Como parecer mais profissional com pouca ou nenhuma grana!

Ontem encontrei uma amiga que não via há algum tempo e ficamos conversando sobre nossas profissões, novos rumos, essas coisas. Ela assumiu um cargo de chefia na editoria de um site de beleza, mas me confidenciou uma questão: por ser bem mignon e uma carinha de mais nova – apesar dos seus quase 30 anos – ela percebe alguns olhares mais duvidosos vindos das estagiárias. Ela sente que precisa dar um upgrade nos seus looks de trabalho para parecer a idade que tem e, principalmente, reforçar a sua estrada profissional.

Como somos da mesma área, humanas, já tive o mesmo problema que ela: podemos trabalhar vestidas com total liberdade, sem essa de dresscode rígido, cores neutras, terninho, nada disso. O problema é que a gente sai da faculdade viciadas naquele básico jeans+camiseta e muitas vezes não percebemos que a vida profissional pode exigir algo além disso.

Mas ela levantou outra questão: como dar esse upgrade sem grana? E nem digo só que os salários andam ruins, galera, mas se manter aqui no Rio é dureza, viu. Sei bem disso porque banco tudo sozinha junto com meu marido e muitas vezes a corda fica no pescoço – eita cidade cara! O foco da minha amiga é a sua casa, ela acabou de se mudar e precisa acertar várias coisas.

Fiquei matutando sobre essas questões e pensei em fazer um post especial “tirando leite de pedra”. Porque é muito fácil falar pra pessoa investir em roupas com aspecto mais profissa e não ter um puto pra sequer sonhar com isso. Fiquei imaginando alguém também recém-saído da faculdade, com suas roupas mais básicas, e tendo que adaptá-las com sacrifício a um novo ambiente de trabalho.

Como eu poderia dar dicas para quem não tem grana ou não está podendo gastar mas precisa de uma direção no seu guarda-roupa para o emprego? Propus esse desafio para ajudar minha amiga e penso que ele pode render até mais de um dia.

Primeiro, um look simples, com algumas das peças mais em conta do meu armário, todas garimpadas em remarcações na C&A:

look-trabalho-hojevouassimoff-8

Blusa C&A – 15,90
Calça Isabella Giobbi para C&A – 59,90
Sapatilha Via Mia – 56,00
Bolsa Aremo que ganhei da marca mas custava cento e poucos
Óculos que ganhei da vizinha Solange

fotos: Isabella Mello

Antes de tudo, é preciso ter paciência. Ninguém que tenha contas pra pagar acaba montando um guarda-roupa completo do dia pra noite: é um processo de médio a longo prazo. Envolve pesquisa, gasta-se muita sola de sapato, tempo com pesquisas na internet…pra ninguém sair comprando a primeira coisa que vê, que pode ser mais cara ou não ser o que você precisa. A gente trabalha, guarda um pouquinho, parcela e compra uma peça; espera terminar de pagar, percebe as possibilidades e investe em outra. É assim mesmo, de grão em grão, mas que tem um retorno maravilhoso em algum tempo.

Vou pontuar algumas ideias que tive para escolher o look-base e as suas variações:

Substitua a calça jeans – Ou escolha um jeans de lavagem escura, que é menos informal. Peguei uma com aspecto encerado, que também dá um toque interessante no look, mas vale calça de tecido, até umas coloridas, com tons mais neutros como bordô e verde-musgo. O negócio é sair do visual jeans-rasgado-largo-tô-na-faculdade.

Blazer, a peça mais incrível do mundo – Como está um calor do cão, a demonstração foi com esse blazer de linho e algodão, hahaha, mas coloquei outra imagem com blazer preto. Na Renner, Zara ou C&A é possível encontrar blazers remarcados com bons preços! Tenho um da Mango garimpado em brechó, olha que alternativa maravilhosa – assim como liquidações, bazares e pontas de estoque. C&A e Renner são imbatíveis nesse quesito: até por 59 reais eu já vi. Perceba o caimento e o corte dele, se gostar, vai na fé: blazers são tipo a salvação da lavoura, na minha opinião. Em 5 nanosegundos a gente deixa uma produção básica mais elegante quando veste um. Vale a pena ser a primeira peça a se investir!

