Camila Coutinho para Riachuelo e Blue Man para C&A

Algumas leitoras já me mandaram mensagem perguntando se cobrirei a coleção da Camila Coutinho para a Riachuelo que chegou hoje em 144 lojas do país – todas comentando que confiam na minha opinião. Vejam se isso não é de me deixar inflada de orgulho e de agradecer o reconhecimento de vocês! 🙂

Deixei passar recentemente algumas coleções especiais por total falta de tempo (e também um pouco de saco cheio com tanta repetição e frenesi de lançamentos um atrás do outro), mas dessa vez não poderei por uma questão de saúde. Descobri hoje mesmo que eu estava prestes a ter outro piripaque na coluna (quem é leitora antiga sabe que tenho duas protusões na lombar – dá pra reparar pelas fotos de ontem eu tortinha de dor) e fui salva a tempo pelo meu médico acupunturista. A recomendação é pegar leve nos próximos dias e isso inclui ficar abaixada em provador, pegar peso, etc. =(

Confesso que eu nem considerava ir, no meu critério acho mais interessante e coerente analisar coleções de marcas e estilistas, mas entendo que Camila é uma personalidade e isso gera curiosidade. Uma amiga querida foi ao lançamento ontem na Oscar Freire e me mandou algumas impressões, por isso vou aproveitar para adiantar algumas coisas que percebi nessas fotos e que ela me contou.

camila-coutinho-riachuelo-2

Algumas peças eram bem a cara da Camila, com uma pegada boho e isso reflete na escolha dos tecidos e nos shapes, com muitas batas e vestidos longos. A maioria sintético e com um toque bom. O short bordado parece ser bem executado mas não sei se as meninas de quadris mais largos curtiram tanto assim.

camila-coutinho-riachuelo

De cara achei tudo meio caro: os vestidos custam mais de 200 reais, essa blusinha de voil aqui embaixo parece ser bem bonita e de viscose, mas 199 reais é demais para a minha atual conjuntura, hehehe! E a minha amiga disse que o tecido era fino demais, que parecia até um papel.

camila-coutinho-riachuelo-3

Alguém foi conferir? O que acharam?

E no dia 01/12 a C&A encerra o ano (UFA) com sua última coleção, dessa vez de moda praia, com a Blue Man. Eu achei as peças de divulgação bem bonitas, gostei das estampas dos biquinis e das roupas – tudo bem a cara mesmo da irreverente grife de beachwear carioca – e uma época coerente para lançar uma coleção com essa temática. Copiei o release para vocês:

“As estampas best sellers da marca foram reeditadas em peças-chave para essa parceria, juntamente com outras peças que trazem a jovialidade e lifestyle da Blueman. Em cada criação, seja para bebês, crianças ou adultos, está estampado o DNA da grife carioca; com profusão de cores, além de sete diferentes estampas.

Imagens de frutas psicodélicas, penas de arara, flores e plantas amazônicas, listras, paisagens do Nordeste são panos de fundo para viseiras, chapéus, espadrilles, sungas, bolsas, camisetas, bermudas, saídas de praia, shorts. Além dos famosos maiôs e biquínis com os perfeitos shapes que fazem da Blueman uma das mais renomadas grifes do país.

Peças-chave da coleção, como bodies, saia lápis e top cropped de manga longa, fazem dobradinhas perfeitas com clássicos imbatíveis da marca, como os maiôs engana mamãe e os biquínis de lacinho, que a C&A relança em versões para todas as idades e todos os verões. A Collection Blueman para C&A estará à venda em lojas selecionadas da rede em todo o Brasil, e no e-commerce (www.cea.com.br) da fast-fashion. Os preços variam de R$ 15,99 (porta-celular) a R$ 199,90 (vestido longo de viscose).”

cea-blueman

Cada peça será vendida separadamente e pelo que eu vi custará em média 70 reais e biquinis 130 reais. Terão espadrilhes, alpargatas, mochilas, necessaires, lancheiras, saídas de praia, camisetas masculinas, saias, jaquetas e até macaquinho jeans.

cea-blueman-4

cea-blueman-3

cea-blueman-2

Subi as fotos para o Google Fotos com os preços (estão no nome das imagens!) da coleção completa – clique aqui para visualizar!

