Tricô amado repetido

Depois de 5 dias imersa num curso em São Paulo (que em breve compartilharei mais sobre), cheguei agora no Rio e já to indo pra Salvador. Tô mortinha? Tô. Mas também to bem animada com o mundo de possibilidades que estou vivendo e isso tem sido muito gratificante. 🙂

Nessa correria eu não to pensando em combinações novas, mas em usar o que já deu certo ou o que gostei de vestir em alguma ocasião, ou seja: repetir roupa pra caramba. Isso é problema? Claro que não! Mas o ponto aqui, é: não é um uniforme, tipo aquela roupa da “preguiça”, sabe? Aquela que não tem graça alguma, que você não sente nada vestindo.

Tentar no seu dia a dia se propor a coordenar materiais diferentes, testar aquela combinação de cores que você nunca imaginou usar, por ex., e aí rende combinações que você curte (sem essa de “dar certo”) ou que te permite algumas variações, vai criando também um repertório de looks a ser recorrido em momentos que você não teria tempo pra pensar muito e ser criativo. Eu separo vários assim e repito sem dó, como esse look que usei em SP no início do mês…e levei de novo pra SP essa semana, igualzinho igualzinho. 🙂

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off

Eu adoro adoro adoro esse tricô porque ele é daquelas peças despojadas e muy elegantes, com uma combinação de cores inusitada pra um tricô – e que eu amo! – e com essa geometria que ajuda a dar outra ênfase no corpo, mesmo ele sendo ultra largo. Comprei no enjoei e virou das minhas peças favoritas da vida!

Usar algo tão larguinho às vezes me deixa bolada, mas tento compensar o volume e criar uma produção mais interessante com essa saia de couro, combinada com a rasteirinha pra facilitar a vida de quem anda a pé. Achei simples e bonito. 🙂

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-7

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-6

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-5

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-4

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-3

trico-saia-couro-hoje-vou-assim-off-2

Tricô Marisa Ribeiro no enjoei – não custou nem 100 reais
Saia da coleção Pat Pat’s para C&A
Rasteira Arezzo que comprei pra ir num casamento e uso direto
Brincos Luiza Dias 111
Bolsa Ad6o Atelier mega antiga
Óculos Livo

fotos: Denise Ricardo

Agora que o tempo tá esfriando, eu pretendo colocá-lo mais vezes pra jogo, preparem-se para aquela repetição mais do que bem-vinda <3, aquela que mostra que a roupa certa pra gente é aquela que dá vontade de usar até não poder mais.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Minha participação no Fashion Revolution Salvador!

Começa hoje a semana do Fashion Revolution Day, que é um movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável, ativistas, imprensa e acadêmicos que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 deixando mais de 1.133 mortos e 2.500 feridos.

A campanha surgiu com os objetivos de: aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo; mostrar ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável; criar conexões e trabalhar rumo à mudanças de longo prazo, exigindo transparência na indústria e nos negócios.

Em 2017, a Fashion Revolution Week Salvador acontece de 26 a 29 de abril, no Lalá Multiespaço e Ateliê Lull, ambos no Rio Vermelho e eu sou uma das profissionais convidadas para participar dos debates e da programação! 🙂

Ana Soares

“Salvador tem presença crescente de megalojas de departamento, bem como vem vendo os tradicionais ofícios de costura perderem seu valor. A cidade acompanha a tendência de crescimento do número de brechós, possui cursos de design de moda e uma cena de marcas locais, com visibilidade principalmente em feiras que ocupam praças públicas no período da primavera e verão. Ao mesmo tempo, a cidade está aberta para iniciativas que pautem as questões éticas e sustentáveis na moda. A ideia é trazer um pouco de reflexão sobre os temas de sustentabilidade e consumo consciente para a moda com brechós, bate-papos e oficinas.” Texto do Justamoda.co

No dia 28 de abril, das 9h às 12h, no Lalá Multiespaço, vai rolar um encontro com blogueiras de moda para discutirmos o nosso papel como disseminadoras  dessas informações.

No dia 29 de abril, sábado, no Lalá, das 9h às 12h, estarei ao lado de Marina Colerato (Modefica / SP), Kiko Kislanky e Zé Pimenta (Euzaria) e André Campos (ONG Repórter Brasil / SP), para o Bate papo Faça Algo! Caminhos para uma moda diferente, que será aberto ao público.