Olha só já a diferença que deu:

look-trabalho-hojevouassimoff-7

Blazer C&A – 89,90

Repararam que dobrei a calça e puxei as mangas? Isso faz a maior diferença no resultado final. 🙂

Mais uma ideia já mostrada aqui no blog, mas com t-shirt e um blazer preto:

160420131-535x828

Acessórios – Peguei essa blusa porque acho que listras são sempre uma boa opção: versáteis e clássicas. A primeira ideia é mostrar que pequenos detalhes podem incrementar o básico. Acessorize a produção! Vale garimpar colares, brincos e anéis remarcados nas lojas de departamento, em feirinhas livres, no Ebay ou Aliexpress, em lojas que estejam liquidando e, principalmente, fuçando o armário da mãe e da avó. Perceba se a bijuteria é bem feita, isso faz diferença no conjunto final. Acessórios são beeeem mais em conta que roupas! E quando sobrar uma graninha, garimpar sapatos e bolsas de qualidade também é uma boa.

Não acho que precisamos subir no salto para pareceremos mais profissionais, mas para quem curte, fica a ideia. Acho que uma sapatilha de bico mais fino e metalizada resolve a questão. 😉

look-trabalho-hojevouassimoff-3

look-trabalho-hojevouassimoff-4

look-trabalho-hojevouassimoff-10

Colar Renner – 59,90
Scarpin Santa Lolla para C&A – 39,90

O legal seria posteriormente trocar peças de malha pelas de tecido plano, mais estruturadas, como algodão e linho, que super deixam os looks com uma cara de pessoa mais “madura”, além do visual mais elegante. Essa saia foi garimpada em uma liquida de 70% de desconto:

look-trabalho-hojevouassimoff

look-trabalho-hojevouassimoff-9

Saia maria bonita extra – 100,00 + ou –
Anel Lita Raies que ganhei da marca

Camisas! – E aí a outra opção é investir em camisas! Adoro mesclá-las com jeans e ficam bem com tudo. Aprendi a amar camisas porque fico arrumada em segundos sem muito esforço e não precisa necessariamente ser um modelo careta ou de cor neutra! E também me deixa com um ar mais sério, menos descontraído. Sempre coordeno com colares mais poderosos, mas vale também anel, brincos, pulseiras…lojas de departamento tem uma boa variedade e vale ficar de olho em brechós, brechós virtuais e bazares!

look-trabalho-hojevouassimoff-6

look-trabalho-hojevouassimoff-5

Camisa Maria Filó para C&A – 79,90
Colar Renner – 59,90

Por fim, o diabo mora nos detalhes: cabelo com corte em dia, unhas bem feitas, um batom vermelho, gente! Batom faz uma super diferença no final, acessório mais amado que existe!

Ninguém precisa ter várias bolsas ou blazers: com peças de cores neutras a gente versatiliza somente a base e fazem nosso dinheiro render mais e mais! 😀

Espero que eu tenha conseguido ser bem didática, hahaha, no meu objetivo de mostrar como podemos adequar mais nossos looks às nossas posturas profissionais e que ajude algumas mulheres a perceberem que não precisamos de muito pra isso. Basta olhar com carinho para o que temos e focarmos em investimentos certeiros! 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

80 comentários

  1. comentou:

    Ana, adorei seu post!!!! Vou adotar pra vida!!!

  2. Camila Oliveira comentou:

    Genteeee, tô imaginando a loucura que deve ter sido trocar de roupa nesse calor todo, mas valeu muito a pena o resultado, são dicas infalíveis e muito boas, Ana. Obrigada! :))))

    Agora você esqueceu de um detalhe muito bom, uma bolsa assim simples, mas que combine com tudo também faz diferença, é sempre bom ter uma no tamanho razoável, sem preocupação de cor nem nada e que dê pra usar todos os dias, pq não?

    Eu trabalho em escritório e tem dias que venho quase que largada e fico com vergonha, pois o trabalho é um pouco mais formal, essas dicas são válidas, agora é só colocar em prática. Só preciso fazer uma coisa, aprender a andar com a barra da calça dobrada, fora isso tá tranquilo. Um beijo!

