Meu armário-cápsula de verão: colorido e estampado!

Depois de um dia inteirinho dedicado a isso, aí está! Meu armário-cápsula de verão bem colorido e estampado, com texturas variadas 🙂

A ideia veio a partir desse post, em que sugeriram que eu montasse um AC fora do padrão mais básico, abusando do colorido e estampas. A verdade é que tanto as básicas como as criativas podem adotar o armário-cápsula, cada um ao seu estilo e maneira. O importante aqui não é se prender a regras ou certos e errados, mas perceber o que funciona na real pra você.

armario-capsula-hojevouassimoff

Separei 21 blusas, quatro terceiras peças (faltou um colete de linho que está lavando e não fotografei) e 12 partes de baixo, contando com os vestidos. De bolsas separei as minhas duas bucket bags da Adô e uma também Adô para o trabalho.

Já com os sapatos, peguei uma espadrilhe baixa vermelha Filipa, uma espadrilhe alta dourada Sonho dos Pés (que desintegrou), quatro sandálias rasteiras, um tênis branco Adidas, uma sandália anabela dourada e uma sandália mais phyna roxa. Estou zureta de cansaço e amanhã atualizo o post com os sapatos!

No total eu reduzi meu armário a 46 peças! Não somei as bolsas, nem os acessórios, muito menos lingerie, roupas de academia e de ficar em casa.

O total tinha dado 42 peças, mas achei melhor incluir mais 4 blusas pois como eu suo demais, a demanda por partes de cima será acima do normal.

Com essa quantidade eu vou montar mais de 500 opções de looks, sem repetir, variando mais os acessórios e ficando até o final dessa estação sem comprar roupa. Pra mim isso é mais um alívio do que tortura.

No dia que eu estava fotografando com a ajuda de uma amiga parte das roupas, a amiga dela comentou da quantidade absurda de roupa que eu tinha – e ela só viu as peças do AC. Eu também fiquei boba como 46 peças já é coisa pra caramba! Cansou fotografar, cansou passar e guardar. Fiquei mor-ta só cuidando desse montinho!

Ora, eu trabalho enxugando armários e NUNCA tinha separado as horas necessárias para fazer uma revitalização profunda no meu. Como eu ganho roupas e sapatos por conta do blog, a cada três meses eu tiro muita coisa de dentro, mas não com o mesmo esmero e a atenção que eu fiz há alguns dias.

Pra entrar é fácil e a gente nem se dá conta, vai em doses homeopáticas, mais suaves…mas na hora e pegar TUDO de uma vez, é que a gente vê que tem mais do que pode dar conta. À medida que eu tirava tudo, dava uma gastura, uma sensação muito ruim de ter perdido tempo acumulando tanto.

O processo

Antes de tudo, é preciso deixar o armário bem conciso e organizado para poder visualizar o que se tem. Eu criei quatro pilhas:

– Pilha do desapego – essa é a parte mais difícil, sem dúvida. Tudo que estiver desgastado, puído, manchado, o que enjoei, o que não serve mais, não uso ou nunca usei, veio pra cá para ser doado e para ir depois pra minha loja no Enjoei. Desapeguei de coisas lindas, mas que não tinham mais a ver com meu estilo ou eram quentes demais.

– Pilha da dúvida – todas as peças que eu quero testar com calma depois em outras produções para avaliar se rendem no mínimo três looks diferentes entre si e se merecem ficar ou se devem sair.

– Pilha da reforma/lavanderia – tudo que precisava de bainha, ajuste, pregar botão, consertos ou que poderia ser transformado numa peça diferente da proposta original, além das que só lavam a seco!

– Pilha dos amados para o armário-cápsula 🙂

Como eu fiz a seleção

Como o calor carioca é sufocante nessa época do ano, eu só separei peças fresquinhas, de tecidos leves e a maioria em fibras naturais como algodão e linho e artificiais, como viscose.