Taí, essa eu vi alguma vantagem, e vocês? Acredito que essa seja em sua maioria de produção nacional, já que biquini é mais coerente produzirem aqui, mas confesso que encerro esse post com um alívio de termos um bom hiato até a próxima avalanche sufocadora de coleções.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

27 comentários

  1. Carla comentou:

    Oi Ana, achei muito caro, me apaixonei pelo vestido longo estampado mas na atual realidade é impossível.Mas de muito bom gosto e bonita, quem sabe sobra alguma peça na liquidação…Beijos!!!!

  2. Oi, Ana!!
    Fui conferir o lançamento hoje e estava com as expectativas altas, já que sou fã da Camila e acompanho o seu trabalho há muito tempo. Como ela era consumidora dessas fast fashions e comentava essas coleções em seu blog, tive um fio de esperança de que ela brigaria por uma qualidade melhor dos produtos. Foi uma grande decepção. As peças pareciam ser de sites chineses, a qualidade está horrível. Todas as peças brancas são muito transparentes. E tudo foi feito na China ou na Índia. Já que economizaram com mão de obra, poderiam ter investido em material de qualidade. Tem post no meu blog com muitas fotos e detalhes.

    http://www.trintaepoucos.com/#!Camila-Coutinho-para-Riachuelo-surpresas-e-decepções-no-provador/cmbz/5655c12c0cf2f26071bcc8b4

    Beijos,

    Karla

    1. Ana Carolina respondeu Karla Alvera

      Jura que é tudo Índia e China? Economizar na mão de obra = explorar seres humanos. 🙁

      1. Karla respondeu Ana Carolina

        Uma das meninas que comentou aqui no blog disse que as calças jeans foram produzidas no Brasil. Acho que só, o resto foi produzido na Índia e na China.

  3. Gisele Moura comentou:

    Gente DNA Camila Coutinho? Vcs tem certeza? Ela que agora só usa grifes internacionais… e se a qualidade for ruim como dizem caiu muito mal… Oportunismo! Não caiam nessa.

    1. Ana Carolina respondeu Gisele Moura

      Algumas roupas as meninas veriam a Camila vestido, bem o estilo dela, massss, como eu disse, só curto cobrir coleção de estilistas/marcas porque aí sim podemos fazer um comparativo se tem coerência com o que a marca vende, as cores e estampas, etc. Pra mim isso faz mais sentido.

  4. Ana!
    Eu fui… achei que faltou qualidade para justificar o preço de algumas peças. Tudo muito fininho e transparente, parecia que ia desfiar no primeiro uso!
    Beijos

  5. Kah comentou:

    Fui ontem dar uma olhada porque estava de olho em uma bata branca com bordados coloridos q eu tinha visto. Quando eu olhei o preço da bata e do resto da coleção desisti. Achei tudo caro e/ou pequeno. Resolvi dar uma volta pelo resto da loja e achei uma bata bem parecida pela metade do preço… Aí valeu a pena!

    1. Ana Carolina respondeu Isis Tomie

      🙂

  6. Fernanda comentou:

    Gente, como assim DNA Camila Coutinho ? Comprei uma saia da Renner há tres anos atrás, igual a esta verde, só que branca.
    E os preços, inacreditáveis para tanto poliéster e tecidos mega transparentes.
    Trabalho no Bom Retiro e sei que estes preços são abusivos para uma fast fashion !
    Pura enganação.A Riachuelo acha que somos otários ?

    1. Ana Carolina respondeu Fernanda

      Pois é, a gente sabe que não existe desenvolvimento dela.

  7. Taninha comentou:

    Ana,
    cheguei a conclusão que não me interesso mais por essas coleções assinadas. Passei da fase de acompanhar e de querer ver ou comprar, sem contar que acho tudo absurdamente caro. Na divulgação da Mixed para C&A vi que era a 50ª coleção e fiquei pensando qtas colecões comprei e como elas eram bem melhores do que as de hoje, tanto nos modelos e na qualidade. Para mim essas colections perderam o sentido, não vale mais meu investimento.

    1. Ana Carolina respondeu Taninha

      Taninha, concordo com vc. E pra mim está sendo um super dilema manter esse assunto.