    1. Ana Carolina respondeu Camila Oliveira

      Eu ia escrever isso e esqueci! hahaha

      1. Camila Oliveira respondeu Ana Carolina

        haha, telepatia o nome disso 😀

    2. Camila Oliveira respondeu Camila Oliveira

      Só esqueci de uma coisa, o sapato de onça coma camiseta listrada casou direitinho <33

  3. Fernanda comentou:

    Oi, Ana. Mais uma vez, adorei o post. Acredito que muita gente, assim como eu, mora em cidades do interior e não tem como garimpar camisas em lojas de departamento. Já tentei pesquisar nesses sites off, mas nunca encontro nada. Por isso, gostaria de dicas suas de lojas online para comprar camisas. Beijos e obrigada.

    1. Ana Carolina respondeu Fernanda

      vou pesquisar e faço um post sobre! 🙂

      1. Fernanda respondeu Ana Carolina

        Que amor! 🙂 Obrigada.

        1. natália respondeu Fernanda

          Fernanda, tenta dar uma olhada na Aremo! tem uns preços bons e pelo que eu vejo nos blogs, parece ser de boa qualidade – tenho um vestido de lá que é lindo, com tecido ótimo. bjs

          1. Fernanda respondeu natália

            Valeu, Natália. Adorei o post da Ana com o conjuntinho de lá. 🙂

    2. Elida Fernandes respondeu Fernanda

      Oi Fernanda! No Enjoei tem sempre gente vendendo camisas que lojas de departamento! Dá uma olhada!

      1. Fernanda respondeu Elida Fernandes

        Obrigada e beijos. Nunca procurei no Enjoei, pode ser uma boa.

    3. Veronica respondeu Fernanda

      Vale à pena dar uma olhadinha na seção masculina!!! Eu mesma já comprei no site da renner por apenas R$ 19,90 cada.

      bjssss

      1. Fernanda respondeu Veronica

        Obrigada, ótima ideia!

  4. Mercia comentou:

    Ana, ótimo post. Aliás, que batom é esse?! Lindo!

    Boas ideias para ficar com a imagem bacana no trabalho e gastando pouco. Muito obrigada! Beijos, Mercia

  5. Viviane Moreira comentou:

    Oi? Falou comigo? Poxa me vi nesse texto! Ganho pouco, Curitiba também é uma cidade cara a beça e de uma hora pra outra me vi tendo que guardar dinheiro e parei com todos os gastos, foi duro e necessário, cada um com as suas prioridades, então sem comprar roupas tive que me virar com o que eu tinha! E lendo o teu texto vi que posso, quando eu estiver menos apertada (Deus há de me ajudar!) posso continuar sem gastar tanto e continuar alinhada, pois nessa de não gastar, a primeira coisa que a gente corta (eu cortei) são as idas ao shopping, corte de cabelo 😛 (tô com uma juba de leão! 😛 ) e fazer a unhas… 😛 E terminei de quitar minhas contas e não adquiri novas, se eu quiser comprarei a vista, se tenho compro! Isso depende de cada uma, mas pra mim deu certo…. ainda não sobra, mas chego lá! 😀
    Aprendo tanto com você Aninha…. ♥

  6. Iara comentou:

    Adorei este post, realmente tem que haver continuação, ele me ajudou demais !!!!

  7. DENISEhvao comentou:

    Ana, muito boas as suas dicas!

    Você pode indicar lugares onde podemos comprar boas calças sociais com bom custo-benefício? Acho complicado comprar calça de pano sem experimentar antes…

    Obrigada e beijos!

    1. Ana Carolina respondeu DENISEhvao

      vc é de onde, Denise? Comprei uma linda na maria bonita extra por 114 reais, no fim da liqui deles!

      1. DENISEhvao respondeu Ana Carolina

        De São Paulo. Acho que não tem Maria Bonita aqui, pelo menos nunca vi…

  8. Angélica Paixão comentou:

    Post de utilidade pública!!! Amei!!! Bjs.

  9. Andreia comentou:

    Ana!!

    Amei o post, super útil. Outro dia conversava isso com uma amiga.
    Não curto muito gastar dinheiro com roupa, mas sinto que preciso me vestir melhor. E mesmo que pudesse gastar grana com isso, agora que estou grávida não consigo comprar nada que me caiba (e sinceramente nem vale a pena rs).

    Não sei se você tem reparado, mas a Zara do Rio Sul tem apresentado coleções bem bonitinhas e com precinho nível C&A e Renner. Acho que vale a pena dar uma olhada!