Foi moleza também escolher as que iam entrar, já que o calor desanima na hora de me vestir, hehe. A ideia é que cada parte de baixo renda, no mínimo, 3 combinações diferentes entre si!

Optei por mais partes de cima, alguns poucos vestidos (porque são as peças menos versáteis!) e, em menor proporção, as partes de baixo como calças, saia e bermudas.

O azul foi a cor escolhida como a principal para este armário, com o cinza e branco como neutros de base.

Selecionei também uma boa quantidade de peças listradas, o neutro das estampas, para fazer combinações espertas com as outras.

Separei esse vestido verde, que tem uma modelagem mais elegante, de tecido plano para usar tanto no dia a dia, como em algum evento ou festa. Esse look já faz parte do meu AC de verão!

vestido-hojevouassimoff-5

As calças, as bermudas branca e vinho, assim como a única saia da seleção e o vestido da Benta são para os looks de trabalho. Aliás, fiquei surpresa que eu só peguei uma saia e investi pesado nos shorts e bermudas!

Outro aspecto positivo é perceber também o que está fazendo falta no seu guarda-roupa. Se vocês notarem, eu escolhi peças-chave como blazers, cardigan, t-shirts e peças lisas em cores neutras e neutras coloridas, para dar a liga necessária às outras cores e estampas. A base do seu guarda-roupa deve ter itens de qualidade para ajudar a fazer render os looks. =)

Os próximos passos

Agora vou mostrar para vocês todos os looks que essa seleção vai render. São tantas, mas tantas opções, que eu poderia viver facilmente com essa quantidade.

Vão rolar também variações de looks de trabalho, de lazer e até de eventos! A proposta é não comprar nada nesse período, para deixar a criatividade fluir apenas com o que se tem e emprestar um novo olhar pras suas roupas.

No final desse período, o dindin guardado pode ser usado para comprar o que você avaliou ser necessário entrar para deixar o armário coeso. No meu caso, o dindin vai ficar guardado mesmo para usá-lo em coisas mais espertas que abarrotar de novo meu armário, já que tenho muita roupa =)

Apesar de preparar esse para mostrar como o AC pode ser mais do que jeans e preto e branco (repararam que não tem nada jeans? hehe), não sei se farei para as outras estações. Vamos ver! 🙂

Mais detalhes sobre o processo podem ser vistos nos posts da pioneira Gabi!

E aí, gostaram da seleção? Faltou algo ou tá bem colorido? Querem sugerir alguma outra coisa? Vamos nessa! 😀

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

37 comentários

  1. Jane comentou:

    Amei toda a idéia.. preciso disso na minha vida! O que mais acho legal é que seu armário cápsula, pelo o que eu entendi,será utilizado para montar looks para sair e looks para trabalhar. Eu por exemplo não consigo usar roupa do trabalho pra ir no cinema no fds ou em um barzinho. Mas sinto falta de conseguir fazer essas adaptações, porque tem muita coisa no mundo mais interessante para investir que não é roupa.

  2. Cláudia comentou:

    Ana, gostei muito do seu armário.

    Tenho feito desapegos semanalmente, mas tenho tanta, mas tanta (algumas roupas têm mais de 10 anos e ainda me cabem e ainda gosto delas) roupa que nunca acabo. É cansativo demais. É um exercício muito difícil, principalmente quando vc quer muito diminiur a quantidade mas tem muitas peças das quais voce não quer se desapegar… E, se torna ainda mais difícil quando ouço comentários do tipo “mas tá tão bonitinho em você, não vende não”, “poxa, mas eu te dei com tanto carinho”, etc…

    Só senti falta de algumas peças Ronaldo Fraga e, principalmente, do vestido Ronaldo Fraga com modelagem solta e bolso faca num formato meio em “v”. Este e o vestido da cantão (que está no seu AC) são minhas peças preferidas do seu acervo, sem sombra de dúvidas!! Mas, não se deixe influenciar pelo meu comentário, é só minha curiosidade mesmo. Se for vender algum dos dois no enjoei (sempre olho suas lojinhas), me avise, pelo amor de Deus!!! =)

    Beijos.

