, mas volto a repetir sobre os acessórios! É muito fácil jogar colares e brincos na caixa do limbo e esquecer seu uso no dia a dia, quando na verdade são eles que mudam o tom das produções em poucos segundos. O mesmo vale para sapatos e lenços!

cabides-salva-colar
Cabides organizadores de colar: dica da Dani!

7) Não tem tempo? Vá simples com uma terceira peça bacana.

Se atrapalhou, não tem tempo de pensar muito? Escolhe um look básico, tipo um top bacana e uma calça jeans ou alfaiataria e manda ver uma terceira peça, de preferência uma que deixe tudo mais elegante, como um blazer, por exemplo. Pronto! Em segundos você já está perfeita para várias ocasiões e nem precisou se atrasar. 🙂

blazer-amarelo-6
Na dúvida eu sempre vou basicona e mando por cima uma terceira peça de material bacana, como esse blazer de seda Andrea marques comprado em bazar

8) Faça uma revisão das roupas semanalmente

Nós, os desorganizados, temos propensão a sair embolando tudo depois que usamos em cadeiras ou pufes. No final da semana eu me obrigo a revisar a bagunça, separando o que precisa lavar, ir pra lavanderia e o que ainda rola usar mais uma vez.

Isso evita também que manchas passem desapercebidas ou botões por pregar e que, quando eu queira usar determinada peça, ela já esteja na minha respectiva gaveta e limpinha. =)

Alguém aí tem mais dicas para quem é desorganizado tentar botar alguma ordem no seu vestir? 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

20 comentários

  1. Paula comentou:

    Amei esse post!!!
    Usei uniforme por mtos anos,e trabalhava no período da tarde/noite.
    Mudei de emprego e acordo cedo e não uso mais uniforme! Kkk
    No começo até pensava em looks para a semana toda, pois não estava acostumada a pensar no que vestir todos os dias.
    Tento pensar antes de dormir no que posso usar no outro dia e isso me ajuda bastante.Em um dia de evento importante e correria fui de macacão preto, sapatilha pq ia andar mto e uma terceira peça estampada com maxi colar e fixou bem ok!
    Eu sou fã de roupa no cabide,não gosto de dobrar blusas que amassam e para mim o que funciona é passar roupas no máximo a cada 15 dias e ter sempre a roupa passada no armário. Se a roupa que eu vou por no outro dia sei que amassa msm no cabide eu borrifo um pouco de água e deixo secando durante a noite…e tem funcionado!
    Ninguém merece acorsar atrasada e ter que passar roupa! Kkk
    Beijos

    1. Ana Carolina respondeu Paula

      Boa! Eu fiquei depois pensando que tinha que incluir essa rotina de passar roupa nesse post…acho que vou acrescentar!

  2. Carla comentou:

    Rapá, eu achando que era desorganizada… Vou dar uma dica: compre uma arara de roupas pequena, quando você chegar, ao invés de jogar tudo embolado no puff, pendura direto lá no varal das roupas usadas, já deixa um monte de cabide lá mais do que ache que vai usar. Evita que as roupas fiquem emboladas com o suor do dia, daí mesmo que você não vá mais usar a roupa, não vai embolar suada/com perfume ainda que fosse direto no cesto de roupa suja. Eu já tiro tudo (roupa,acessório, sombrinha) na frente da arara e vou direto tomar um belo banho…

    1. Ana Carolina respondeu Carla

      Excelente dica, Carla! Vou comprar uma mini arara 🙂

      1. Carla respondeu Ana Carolina

        🙂

  3. Karin comentou:

    Boa dica, Carla! Excelente post, Ana! Parabéns pelo trabalho incrível que faz no blog. Amooo de esse espaço aqui! Beijos

    1. Carla respondeu Karin

      🙂

  4. Jacqueline Paes comentou:

    Ana, como sempre, ótimo post! Apenas uma correção: DESAPERCEBIDO não é sinônimo de DESPERCEBIDO. São palavras distintas que as pessoas insistem em tratar como sinônimas.
    Despercebido – refere-se a algo que se não se nota, imperceptível
    Desapercebido = desprevenido, desprovido, desguarnecido de algo.
    Só pra gente ser elegante por inteiro! Usando bem nosso idioma!! rs
    Um bj

  5. Natalia Zanardi comentou:

    Parabéns Ana e obrigado por compartilhar sua experiência de vida! É sempre inspirador! Cada dia que se passa amo mais o seu blog S2!! As dicas da Paula (sobre guardar a roupa já passada) e da Carla (roupas usadas direto para a arara) realmente mudaram a minha vida! Tenho praticado isso já há algum tempo e fez uma diferença tremenda na organização da casa!!