  8. Juliana M comentou:

    Prefiro ficar em Off:-(

  9. Nat Supeleto comentou:

    Oi Ana! Vi a coleção da Camila para Riachuelo hoje em um shopping aqui no ES.
    Sinceramente eles se esforçaram no design, mas a qualidade deixou muito a desejar. Os preços estão altíssimos em relação às peças. Nem experimentei nada. Eu pessoalmente só gostei até hoje de algumas peças da coleção da La stampa em 2014 para a C e A. E olha que eu compro prioritariamente no fast fashion! Prefiro as peças normais e sempre em tecido plano.

  10. paula comentou:

    Que coleção mais linda da blue man!!! Estou precisando de um biquini ou maiô… Vou lá conferir com certeza! Essa estampa de bananas coloridas está tudo que eu quero!

  11. Denise comentou:

    Aninha, já que você não está satisfeita com as coleções das fast fashion não faça mais as coberturas. Simples assim !
    Você é uma fofa (adoro o que vc escreve), e tá batalhando pelo seu crescimento profissional e também dando dicas de consumo consciente para todas nós. Bacana demais.
    Só acho que a C&A, Riachuelo, Marisa, ou o que for tem o direito de fazer collecions tantas vezes eles queiram. Segue e compra quem quer. Eu, por exemplo, adoro a cobertura da Luciana (beauteBrazil) e da Thaís(achados da Thais). Enquanto elas estiverem felizes postando o assunto, eu vejo.
    Vamos simplificar a vida.
    Não sei se fui clara o suficiente e não tenho a intenção de ofender. Ok ?
    bjs

    1. Ana Carolina respondeu Denise

      Oi Denise! Sim, cada uma ve e se identifica com a cobertura que quiser – quem não curte as minhas, que não veja também 😉

      Eu não cubro NADA obrigada. Só acho que também tenho o direito e a necessidade de mostrar um outro lado, o da falsa necessidade que criam com essa demanda, de empurrarem falsas coleções, com tecidos ruins e gerarem uma expectativa de consumo ruim. Gosto e QUERO mostrar alternativas a isso.

      Cada uma com seu papel e que sejamos todos livres e felizes com nossas escolhas 🙂 Beijos!

  12. Denise comentou:

    Concordo com você, totalmente. Só comentei porque você vive reclamando que não aguenta mais tanta coleção e que questiona a qualidade delas. Só por isso.
    bjs

    1. Ana Carolina respondeu Denise

      simmm, vc comentou de boa! Já teve gente me xingando no email hahahahaha

    2. Ana Carolina respondeu Denise

      e só reiterando o que respondi pra outra menina: eles não precisam de defesa. Eles fazem mal pra todos nós com produção de roupas e mais roupas desenfreadamente. Acho que plantar a sementinha de um consumo mais consciente nas pessoas (e isso significa até comprar melhor em fast fashion) é meu dever com esse blog 🙂 E a reclamação é de quem tá de olho vendo essa movimentação errada deles… Beijos!

  13. Tâmara comentou:

    Coleções de estilistas já não me animam, quanto mais de Blogueiras celebridades.. Tô fora….

  14. Luane comentou:

    Será que um dia teremos Animale para C&A? Teremos um colapso no mundo das elitizadas rs
    Mas na boa, tá chato isso já, banalizaram demais essas marcas. Poxa algumas já fizeram mais de duas coleções em parceria pra fast fashion. E acho que qualquer um já percebeu que o preço abusivo é surreal perto do produto que eles oferecem.
    Não querendo ser excludente, mas preferia a paz das fast fashion quando elas vendiam sua identidade e deixavam as grifes para quem consome grifes…

  15. Danielle de Sant'Anna comentou:

    Ana, estou chocada com esses preços! Oi? Hahaha. Tem que rir dessa piada.
    Além da qualidade baixíssima, temos produtos da coleção normal da Riachuelo. Sabe aquele macaquinho preto com renda nas costas que você tem (e eu tbm tenho, hehehe)? Estava lá com etiqueta da Coleção Especial. Não somos trouxas, Riachuelo! Não somos trouxas, C&A!
    E você é a blogueira mais querida e autêntica de todas!
    Mantenha sua essência sempre!
    Um grande beijo e todo o meu carinho.

  16. Marina comentou:

    B noite! Adorei a coleção Blue Man para C&A, gostaria de saber em quais lojas nas cidades de Belo Horizonte e SP é possível encontrar. Desculpe se essa informação já tiver sido citada.. Obrigada!