Estão todos convidados, vai ser muito transformador e eu estou mega honrada de fazer parte e contribuir para essa revolução na moda!

card02-programação-geral

Mais informações das oficinas e programação no Justamoda.co

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

A decoração do meu home office!

chave-home-office

Há quatro anos eu optei trabalhar em esquema home office em tempo integral. Pouco antes eu tinha um emprego de meio período, chegava em casa e continuava trabalhando, mas não estava feliz, queria e precisava dedicar mais tempo à nova profissão que abracei.

Trabalhar de casa não é tão simples assim. Requer disciplina (tenho pouca), organização (tentando melhorar) e paciência, já que é comum acharem que seus horários são livres só porque você está em casa tempo integral. Eu sempre odiei a rotina de sair para cumprir um horário, me sentia deslocada e estranha por não me adaptar. No começo desse esquema, eu sofri muito: me sentia deprê por não conseguir sair de dentro de casa por semanas e de não ter mais colegas de trabalho para encontrar e trocar ideia.

Ao longo dos anos eu fui acertando tudo e hoje tenho uma rotina, que inclui também sair e aproveitar o dia, encontrar amigos para um chopp, adoro fazer meu horário. Apesar de ter a sala decorada, eu não conseguia visualizar nada de criativo para o meu escritório, e trabalhar olhando pra uma parede branca, com caixas espalhadas pelo chão, não é lá muito inspirador nem muito prático.

A tristeza que era antes:

escritorio-antes

A Carol Dias, que é a designer de interiores que acompanha o blog há anos e chegou aqui por conta desse post, propôs para este espaço um serviço que ela oferece, o Vamos juntos: além de ter um valor super acessível, a Carol apresenta em 3 encontros uma ideia de projeto, uma lista de compras com o tamanho de tudo, medidas, cores e onde encontrar, além de dar uma ajuda extra na hora da decoração!

home-office-hoje-vou-assim-off-4
Fingindo que estou mostrando algo só pra ficarmos fofas na foto <3

Ela me ajudou também na decor da minha sala, que já teve post recheado de fotos.

O PROJETO

Funcionou assim: ela veio, conheceu o espaço e o que eu tinha. Eu já tinha uma ideia do que queria e do que eu não gosto (por exemplo, odeio clichês e adoro geométricos), entendeu o meu estilo de vida, fotografou tudo e depois me mandou um questionário para eu responder e guiá-la no processo, além de um exercício de referências visuais.

Eu queria aproveitar o máximo de elementos, e a sorte é que a Carol adorou os elementos desse quarto, como a estante de madeira, a cadeira que ganhei de um site de móveis, o pôster de uma exposição e a mesinha lateral que foi da minha avó.

Como o quarto onde trabalho é integrado à sala e é pequeno, eu não queria entulhar de coisas, pretendia aproveitar o máximo de objetos que eu já tinha para não gastar muito.

Quando a Carol apresentou o projeto, eu quase morri de alegria! Achei elegante e com uma cara de escritório que fica em casa! Gostei também da sobriedade, já que a minha sala é beeeem colorida e eu não queria ter minha atenção dispersada com muitas cores. ADOREI de cara!

IMG_0881

Ana - home office - planta

Antigamente eu trabalhava virada para a parede e achei certeira a sugestão da Carol de deslocar a mesa para perto da janela, aproveitando a ótima vista lateral que eu tenho. Gostei de ver também que deu para aproveitar vários objetos, deixando o projeto bem mais em conta!

As prateleiras serviriam como apoio para meus gatinhos subirem e apreciarem a vista comigo. 🙂 Mas como eles se viraram e sobem sem ajuda de nada, pela mesa, não instalamos elas, nem as frases.

Agora eu vou mostrar o resultado final e contar na sequência como foi o processo. Aí está, o ambiente prontooooooooooooooooooooo! 😀

home-office-hoje-vou-assim-off-12

Não ficou lindo meu escritório? Eu nem acreditei que deu até pra aproveitar a mesinha da vovó!! <3

home-office-hoje-vou-assim-off-3

home-office-hoje-vou-assim-off-1

O pôster que ganhei numa exposição de fotos do Karl Lagerfeld em SP e emoldurei baratinho numa vidraçaria na Glória <3

home-office-hoje-vou-assim-off-14

Feliz da vida porque agora eu realmente me sinto numa estação de trabalho, mas sem perder o ar aconchegante de uma casinha <3 Fez muita, mas muita diferença trabalhar próxima à janela, podendo contemplar a vista, o céu. Deu um salto de bem estar e leveza que se refletem hoje na minha escrita.

home-office-hoje-vou-assim-off-5

o processo

Com a lista detalhada em mãos, iniciei pela pintura. Eu queria algo diferente para o quarto, mas não conseguia pensar num elemento, por isso achei genial o movimento que o desenho geométrico traria.