    Muito obrigada pelas dicas!
    Bjs

    1. Ana Carolina respondeu Andreia

      vou lá conferir, Andreia! Sempre acho a Zara meio cara demais. 🙂

  10. Ana Heloísa comentou:

    sua maravilhosa! amei a progressão do look 🙂 bom pra acalmar essa vontade louca de mudar tudo-de-uma-vez-e-pra-ontem. também senti que esse post foi escrito pra mim, rs. e que comece a revolução! só do armário, já que a do cartão de crédito tem que ir a passos de formiguinha! obrigada pelo help 🙂

    1. Ana Carolina respondeu Ana Heloísa

      minha singela contribuição <3

  11. Letícia comentou:

    Quando eu crescer, quero ser como você. Sem mais!!!

  12. Amanda comentou:

    Adorei muito esse post! Parece que foi feito pra mim. Obrigada!

  13. Paula comentou:

    Adorei o post Ana! os detalhes que vc colocou no final são essenciais mesmo. Seu cabelo está sempre super em dia, e isso faz uma mega diferença.

    Já tem dois anos que não faço a unha no salão. Me virei para aprender. Se eu consigo, qualquer uma consegue, é só querer! Com o que economizo de unha me permito cortar o cabelo de dois em dois meses em um salão maravilho (infelizmente bem carinho também).

  14. Leticia comentou:

    Amo seu blog! Sou sua fã número 1!!!!!!!!!!!!!
    Eu tenho investido muito em camisas para dar um up no visual, mas morando no Rio de Janeiro tenho maior dificuldade de me vestir nesse calorão e ficar linda.No inverno basta uma camisa básica e um echarpe, um salto e parece que td fica elegante. Mas nesse calor é difícil ser chique…

  15. Paula Pereira comentou:

    Estou dando uma reformulada nos meus looks também e realmente não dá para comprar tudo de uma vez.
    Trabalho de uniforme social, então me preocupo mais com os sapatos mesmo, que dá para brincar bastante.
    Mas olha, o salto dá uma boa diferença, não precisa ser altão não, aquele salto médio mesmo mais grosso já deixa a postura diferente.
    E junto com o batom acrescento o rímel, corretivo e um blush!!!

    Beijos

  16. Vanusa comentou:

    Sou advogada e AMEI as dicas! Amei os looks que vc montou, e creio que esse tipo de dica ajuda várias pessoas com profissões e estilos diferentes, além do bolso claro! rsr

  17. Juh comentou:

    E como vc disse Ana e quardar 1tempinho e vasculhar por pontas de estoques das lojas, liquidações de verdade,até bazar de prédio,barrio vale de tudo na hora de gastar pouco e ter algo que preste.Já as dicas da calça com a barra doubrada e o jeans de cor escura, achei legal. Inteligência é ter bom senso na hora de gastar o suado dinheiro.KISS!

  18. Aleika comentou:

    oi, Ana. Tenho uma blusa idêntica (a listrada). E já me vesti assim msm para trabalhar. Sou professora universitária, em curso de Humanas. Fico sempre na dúvida sobre as roupas que devo usar e os limites disso. Tenho preguiça de sair procurando coisas para comprar…. Geralmente, me visto mais como na foto inicial. Gostei muito do seu texto, embora a parte do casaco seja muito difícil aderir neste momento. bjs

  19. Paula Gravina comentou:

    Nossa me vi em tudo no texto, no tempo de facul me desdobrava pra conseguir looks legais e com pouca grana e olha q eu acho q eu era bem mais criativa q hoje! Por isso estou me dando o direito de voltar a ser criativa e repensando algumas posturas, rsss. Ahhh e realmente, tb sou da Humanas e sei q se deixar a gente anda meio largadinha mesmo, kkkkkk.

    Bjosss

    =)

  20. Florinda comentou:

    Post maravilhoso! Uma super consultoria demoda!!!! Foi um presente para nós leitoras do blog.

  21. Isabella comentou:

    To esperando os créditos para a fotógrafa hahaha

    1. Ana Carolina respondeu Isabella

      hahaha, já coloquei!

  22. Clarissa comentou:

    Post ótimo! Dicas de ouro! Me vejo nesse post.

    Agora faz uma postagem de como se vestir profissionalmente no verão carioca e usando transporte público. Impossível, né?!

    1. Ana Carolina respondeu Clarissa

      Clarissa, mas eu não tenho carro! Ando de busun e metrô, acha q sou rica, mulher? Hahahahah

      1. solange bernardi respondeu Ana Carolina

        …hahaha…quem manda ter car de RHYCA!!!…
        …o post tá demais…foi um dos melhores…
        bjs da vizinha…

        1. solange bernardi respondeu solange bernardi

          …digo…CARA de RHYCA!!!…

      2. Clarissa respondeu Ana Carolina

        Sim, Ana!Não foi um comentário do tipo “assim é mole, quer ver [insira aqui uma situação pior]”. E mesmo com carro com tudo parado às vezes é melhor pegar transporte público que já garante um cochilo!

        A minha ideia foi só de “upgrade” ao desafio, porque a gente já chega com cara de 6 da tarde no trabalho.

        Mais uma vez, post excelente, já é um dos meus favoritos. =)

        1. Ana Carolina respondeu Clarissa

          Amo cochilar nos ônibus! hahaha! Claro, claro. Sabe o que faço? Vou de sapatilha e troco perto do lugar que tenho compromisso. Assim fica possível! 🙂 Beijos!

  23. Cláudia comentou:

    Ótimo post! Bem inspirador. Só acrescentaria que cintos são também bons acessórios pra dar um up do visual. Eu uso bastante com cores/estampas contrastantes pra quebrar o restante do look básico! 😉

  24. Débora comentou:

    Eu só consigo imaginar no desce-sobe que deve ter sido pra tirar essas fotos! rs.
    Uma tristeza de morar no RJ é n poder contar sempre com o truque mais velho do mundo de jogar a terceira peça por cima, meu sonho é morar numa cidade onde possa fazer isso qq dia, sem cozinhar! Enqto isso a gente adapta neh, em vez do blazer, um colar poderoso, em vez do colete, um brincão. E assim a vida continua 🙂

  25. Simone comentou:

    Ana, que post legal…parabéns! Adorei as dicas. Tenho adotado a barra de calça mais sequinha dobrada assim como vc, e não consigo usar mais ela normal…rs…Também tenho botado as pernas (brancas…rs…) de fora, usando mais saias e vestidos. Estou tentando cada vez mais ver minhas roupas com outros olhos. Tenho 39 anos e ainda me visto muito básica e quero mudar isso. Vc é uma fonte de inspiração muito boa. Esse é o melhor blog, com dicas reais….Continue sendo a “musa inspiradora” das mulheres de verdade.Bjs.

  26. Elizabeth Ferreira comentou:

    Perfeito!!!!!

  27. Luciana Frederico comentou:

    Ana, adoreeeei as dicas! Era exatamente o que eu precisava. Sou do mesmo time da sua amiga: to chegando nos 30, mas tenho cara de mais nova e não me visto tão séria assim. Acho que o negócio mesmo é bater perna pra encontrar essas peças básicas e versáteis, investir aos pouquinhos em roupas de qualidade.

  28. Flávia comentou:

    Eu tava justamente pesquisando sobre isso ontem e hj vejo este seu artigo. Adorei, Ana, sua linda!

    Ah, acho que lenços também dão um ar de arrumadinha e dão um “up” em peças bem básicas.

    1. Ana Carolina respondeu Flávia

      Vou fazer um especial semana que vem de verão: lenços, colares, cintos! 🙂 Como eu escrevi, isso é assunto pra mais de um post! Oba!

      1. Flávia respondeu Ana Carolina

        Amei, Ana! Eu só compro peças basiconas demais, então acabo apostando nos acessórios. Vou esperar pelo próximo post!

  29. Danielle comentou:

    Eu estou exatamente nessa vibe, Ana..rsrs
    Eu não compro mais roupa, agora eu faço investimentos! E não falo só de roupas mas tbm maquiagem, acessórios…tenho investido em camisas, calças com lavagem escura, cintura mais alta…valorizam o corpo e deixam um ar mais profissional. Mas como vc falou, o processo é demorado (pra quem é dura q nem eu!ha)mas vale super à pena. Obrigada novamente pelas ótimas dicas! bjus