  6. Karen comentou:

    Ana, fica uma sugestão pra vc do que faço sobre fotografar looks. Eu tenho pastas privadas no pinterest divididas em categorias que funcionam pra mim: trabalho, calças, shorts, vestidos… Assim vc nao precisa encher a memória do celular com as fotos!
    Bjo grande

  7. Geisa Alves comentou:

    Oi Aninha. há tempos ando meio desanimada pra me arrumar, já que mudei o horário da academia para antes do trabalho. Antes malhava depois e era uma maravilha, pois podia acordar e escolher a roupa de acordo com meu humor e clima. Agora acordo, tomo um café corrido, coloco a roupa de malhar e quando chego aqui no centro com a roupa, sapatos e acessórios na mochila, já chego cheia de dúvidas e quando visto não gosto tanto assim. Passo o dia de mau humor com meu visual e isso é um saco total. Eu estou adorando malhar de manhã e a diferença que isso tem feito no meu dia, mas confesso que trazer toda a parafernália de roupa e cosméticos pra tomar banho e me arrumar na academia tem me dado uma preguiça daquelas. No verão tava fácil porque eu sempre apelava para os vestidinhos e sandalinhas frescas. Mas agora… Tá difícil pensar antecipadamente em alguma combinação calça, blusa, casaquinho e acessório que me deixe feliz. Logo eu, tão amante das estações frias.
    Vou tentar a coisa de testar alguns looks antecipadamente e deixar reservado pra decidir na hora de sair de casa pra ver se dará certo.
    Beijo, lindona!

  8. Amadna comentou:

    Adorei as dicas Ana!! Eu tenho a maior dificuldade de separar roupa no dia anterior, mas to tentando aderir, pq senão chega de manhã e acontece exatamente isso… eu tenho que escolher às pressas e muitas vezes acabo insatisfeita ou no basicão, mesmo.
    Tenho experimentado minhas roupas e combinações, como vc sugeriu! Só falta fotografar e arquivar, pra não esquecer depois! rsrs
    Próximo passo é a organização das gavetas, adorei a dica! Tão ruim deixar de usar roupas pq vc esquece que estão ali!
    Beijão! Amo o blog! :))

  9. Juliana M comentou:

    Meu corpo é estilo safona tenho 20 poucos anos o metabolismo já não é o mesmo do início dos 20 aninhos de gata garota,estou virando raposa,rss!!!daí perdi um montão de roupas pois já não servem+ algumas doei e outras teram o mesmo destino,algumas reformarei assim espero.
    Mudando de assunto Ana cadê os Achadinhos?
    Amava as dicas das outras leitoras das fotos dos lookes da delas e tal…ou ainda daquela peça difícil que parecia não se encaixar numa produção,cadê?
    Se perdeu isso???
    Adorava essa interação.

    1. Ana Carolina respondeu Juliana M

      Oi Ju, eu estou com uma sobrecarga de trabalho grande e ainda mal de saúde. Eu não estava dando conta de tudo, então estou dando um tempo e assim que o layout novo entrar no ar – em junho ou julho – eu volto com várias tags! 🙂

      1. Juliana M respondeu Ana Carolina

        Eu entendo a que a questão do trabalho consequência do seu talento e comprometimento,só te desejo sucesso ainda+,a saúde é fator primordial pra vida não se descuide dela já+,de resto tenho a dizer que quero tiver brilhar ainda+aqui no blog,espero vôos+altos na sua carreira você merece:-)

  10. Lu comentou:

    Oi Ana, adorei o post. Só quero te avisar q o macacão cinza está mostrando seus mamilos “acesos”. Só estou avisando pq não sei se vc percebeu, as vezes um toque de alguém pode ajudar. Desculpe se estou sendo indiscreta.Parabéns pelo blog.

    1. Ana Carolina respondeu Lu

      Oi Lu! É a costura que dá essa impressão. E se mostrar tb, não tem problema, não uso sutiã mesmo 😉 Beijos!

  11. Gente, esse texto é de utilidade pública! Eu sou muuuuito desorganizada para me vestir porque tenho preguica de me arrumar pra sair rsrs. Adorei as dicas e vou implantar.

  12. Preciso trabalhar com roupa social, mas não gosto de roupa social.
    Sou baixinha, tenho seios grandes, braço gordinho, gordurinha aqui, gordurinha alí, manter tudo isso sobre controle dentro de um terninho sem parecer um botijão de gás não é pra mim, ainda mais juntando o trânsito, acordar cedo, maquiagem, ônibus, metrô, salto alto, cansaço e etc.

    Comecei juntar nos próprios cabides coisas que poderiam ser usadas juntas, para economizar roupa, afinal… quem trabalha fora sabe: você gasta roupa, não tem tempo pra lavar, não tem tempo pra passar. Ai quem me dera poder usar uma mega produção por dia sem me preocupar em ter que lavar cinco calças, cinco blusas, cinco casacos, etc… Não dá, né?

    Então separo no domingo a produção da semana: duas partes de baixo e cinco combinações para os dias da semana: calça azul marinho com blusa vinho; calça azul marinho com blusa bege; saia caramelo com blusa preta, saia caramelo com blusa branca, calça azul marinho com blusa laranja… tudo para deixar a manhã mais fácil e parecer que você se importa com o que veste, intercalando tudo parece que você montou uma produção pra cada dia e nem parece que só foram dois minutos pra se vestir de manhã.