    1. Juliana respondeu Cláudia

      Cláudia, posso palpitar? Se não te ascende o coração, passa pra frente. Se a pessoa te deu com carinho, também tem que ter carinho na hora de entender que aquela peça vai ser mais querida por outra pessoa, que a sua história com aquela peça acabou – sem rancor, só passou o tempo!

      Se não te tá tesão, não ouve muito o que os outros dizem não – ouve teu coração mesmo!

  3. Cynthia comentou:

    O armário cápsula mais lindo e situado para o verão brasileiro que já vi <3

  4. Marcela comentou:

    Adorei, Ana! Tenho certeza que vão sair looks lindos das suas escolhas! E fiquei feliz que o seu cápsula não é tão básico/ neutro quanto a maioria dos que a gente vê por aí.. pra provar que AC pode dar certo pra qualquer estilo!

    Preciso muito investir em peças melhores e juro que mal sei por onde começar. Queria te contratar pra consultoria de estilo + montar um AC, mas moro em Londres e não consigo levar tanta coisa quando vou pro Brasil.. Se você vier passar férias por aqui qualquer hora e quiser tirar uns dias de trabalho aí daria certo! hahahah 🙂 Adoraria!
    Beijos!

  5. Lídia comentou:

    tb fiquei chocada com a quantidade SÓ do AC!!! sempre ficava pensando: nú, ela tem roupa demaaaaais..hoje pude constatar!!!kkkk 46 peças deve ser o total de todas as roupas que uso!!!kkk

    1. Tagiane respondeu Lídia

      Lídia me identifiquei total contigo. Acho que 46 é o número total de roupas no meu armário, kkkk.
      Mas nesta busca de tentar encontrar um estilo, me encontrar, o blog da Ana tem sido fundamental.
      E não só em questão de moda (não sou taãããooo ligada assim no assunto), mas em questão de viver melhor comigo mesma neste mundo maluco em que estamos.
      Aqui é leitura diária e inspiradora 🙂

      1. Tati de Porto Alegre respondeu Tagiane

        Tô com vcs, meninas! Choquei com o tamanho dessa cápsula! Sempre imaginei ACs com uma dúzia de peças no máximo… Fui lá no meu armário e contei só as peças que tenho usado para trabalhar nas últimas semanas e descobri que meu armário de verão já é uma cápsula, uhuuuuu!!!
        Vai ver são os anos lendo o HVAO 😉
        (Tá, não contei direitinho, mas percebi que no 20 e poucos eu já estava fazendo força pra incluir na contagem peças que tlvz eu nem tenha usado recentemente…)

        1. Ana Carolina respondeu Tati de Porto Alegre

          hahaha, gente, eu precisava incluir muitas peças, lembrem-se que aqui no Rio faz 56 graus de sensação térmica e eu suo demais, demais, demais! 🙁

        2. Ana Carolina respondeu Tati de Porto Alegre

          E AC são de acordo com a demanda da vida da pessoa 🙂

          1. Thais respondeu Ana Carolina

            Poderia ter comentário-cápsula para reduzir alguns ao essencial também!

      2. Lídia respondeu Tagiane

        Tagiane, tb estou em busca..estou chegando à conclusão de que não tenho UM definido!!kkkk gosto de quaase tudo e ao mesmo tempo sou básica..vai entender..mas a Ana tem me ajudado mto!!bjs

  6. Marcella comentou:

    Ana, tem jeans na camisa da Mixed para C&A…eu amei esta camisa, amei mesmo mas nao comprei por ser de FF, quem sabe a gente nao se encontra um dia em uma outra marca…..rs 🙂 Talvez eu faça tb um AC! Vc me inspirou! 🙂

  7. Cinthya comentou:

    Genteeeeeeeee! Ana, não tem roupas pretas na sua seleção. Nem uma leggingzinha ou um jeans. Muito ousada a senhora, hein?!
    Eu não sei se conseguiria. Mas quero muito tentar diminuir a quantidade absurda de roupas no meu armário. E pior é que acabo usando de verdade quase sempre as mesmas. Não sei se 46 peças seriam suficientes para mim, ainda mais pq trabalho em escritório e tal, então, mal ou bem, tenho que ter uma ou outra roupa mais formal pra um dia de reunião. 1 calça só também! Nossa, que orgulho de você. Tomara que você consiga nos incentivar ainda mais criando looks incríveis com essas poucas peças coloridas que você selecionou.

    Beijos!

    1. Ana Carolina respondeu Cinthya

      Oi Cinthya! Tem uma blusa preta de alcinha e só! 🙂 de calça tem duas! E vamos que vamos!

      1. Cinthya respondeu Ana Carolina

        É verdade!!! Rsrs… É que a pantacourt eu esqueci. Rsrs!
        E as peças pretas normalmente são as de baixo né? calças, short, saia… Pra ficarem mais fáceis de combinarem com as blusas estampadas!

        beijos!

        1. Ana Carolina respondeu Cinthya

          Simmm, exatamente! É que preto nem sempre gera um contraste harmonioso! 😀

  8. veronica comentou:

    Eu não saberia viver sem calça jeans..
    Mesmo no Rio 50 graus kkkk

  9. Karla comentou:

    Ana, adorei o post!! Me inspirou pra fazer uma limpa no meu armário que estou adiando há tempo (preguiça feelings…). A propósito, interessante o “gastura”. Pensei que fosse coisa de capixaba… rsrsrsrs Beijos

  10. Sabrina Corredor comentou:

    Ana, seu armário cápsula ficou simplesmente lindo!!! Parabéns! Eu ainda não fiz o meu cápsula, mas reduzi 50% do meu armário. E estou reduzindo ainda mais, pois tenho 140 peças (sem contar lingerie, bolsas, sapatos, roupas de praia e de academia). Mas agora estou começando a separar as peças por estação em um armário e uma gaveta (aqui no meu quarto tenho 3 armários, mas 1 é só de roupas de inverno e da minha mãe). Espero que eu também consiga.
    Uma pergunta, em qual programa você fez a montagem das suas roupas?
    Beijos

    1. Ana Carolina respondeu Sabrina Corredor

      Obrigada, Sabrina! 🙂 Eu montei no photoshop e no indesign, sou designer, hehe! Simbora no desafio! Beijos!

  11. Camila Oliveira comentou:

    Acompanhei a Gabi na parte invernal, agora tô acompanhando com esse calor, assim como ela, tenho certeza que você vai tirar de letra também. Sinceramente, ainda que a gente precise exercitar a criatividade do guarda-roupa todos os dias, achei essa ideia do AC maravilhosa e até penso em fazer um pouco mais pra frente. A ideia do NÃO JEANS é boa, assim faz a gente pensar mais no que pode substituir o mesmo. Adorei as suas blusas, de verdade, coloridas e maravilhosas.
    Tenho certeza de que você conseguirá agora e nas próximas estações. Desejo que a saga continue nas próximas estações e boa sorte com o calor, porque tá demais.
    Ansiosa para os looks que serão montados com as escolhas feitas!

    Beijoks <3

  12. Gabi comentou:

    Esperava ansiosamente por esse post! Que armário capsula maravilhoso, queria roubar pra mim hahahaha. Eu adoro uma estampinha apesar de também amar os básicos. Achei suas escolhas maravilhosas! Quero muito ver os próximos posts! 🙂

    Um beijo, Ana! Amo muito seu blog!

    http://gabivasconcellos.com.br/

    1. Ana Carolina respondeu Gabi

      Obrigada, Gabi! To amando seu canal de youtube 🙂

  13. Rachel comentou:

    Adorei a ideia do post, vi meio rápido no trabalho, mas vou ler com mais calma com certeza!! Gostei de não ter jeans. Estou repensando ele no meu guarda roupa pq aqui em Recife o calor não tá fácil!! Beijos Ana.

    1. Ana Carolina respondeu Rachel

      Amo jeans! Mas nesse calor sufocante não rola mesmooooo 🙂

  14. Geisa Alves comentou:

    Ana, adorei o o AC!
    Também não me imagino sem jeans, mesmo nesse calor dos infernos que tem feito nesses últimos dias aqui no Rio, tem que ter unzinho que seja rs.
    Mas Fiquei empolgada pra tentar um também.
    Se eu conseguir, eu volto aqui e te conto!
    beijos!

  15. Alexandra comentou:

    Oi Ana, v. já está usando esse AC desde o início do verão, dezembro?

    1. Ana Carolina respondeu Alexandra

      desde janeiro, meados de janeiro! dezembro eu não consegui bolar nada. Mas pra compensar pretendo usar até final de março, pegar outono, porque o calor não vai melhorar muito não, rs

  16. Thais comentou:

    Imagino o trabalho para fotografar e montar esse post!
    Muito legais todas as peças, Ana. Não vejo a hora de conhecer os looks! 🙂

    1. Ana Carolina respondeu Thais

      obrigada pelo reconhecimento, Thais, querida!

  17. Larry comentou:

    Oi Ana, amei a ideia, mas confesso q não saberia nem por onde começar o meu AC. Amo estampas e vestidos, coisas q amarram um pouco a.variedade de looks. E ainda estou muito tímida nos crash de estampas…
    Doida pra ver os looks e me inspirar. Assim como VC, Amooo listras e bolotas 😉
    Obrigada por sua generosidade!!!
    Bj

  18. Milene comentou:

    Inspirador!

    (Comentário capsula – colocando em prática a sugestão da Thais, haha)

  19. Ariana Melo comentou:

    Adorei a proposta, e te parabenizo pela coragem!! Tanto para se desfazer de peças, como para separar e organizar tudo! No final, você deve ter se sentido bem mais leve, de corpo e alma!
    E as peças são todas a sua cara! Isso é o mais importante.
    Ainda não tenho coragem de montar um armário cápsula, mas pelo menos consegui reduzir muuuito mesmo minha loucura pra comprar..

  20. Dani comentou:

    Eu, que depois de começar a graduação de moda, de viver o outro lado da produção e sentir como a indústria pode ser frustrante, deixei de comprar por comprar. Hoje eu produzo minhas próprias roupas (estudo modelagem e costura) e priorizo roupas de qualidade e duráveis. Quero muito montar um armário cápsula, ainda mais que eu só uso roupa preta, acho mais fácil, certo? Mas eu to num problemão de apego: me vi com 90 pares de sapatos no armário! Socorroooo! Tirei alguns pra vender, pra doar mas ainda sou muito apegada a quase todos, mesmo que atualmente eu não use mais os saltos agulhas. O que eu faço?Beijos Ana, sucesso sempre

  21. Oi, Ana!!
    Adorei o post. Na virada do ano eu comecei um projeto parecido, seis meses sem compras. Pra dar uma animada e me obrigar a usar melhor as minhas roupas, o desafio é não repetir combinações em nenhum dos dias desse semestre. Já fiz um projeto parecido por quatro meses e fiquei impressionada com a infinidade de produções que podemos criar com as peças que já estão no armário. Semanalmente eu posto os looks e conto como foi a minha semana sem compras.

    http://www.trintaepoucos.com/#!Seis-meses-sem-compras-2/cmbz/56ae90f80cf2fb0f6fe558eb

    Beijos,

    Karla Alvera

  22. Eu AMEI tudo! Aprendi enquanto fotografava e lendo o post! Que venham mais 🙂