  30. Ju comentou:

    Ana querida, que post mais lindo!!! Vc realmente é um alento nesse mundo bloguistico de consumo sem fim!!!
    Eu estava namorando essa sua saia da MBE, está na liqui do site ainda http://www.loja.mariabonitaextra.com.br/default/saia-reta-pedrarias.html por 128 realidades.
    Mas achei o frete caro. Suas fotos, sem dúvida, estão melhores que a do site da mbe hehehe Arrasou!!!
    Tenho essa blusinha da maria filó verde tb, como vestiu melhor em vc do que em mim. Não me acho bonita de gola careca hehe Vendi!
    Estou nesse processo de desapego. Faz 3 anos que venho construindo meu armario e ele está incrivel!!! Nunca mais tive aquele mimimi de não ter o que vestir e tenho um amor por cada peça hahaha Ou pq me lembra uma super-promoção-incrivel (tipo um casacao Stella pra cea que comprei por 69 reais e quase chorei quando vi que estava de 399 por 69 kkkk, ou um terno preto bcbg com corte m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o por 25 dolares) ou uma viagem mais incrivel ainda na qual comprei a peça.
    Nossa, já estou me alongando muito kkk
    Mas acho legal fazer uma listinha, pra não se perder nesse planejamento. Tipo: preciso de uma calça social, com corte mais formal, camisa branca coringa de bom tecido, saia lapis (ou outra pro seu biotipo) terno de bom corte e ir priorizando. Focar no mais dificil que é aliar corte + tecido + preço (missão impossível? naaaaaaaao)
    Mas é o que vc disse, paciencia e determinação hehehe
    Bjaum

  31. Bianca comentou:

    Ana,
    Esse foi o melhor post EVER! Tenho acompanhado o blog e aprendido muito.
    Esse post não é só de dicas, é um “up” na auto estima, pq as vzs é difícil olhar para o lado e ver suas companheiras de trabalho gastando horrores para se vestir bem e vc economizar para outros projetos (que é o meu caso!).
    Ainda tenho muita dificuldade com acessórios, se deixar saio de casa com reloginho e aliança! Mas vou tentando colocar um anel hoje, um colar amanhã e ver no que dá!
    Mais uma vez, obrigada por todas as dicas, elas me ajudam MUITO no dia a dia e principalmente na hora das compras! (Fim de ano vem aí, como será o look do Natal e Ano Novo? Eu vou escolher peças versáteis para usar bastante depois! rs)
    PS: Com esse calorão, nem de blazer de algodão da para sair! Rio 50°!!!!
    bjinhus

    1. Ana Carolina respondeu Bianca

      ahhhh, mas blazers e cardigans são essenciais no ar condicionado do escritório! Frio do caramba, rs! Beijão!

  32. Keity comentou:

    Oi, Ana!
    Há bastante tempo nao comento nada…
    Achei demais seu post.
    Tenho uma amiga que fez consultoria de imagem (ou seja la como chama) pra trocar o ‘guarda-roupa’ porque também parecia mais nova ou menos qualificada pela maneira que se vestia. No caso dela o investimento foi alto. Ai que entra o teu post. O q começou com uma blusa listrada e um jeans virou outra coisa com blazer e colar. Achei muito legal. Tenho muita preguiça de pensar nessas coisas… mas vou continuar tentando.

    1. Ana Carolina respondeu Keity

      Oi Keity! Aí que tá o grande barato: por um colar não leva nem 5 segundos! E nem precisa pensar muito, coloca e vai! Ter bons acessórios como base ajudam a modificar qq produção mais básica. A gente compra roupa pra caramba e esquece muitas vezes no poder transformador de um brinco, uma sapatilha ou uma bolsa. Beijocas!

  33. monica ferreira comentou:

    que em 2014 vc faça um bom corte nesse cabelo,suas dicas sao otimas,mas esse pedaço de cabelo maior te deixa uns 20 anos mais velha e fora de moda.juro! acho muito feio.

    1. Ana Carolina respondeu monica ferreira

      Oi Monica! E que em 2014 você aprenda a ser tolerante e a respeitar as diferenças. Que amadureça e compreenda que cada um é feliz do jeito que quiser. Que pena que meu cabelo te incomode tanto assim a ponto de ter que perder minutos do seu tempo comentando e emanando essa energia.

  34. Bruna Macário comentou:

    Super amei suas dicas, Ana! Tbm passei por essa fase que sua amiga está passando. Sou advogada e o dress code do escritório é mais formal. Aí tive que mudar meu guarda-roupa “jeans+blusinha+rasteira” de universitária por roupas mais formais, e hj em dia até gosto! hehehehe…
    Vou pôr em prática ainda mais essas suas dicas, pois mesmo sendo formal, acho que dá pra ser um pouco fashionista tbm no trabalho! 😛
    Bjs!!