A cadeira que eu uso estava toda grudenta de algo que foi passado nela, e eu queria jogá-la fora. Até a sua revitalização com tira grude foi uma dica preciosa da Carol! Depois troquei a mesa pesada e antiga por um cavalete com tampo de vidro para trazer mais leveza pro espaço.

Mandei emoldurar os pôsteres que eu já tinha, mandei fazer a persiana (o item mais caro, junto com a mesa!), mudamos os objetos de lugar e, por último, os objetos decorativos que faltavam, como os hangers, as plantas e alguns acessórios. Foi bem fácil procurar por eles com a lista em mãos e com a orientação e suporte da Carol.

A mão de obra ficou por nossa conta, seguindo as orientações da Carol, que veio para finalizar a decoração.

home-office-hoje-vou-assim-off-6

DETALHES DA DECORAÇÃO

Mesmo depois de tudo, eu ainda sentia falta de algo para distribuir mais os livros e deixar a estante livre para decorar, só que eu não queria gastar muito mais. Aí vi numa loja umas estantes feitas com caixote de feira, esses de plástico coloridos. Mostrei a ideia pra Carol e ela sugeriu que eles fossem pregadas na parede, fazendo as vezes de prateleiras:

caixote-feira

Compramos os caixotes na CADEG, cada um custou R$25 reais, meu marido fez quatro furos na parede para afixá-los e pronto. Foi uma alternativa super em conta, que desafogou a estante que troquei por pontos na Meu Móvel de Madeira (ou seja, só custou o frete), não ocuparam espaço e ainda por cima fizeram um link ótimo com a cor da parede!

A Carol quem deu os detalhes decorativos nos livros, fez uma super diferença colocar uma parte deitada e outra em pé, criou um movimento bacana pro visual da estante. Na parte de baixo, outro caixote, mas esse pra guardar meu material de cores e esconder a bagunça nele.

home-office-hoje-vou-assim-off-8

estante-1

Esse vaso de vidro era de loja de 1,99, estava sub aproveitado há anos; nunca imaginei que renderia um ótimo vasinho de planta!

home-office-hoje-vou-assim-off-7

Voltando pra estação de trabalho, a luminária e a mesa são da Tok & Stok, o vasinho eu já tinha e aproveitamos uma tampinha de embalagem pra guardar miudezas como pen drive e post its.

home-office-hoje-vou-assim-off-10

Os hangers também ficaram perfeitos: pendurar as plantas foi uma ótima solução para deixar a área livre e ainda ficou tudo mais charmoso. Encomendei os meus no Faia Estúdio (que veio com uma cartinha linda, ela era leitora antiga do blog!) e as plantas eu comprei numa chácara na Muda (Rua Conde de Bonfim, 910), perfeitas para ambientes fechados pois precisam ser regadas só duas vezes na semana.

hangers-home-office

Como eu gosto de uma cervejinha, usamos uma das garrafas para animar mais ainda o decor, assim como os outros badulaques que eu já tinha, os porta lápis e etc:

home-office-hoje-vou-assim-off-9

Não é impossível ter alguém ajudando, nem precisa gastar muito. Eu já tinha objetos bacanas, mas não fazia ideia de como colocá-los no espaço. Eu jamais imaginaria a mesa perto da janela, por exemplo! Meu home office é a prova que é possível termos ambientes com a nossa cara, sem seguir modismos, sem gastar muito, adaptando o que temos e que nada disso é fora das nossas possibilidades.

Tem feito uma super diferença para os meus dias trabalhar aqui. <3

home-office-hoje-vou-assim-off-11
Fotos: Denise Ricardo

Para conhecer mais projetos e os serviços da Carol, entre no site dela 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Fotos e preços da segunda coleção da Joulik com a C&A

A Joulik, das irmãs Karen e Katiúscia Moraes, fazem das peças bordadas à mão sua marca registrada, tudo com muito bom humor e uma pitada rock, mostrando que brilho também é pra ser usado de dia. Estive recentemente visitando a loja da grife e as peças originais têm um custo elevado (média de R$2mil a R$3mil) por conta do trabalho primoroso, o que torna a sua segunda parceria com a C&A uma ótima oportunidade para as fãs de brilho se realizarem com peças que fogem do lugar comum.