  35. Oi Ana AMEI o post! faz pouco que comecei a advogar e passei apertado no começo, nao tinha $$$ pra renovar o guarda roupa, o povo achava q eu era estagiaria (alguns ainda acham rsrsr)e nao sabia me vestir de forma mais folmal…mas eis q descobri o seu blog! e aprendi a usar roupas q eu tinha de um jeito mais chic! srrsrsr adorei as dicas! umas q adotei e me ajudaram mtu foi comprar cintos, com “cara de caro” e usar com calça social (a mesma preta basica muda com o cinto) e uns mais finos pra usar com os vestidos (pq aqui no interior paulista faz mtuuuu calor!!!) tbm troquei as rasteirinhas por sandalias mais fechadinhas na frente com um saltinho, incrivel como esses toques mudam a roupa! o mesmo vestido soltinho vai tomar sorvete de rasteirinha, mas com o cinto e a sandalia fechadinha vai trabalhar! rssr assim tenho conseguido parecer uma advogada! rsrsrrsr bjus

  36. Juliana comentou:

    Ana, pode filosofar um pouquinho? Acho muito engraçado como a vida é feita de momentos. Por exemplo: quando comecei o mestrado, me sentia na necessidade de parecer mais adulta, mais responsável. E foi um ano infernal, eu não me sentia bem nunca quando estava em reuniões ou em aulas, sempre me sentia inadequada… Nas férias do final do ano letivo, voltei pra casa super mal, achando que o esforço não estava valendo a pena, que eu não conseguiria terminar…
    Voltando, resolvi pintar o cabelo de vermelho. Sentia falta de algo que tivesse a minha cara – e foi a experiência mais libertadora que pude ter. Voltei a usar as *minhas* camisetas, voltei a encarnar o *meu* visual. E automaticamente minha auto-confiança mudou por completo, e as pessoas que eu achava que precisava impressionar com meu visual “adulto” passaram a me tratar completamente diferente, a me ouvir mais…
    Claro que é um caso completamente diferente do da sua amiga, mas acho que o mais importante de TUDO é auto-confiança. Se você não se sente confortável de blazer, ou de salto, ou de colarzão, não há qualidade ou visual que vá compensar isso, né? Acho que por isso que todo mundo brinca com a sua de rhyca, porque sua confiança é TUDO!

    1. Ana Carolina respondeu Juliana

      Juju, legal! O pensamento é esse mesmo – lembrando que adequação profissional também é importante. Não tem jeito, sou confiante, mas se vou a uma reuniao mais “séria” de jeans e camiseta, vou me sentir fora do contexto! A gente pode imprimir um ou outro detalhe para dar aquele empurrãozinho na auto estima. No seu caso, o cabelón! 🙂

      1. Juliana respondeu Ana Carolina

        Sim, claro!!! Eu tenho sorte de estar em um ambiente onde, apesar de todas as formalidades acadêmicas e sociais, ainda não esperam de mim uma formalidade estética! =)

  37. Ana comentou:

    Post maravilhoso Ana! Tb concordo, um dos melhores dos últimos tempos!
    Tenho tentado por em prática o que leio/aprendo aqui, além de compartilhar suas idéias com minha irmã e sobrinhas.
    Vc realmente tem cara de rhyca …. rs . Acho que vem de dentro, rhyca de bom humor, rhyca de espírito, de bom gosto e de generosidade por partilhar suas experiênciad conosco. Seu sorriso ilumina tudo ao seu redor, emoldurado pelo seu cabelo que é lindo, estiloso!
    Bjs

    1. Ana Carolina respondeu Ana

      Rhycas são vcs, queridas demais!

  38. Mariana comentou:

    Já tive a fase “de um escritório de 3 pessoas para um de 50” em que é isso, mesmo trabalhando com várias “tribos” vc sente a necessidade de se posicionar, de se espelhar naqueles que viram sua referência naquele ambiente.

    Minhas dicas pra essa transição

    Tirar do armário o que não condiz mais com a imagem que vc quer passar, pra não cair em tentação e se acostumar a não ter peças desse tipo.

    Reclassificar roupas que vc já tem, mas são “de sair” (desde pequena minhas roupas são classificadas em “de something”), avaliar se elas podem entrar no batente e como. Exemplos, colocando uma camisete por baixo da blusa um pouco transparente, usando uma saia de cintura alta pra prender a blusa que não é tão comprida e pode mostrar o que vc não quer, com um blaser ou casaquinho pra esconder as alcinhas, leggings por baixo de vestidos que são curtos pro ambiente de trabalho.

    E maquiagem todo dia: faz toda diferença e passa a fazer parte da sua imagem Não importa se é segunda, se vc tem reunião com cliente ou se vai direto pra happy hour, estar maquiada mostra atenção aos detalhes.

    1. Ana Carolina respondeu Mariana

      Adorei sua complementação ao post, Mariana!

  39. Milene comentou:

    Ótimo post!

  40. Ane comentou:

    Parabéns pelo post. Me identifiquei bastante. Acho que todo mundo tem essa fase de fim de faculdade e inicio da vida profissional. Tenho um estilo naturalmente mais despojado e para mim ainda é um desafio conciliar isso com um look não tão casual e sem gastar muito. São tão raros esse tipo de post que realmente ajudam as leitoras. Parabéns mesmo.

  41. Gabriela comentou:

    amei esse post.
    Começo o estagio do mestrado em janeiro, entao a tarefar **ser profissional no meio do inverno** exigira muita criatividade rs

  42. Ana, simplesmente amei as dicas. Muito boas mesmo. Também acredito que se procurarmos peças de roupas de cores básicas (ou nem tão básicas assim), podemos fazer looks que servem para todas as ocasiões. Eu gostava de ver os blogs de looks, mas cansei depois de ver o quanto são caros e fora do meu padrão financeiro. Amei tudo!!
    Beijos!

  43. Bruna comentou:

    Olá, Ana!

    Acredito que esse post acertou em cheio muitas e muitas leitoras suas! Espero que tenha continuação! 🙂

  44. vera comentou:

    Ana, não é sempre que consigo tempo para ler seu blog. Mas quando leio sinto que vale a pena. Você é muito simpática, passa para a gente um alto astral, gosto muito. Este post está uma delícia. Parabéns. Grande abraço desta sua fã.

    1. Ana Carolina respondeu vera

      Ai Vera, que bacana seu comentário! Obrigada, fico muito feliz! Um beijão!

  45. Márcia comentou:

    Parabéns!

    Achei seu blog realista e com dicas fáceis e para pessoas reais.

    Bjs

  46. Dri comentou:

    Oi… Assisti hj o hangout com as meninas sobre moda off, a Dani, Ju, Carol e Amanda. Amei a conversa. Vi q foi em setembro e bora organizar outro pra janeiro! Ficou muito boa a conversa!! Tenho 34… mãe de 2 meninos… e super entendi quando vc entrou na questão de que com vinte e pouco anos, qq pano de bunda fica bom… mas depois dos 30, vc já começa a sentir falta de uma sofisticada no visual… a camiseta de 10 reais q antes ficava legal, agora passa a te deixar com cara de “barata”, pobrinha sei lá… Tb tô nessa fase de trocar as roupas de malha, por roupas de tecido plano… Te entendo suuuuper, e por isso, a partir de hj, vou acompanhar o blog mais assiduamente. Bj bj.

    1. Ana Carolina respondeu Dri

      Que bacana Dri! Pode deixar que em 2014 o blog vai bombar muito mais com novidades! 🙂 Beijos!

  47. Deborah Costa comentou:

    Ana, sempre entro aqui desde 2009 ou 2010, mas raramente comento, lembro que tinha entrado no da Cris e caiu aqui e acabei gostando demais… rs. Apresentei o blog pra minha irmã Barbarah e ela até já participou do look das leitoras, ficou linda! Me admira muito a sua postura sensata, de consumo consciente, de usar o transporte público, de incentivar as pessoas a comprarem como investimento e de usar roupas repetidas, porque aqui é a vida real e não um blog de moda por moda. Isso faz com que a gente sinta que você é gente como a gente, não perca nunca isso! Além de tudo, seu senso de estilo e criatividade são excelentes. Tenho passado por uma fase de transição, chegando aos 30, querendo passar uma imagem de mais seriedade, mais profissional, e seu blog, como sempre, é referência pra mim. Continue assim. Beijos!

    1. Ana Carolina respondeu Deborah Costa

      Que bacana, Deborah! Fico muito feliz com os seus comentários. 🙂 Pode deixar! Um beijão!