A primeira parceria (post aqui), no ano passado, foi marcada por camisetas com frases e desenhos mais joviais, algumas poucas peças inteiramente bordadas (uma jaqueta e uma saia) e uma jaqueta jeans que virou hit mas quase ninguém avistou nas lojas e site. Foi uma das coleções que eu mais gostei, bem executada, com peças que realmente têm a ver com a marca e com uma proposta diferente do que presenciamos nas collections monótonas anteriores da rede.

Pelo que eu entendi, a primeira foi pra desenvolver uma linha pra parte da Clock House, por isso era mais divertida e com menos opções. Dessa vez a Joulik entra no esquema Collection, com uma variedade maior de itens e, para nossa alegria, muitas e muitas peças bordadas, como blusas, tricôs, jeans e as famosas legging e jaquetas inteiras de paetês!!

Confiram as fotos e preços abaixo:

C&A_JOULIK_7929_FINAL_RGB
Blusa R$149,99 e pochete/bolsa R$169,99

De acordo com o release, “para essa parceria, os produtos chegam com um toque especial. O jeans segue firme nas versões black e índigo com bordados e lavagens inspiradas nos anos 80, zíperes estratégicos e efeitos destroyed, além dos brilhos em camisetas, calças e jaquetas. A novidade para essa collection são os modelos de óculos de sol e as lingeries, com bodies, calcinhas e sutiãs em veludo e fio de lurex que podem ser mostrados por baixo das blusas transparentes. Os acessórios seguem o mood da coleção com botas de cano médio gliterizadas, mochilas de veludo, nécessaires com brilho e bolsas metalizadas para sair de órbita com produções surpreendentes.

As peças com Star Wars e Mickey Mouse trazem um tom fashion e divertido para a coleção.  Camisetas, malhas e moletons em cores neutras, como off white, cinza mescla, preto e chumbo ganham bordados e aplicações em tons de dourados, negros e prateados.”

Ou seja, teremos peças que seguem super a linha da Joulik, como outras bem na onda das tendências, como o veludo, pochetes metalizadas e o lurex!

C&A_JOULIK_8978-2_FINAL_RGB
Jaqueta R$500
C&A_JOULIK_9111_FINAL_RGB
Blusa R$169,99
C&A_JOULIK_8281_FINAL_RGB
Moletinho R$149,99

Jaqueta jeans bordada R$400 – caríssima, acho que a jaqueta da coleção anterior custava uns R$270,00, não?

C&A_JOULIK_8594-2_FINAL_RGB
Legging R$199 e jaqueta R$400 (caraaaaa!!!)
C&A_JOULIK_8451_FINAL_RGB
Jaqueta R$350

C&A_JOULIK_8564-2_FINAL_RGB

C&A_JOULIK_8322_FINAL_RGB
Blusa R$129,99
C&A_JOULIK_8904_FINAL_RGB
Jaqueta R$229,99 e calça R$129,99, blusa R$69,99
C&A_JOULIK_8834_FINAL_RGB
Bota R$199,99
C&A_JOULIK_8122_FINAL_RGB
Tricô R$139,99
C&A_JOULIK_8175_FINAL_RGB
Tricô lurex R$129,99
C&A_JOULIK_9409_FINAL_RGB
Top R$60, boné R$50, bota R$200

C&A_JOULIK_9061_FINAL_RGB C&A_JOULIK_8289_FINAL_RGB

Ainda achei as peças divertidas, mas agora com um toque mais poderoso, mais arrojado. Vibrei com a legging de paetês e a bota de glitter, gente, e adorei as cores! Só faltaram mesmo as famosas meias bordadas de paetês, mas tá bonito demais o que vi nessas fotos, heim! Para ficar mais bonito ainda, a C&A podia descolar essas parcerias para mais lojas do país e aumentar a sua grade de tamanhos.

A C&A Collection Joulik chega à loja virtual (cea.com.br), no dia 25 de maio e em lojas selecionadas do Brasil, a partir do dia 30 de maio.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: